Quando o casamento vira festa na rua

Posted on

As cerimônias de casamento na África são sempre muito festejadas. De norte a sul do país, a tradição permanece. A festa é animada com música, cores e comida farta. Depois que a família e convidados saem da cerimônia na igreja, o casal costuma desfilar com carro todo enfeitado pelas ruas da cidade. Padrinhos e amigos próximos acompanham o cortejo matrimonial. O passeio é uma forma do casal compartilhar a felicidade com todos.

Em Luanda, os noivos vão sempre para o estacionamento de um dos shoppings centeres da cidade, o Belas. Lá, fazem muitas fotos nos jardins. Na noite da última sexta-feira, enquanto a reportagem do Diário de Pernambuco estava por lá, pelo menos oito noivas foram ao centro de compras.

Constância e João se casaram na igreja depois fizeram ensaio fotográfico no shopping em Luanda. Foto: Teresa Maia/DP

Um dos casais foi a doméstica Constância Raul Xavier, 34, e o carpinteiro João Ferreira Machado, 36. Os dois oficializaram a união com bênçãos da Igreja Católica, após 18 anos de convivência. “A gente precisava desse sacramento. Há três anos planejávamos o casamento”, confessaram, enquanto faziam o ensaio fotográfico no shopping.

A cerimônia teve tudo que tinham direito. Do vestido de noiva, benção das alianças à festa em um salão de recepções, além do tradicional passeio de carro pela cidade. O veículo todo enfeitado com flores de tule vermelhas e brancas, desfila buzinando. Nos jardins do shopping, eles  fizeram poses junto aos familiares, incluindo os cinco filhos. Depois foram fotografados se beijando. “Hoje será um dia inesquecível para a gente”, declarou Constância.

Lila e Amarildo foram flagradas abastecendo o carro para viagem para lua de mel. Foto: Teresa Maia/DP

Os casamentos acontecem geralmente nas noites de sextas-feiras, pois os noivos já querem aproveitar o fim de semana. Não é difícil ver noivos circulando pela ruas da cidade. Na sexta-feira da semana passada, estávamos num posto de gasolina, em Luanda, quando Lila Raimundo dos Santos, 28, e Amarildo dos Santos, 32, abasteciam o veículo para irem para viagem de lua de mel. “Acabamos de casar e fazer o passeio para tirar as fotos no shopping”, disse Lila, ainda vestida de noiva. Aqui em Luanda, funcionários que trabalham com carteira assinada têm oito dias de licença após a união, seja religiosa ou civil.

Noivos registram dia D nos jardins do shopping. Foto: Teresa Maia/DP

O hábito de desfilar de carro e fazer ensaios fotográficos pelas ruas no dia do casamento também acontece em Moçambique. Quando estivemos por lá, na semana passada, encontramos na orla de Beira Quaquo técnico em educação, Unio Ngonhanio, 25, e a estudante de enfermagem Marllen Goa, 24. Eles faziam fotos na areia da praia em frente para o Oceano Índico, no meio da tarde. “Casamos pela manhã, fizemos o passeio pela cidade, agora estamos tirando as fotos. Depois, iremos festejar com a família e os amigos”, falou a jovem.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *