The Ultimate Blood

2 títulos mundias (superpenas pela Federação Internacional de Boxe, em 1995, e superleves pelo Conselho Mundial de Boxe, em 2004)

49 lutas como profissional

40 vitórias (41 nocautes)

9 derrotas

Aos 37 anos, o boxeador canadense Arturo Gatti foi encontrado morto em um hotel em Porto de Galinhas, na manhã deste sábado, em um episódio cercado de mistério (veja a reportagem do diariodepernambuco.com.br AQUI).

Apelidos no mundo do boxe: Thunder, The Gangster, The Real Blood, The Ultimate Blood e Guts Warrior. 8-)

Abaixo, um vídeo com grandes momentos do lutador, que encerrou a carreira em julho de 2007.

Recorde negativo

Série A-2009: Palmeiras 4 x 1 NáuticoO Náutico voltou a marcar um gol depois de 536 minutos.

Cincos jogos, um tempo inteiro e mais 19 minutos da etapa final, neste sábado, contra o Palmeiras.

O gol de Márcio Barros teria sido importante caso o time pernambucano não tivesse sofrido outros quatro tentos do adversário.

Antes de começar a partida, o campo completamente encharcado indicava uma partida mais equilibrada, devido ao fato de que a bola simplesmente não rolava no gramado.

Mas nem adiantou, pois com 6 minutos do jogo desta noite o Verdão abriu o placar, numa cabeçada de Maurício Ramos.

Quando o Alvirrubro marcou o seu, o jogo já estava 2 x 0. O Timbu ainda se lançou no ataque em busca do empate, mas o clube paulista consolidou a vice-liderança na Série A com mais dois gols, completando a goleada por 4 x 1.

Foi a 6ª derrota seguida do Náutico. Um má fase tão visível que igualou o pior resultado da história do time no Brasileirão, já que em 1975 o time também havia derrotado numa sequência de 6 jogos. 8-O

No sufoco

Série D-2009: Santa Cruz 2 x 2 Central

Gente por todos os lados do Arruda. Um sábado supostamente festivo.

Foi nada menos que o 4º maior público de todas as séries do Campeonato Brasileiro.

45.007 torcedores. E olhe que o jogo era pela Série D… Disputa pernambucana entre Santa Cruz e Central.

O goleiro centralino Davi foi o grande destaque no primeiro tempo, com ótimas defesas. E no final da primeira etapa, Bibi ainda perdeu um gol incrível para a Patativa!

No segundo, começou o calvário coral.

Primeiro, aos 29 minutos. O lateral-direito Baiano cruzou e Guego marcou de cabeça, aos 29 do 2º tempo. Gol que silenciou um até então festivo estádio do Arruda.

Depois, aos 37, Central de novo. Novamente começando com Baiano, que cruzou para mais um gol de cabeça, dessa vez com Dinda. O gol fez parte da apaixonada torcida coral deixar o estádio.

Série D-2009: Santa Cruz 2 x 2 CentralA enorme maioria ficou. Não desiste nunca. E foi recompensada. 8-)

Aos 41, Rossini marcou de cabeça, enchendo a torcida de esperança.

Nos descontos (no apagar das luzes mesmo), o gol de empate. Após falta  (polêmica) cobrada por Neto Maranhão, a bola bateu na barreira. Depois, confusão na área, e Juninho, finalmente, mandou para as redes.

Gol que premiou o melhor em campo, conhecido como “Juninho Bergkamp”.

Tudo bem, o Santa não perdeu… Mas, de qualquer forma, o empate foi frustrante para os tricolores. E também para o centralinos, que tiveram o triunfo nas mãos.