Essa história tem início em 10 de agosto de 1965. Completaria 50 anos hoje. Teve início com o nascimento do primogênito da advogada Ana Arraes de Alencar e do escritor Maximiano Accioly Campos, Eduardo Henrique de Accioly Campos. Foi encerrada em 13 de agosto de 2014 com um trágico acidente de avião. Uma história que é recheada de fatos públicos conhecidos e maciçamente divulgados pela mídia, mas entremeada de nuances que os bastidores souberam guardar. Pelo menos da maioria dos brasileiros que não tiveram a chance de ver o neto de um mito, o ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes, mostrar se seria mesmo capaz de mudar o Brasil.

LINHA DO TEMPO

DEPOIMENTOS

“Eduardo gostava muito quando andava no meio da multidão, no carnaval, por exemplo, e alguém do povo gritava: Duduuuuu!!!! Ele sorria feliz!!!”

Milton Coelho

Secretário Estadual de Administração

“As principais características de Eduardo eram o grande poder de resolução, a perseverança, a inteligência e a generosidade. Era muito brabo, mas muito generoso”

Dora Pires

Secretária nacional de Mulheres do PSB

“Eduardo foi uma grande oportunidade que o Brasil deixou de ter”

Leia o depoimento Márcio França

Vice-governador de São Paulo

“Em 1986, Eduardo faltava muito as aulas na Universidade. Mas ele só tirava 10. Eu ficava impressionado”

Pedro Mendes

Vice-prefeito de Ipojuca

“Eduardo foi a pessoa que me levou a conhecer muito do que sei sobre política, arte e cultura. Essa era a atmosfera permanente da casa dele desde criança”

Luciano Vasquéz

Diretor de Relações Institucionais de Suape

“Ele sempre me falava: ‘Rodrigues, vamos à luta’. Vou chefe. O senhor vai ganhar essa eleição e nós vamos estar na luta”

Leia o depoimento Cyriaco Rodrigues

Motorista de Eduardo em São Paulo

“Além de encapar os livros da escola dos filhos, Eduardo levava todos eles quando pequenos (os quatro mais velhos) no primeiro dia de aula de cada ano”

Carla Leal Arraes

Esposa de Marcos Arraes, tio de Eduardo

“Fica o grande legado para todos nós”

Leia o depoimento Geraldo Alckmin

Governador de São Paulo

“Ele (Eduardo) tinha o seu próprio interesse, mas a intenção dele era boa. Eu não consigo sentir isso nos outros políticos.”

Leia o depoimento José Carlos Trindade de Almeida

Motorista de Eduardo no Rio de Janeiro

“Sugeri a doutor Arraes que escolhesse um dos filhos para fazer a agenda das campanhas dele. Em junho de 1986 que estava com a agendinha na mão era o neto, Eduardo”

Adilson Gomes

Secretário-geral do PSB de Pernambuco

“A presença dele é tão forte que parece que ele não faleceu”

Leia o depoimento Renato Casagrande

Presidente da Fundação João Mangabeira

“Deus só leva dessa forma as pessoas que prestam. Que eram iluminadas. Percol viveu tudo e foi muito rápido. Ele festou muito, se divertiu muito, trabalhou muito”

Leia o depoimento Amigos de Carlos Percol

PLAYLIST

CADERNOS ESPECIAIS

ARQUIVO DP

COMENTE!

EXPEDIENTE

REDAÇÃO
diretora de redação:

Vera Ogando
editores executivos:
Paula Losada e Paulo Goethe edição: Glauce Gouveia e Kauê Diniz
edição de fotografia:
Teresa Maia e Annaclarice Almeida
fotos:
Arquivo DP e Rafael Martins
edição de arte e multimídia:
Jaíne Cintra
projeto gráfico:
Greg, Jaíne Cintra e Zianne Torres

VÍDEO
imagens: Teresa Maia
edição de imagens: Rafael Marinho
finalização: Jaíne Cintra

WEB
desenvolvimento: Bosco e Keziah Costa

REPORTAGEM
Rosália Rangel, Sávio Gabriel, Glauce Gouveia, Thiago Neuenschwander, Silvia Bessa e Vandeck Santigo