O capitão e a revelação

Goleada na Ilha!No final do primeiro tempo na Ilha do Retiro, neste domingo, o time do Sport desceu para o vestiário sob as vaias da torcida. Merecidas, diga-se. Diante do Atlético-MG (com 6 jogadores da base entre os titulares), o Leão fez um jogo morno, desorganizado, bem ao estilo “final de feira” mesmo.

Na etapa final, já realizando os testes que irão marcar esse final de Brasileiro, o técnico Nelsinho colocou o jovem Ciro no lugar de Carlinhos Bala. Essa foi apenas a 7ª atuação do atacante de 19 anos nesta Série A.

E jogando de forma arisca, Ciro marcou 2 gols e chegou a 4 no Nacional. Na artilharia, a revelação da Ilha segue atrás apenas de Roger (11 gols) e de…

DURVAL, 7 gols. 😈

Capitão e ídolo da torcida. O xerifão abriu o placar da partida, que caminhava para um 0 x 0 chato, aos 37 minutos do segundo tempo. Ótima jogada individual e uma bomba contra a meta do bom goleiro Édson.

Pois é… Depois do gol, o Leão deslanchou e sapecou 3 x 0 no Galo (Ciro aos 39 e 43), que completou “100 anos” sem bater o Rubro-negro pernambucano no Recife. Agora são 8 vitórias do Sport e 10 empates.

Foto: Ricardo Fernandes/DP

One Reply to “O capitão e a revelação”

  1. hahahahahaha

    Depois da entrada de Kakassio e Ciro o Sport mudou e o chicote comeu no lombo do Galinho  do Gelo…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*