Futebol na segunda

Série A-2009: Internacional 3 x 0 Sport

Na segunda-feira, naturalmente…

Mas caminhando forte para ser na Segunda Divisão também.

Perder 11 vezes em 18 jogos é desanimador.

Levar 35 gols em 18 partidas não existe.

Ser goleado sem poder de reação…

Não finalizar sequer na barra…

Não dá.

Não estou rebaixando o Sport, não. Quero estar errado, mas caso não ocorra uma mudança muito grande (muito mesmo), o Leão conseguirá a triste marca de cair para a Série B no mesmo ano em que disputou a Taça Libertadores.

O ano de ouro virou ano do pesadelo mesmo.

A bronca é grande. GRANDE!

13 pontos… Ô nossa senhora dos rebaixamentos, olha pra esse time…

7 mudanças na escalação para um jogo, 5 no duelo seguinte… Já tem atleta vestindo a camisa 33. Repito: 33. Avacalhou.

Ah… O jogo hoje? Foram 90 minutos de sofrimento, para ver de quanto o time perderia. Foi de “pouco”, comparando com a rodada anterior.

Internacional 3 x 0, no Beira-Rio. Diante de um adversário apático, impotente, com cara de quem joga na segunda mesmo…

O voo da Patativa

Central segue na Série DCalibrada com R$ 100 mil na conta pela mala branca, a Patativa se prepara agora para seguir o voo na Série D.

O sonho do acesso começa a ficar real em Caruaru. O Central irá enfrentar o Alecrim, de Natal, no 1º mata-mata da Quarta Divisão. Dois times que um dia estiveram na Primeira. Coincidentemente, ambos jogaram a Série A pela última vez em 1986.

No caso do Alecrim, foi a única. Assim como caso único foi também o time vencer na elite. Uma vitória em 10 jogos naquele ano. Pode parecer maldade, mas o triunfo solitário, por 1 x 0, foi sobre o… Santa Cruz.

Sobre o mata-mata da Série D:

O Central – que liderou o grupo A4 na 1ª fase – precisa chegar até a semifinal para ficar entre os 4 primeiros e conseguir a vaga para a Terceirona de 2010. Confira as projeções.

2ª fase (grupo B4)
Alecrim x Central (Machadão, 16/08)
Central x Alecrim (Lacerdão, 23/08)

3ª fase (grupo C2)
Central x Ferroviário/CE ou Sergipe (datas: 30/08 e 13/09)

Existe um outro detalhe importante na 3ª fase. A boa campanha do Central na primeira fase servirá como lastro nesta etapa do Brasileiro. Serão 10 clubes no mata-mata, disputando 8 vagas. Matematicamente é impossível compreender… Os gênios da bola conseguiram.

Voltando ao assunto: serão os 5 vencedores das chaves e mais os 3 melhores ‘eliminados’ ( 8-O ), somando toda a campanha até ali. Assim, os 12 pontos do Central (4ª melhor campanha na 1ª fase) serão importantes, em caso de tropeço neste fase!

Na 4ª fase, onde o acesso estará em jogo, haverá uma mistura entre os 5 melhores e os 3 da “repescagem”. Confira o emparelhamento AQUI.

Quem passar por esta decisão, e comemorar a vaguinha na Série C, ainda poderá disputar a 5ª fase (semifinal) e a 6ª fase (final), apenas para coroar a ótima campanha.

Vale lembrar que o sistema dos mata-matas é igual ao da Copa do Brasil. 8-)

Ps. O Santa liderou a média de público da Série D (38 mil pessoas)? Sim. Mas o Central vai seguir honrando as arquibancadas, pois o time teve a segunda maior média, com 9.964 pessoas por jogo em Caruaru.

Acabou

Morte

É inacreditável.

Depois de tanta tristeza, decepção e uma infinidade de etc, o que ainda existe para falar sobre a situação do Santa Cruz?

A missão para classificar para a próxima fase já era muito difícil, devido aos péssimos resultados do Tricolor na Série D.

Mas havia a esperança de uma multidão de gente. O mantra: vitória coral sobre o CSA, no Arruda, e vitória do Central sobre o Sergipe, em Aracaju.

Durante 7 minutos, no primeiro tempo, o sonho começou a ficar real, pois os 2 times pernambucanos venciam por 1 x 0. Mas foi por pouco tempo…

Pois os gols continuaram saindo na rodada. Lá e cá. Com direito a 8 minuto de paralisação no Arruda, devido à velha queda de energia nos refletores.

No Batistão, a Patativa fez a sua parte de maneira incrível. Guego marcou o gol da vitória por 2 x 1 aos 45 do 2º tempo!

Vitória motivada pela promessa de uma mala-branca de R$ 100 mil, oferecida pela diretoria do Santa (com a autorização dos jogadores tricolores).

No Arruda, 29 mil torcedores suaram frio com a informação desse gol. Um sopro de esperança, milagre, volta por cima e ressurreição. 8-O

Clima absurdamente tenso! O time teria 10 minutos para desempatar o 2 x 2. Placar que chegou a estar 2 x 1 para o Santa, diga-se.

As chances continuaram aparecendo… Bola passando perto, goleiro defendendo, atacante chegando atrasado…

Desespero!

Fim de jogo: 2 x 2. Fim da caminhada. Dizer mais o que?

Um time planejado para ressurgir das cinzas acaba eliminado na primeira fase da 4ª divisão do Brasileiro. Sem vencer uma vez em casa. Mais de 115 mil pessoas foram aos 3 jogos no Mundão. E não viram uma vitória! Uma!

De 9 pontos em casa, fez apenas 2. E a casa caiu. De novo…

As lágrimas dos tricolores parecem não ter fim.

É inacreditável.

Série D-2009: Santa Cruz 2 x 2 CSA

Um novo horizonte para o Náutico em Caruaru

Série A-2009: Náutico 2 x 1 Santo André

Eeeeeeeese Náutico!

Estava afundado na zona de rebaixamento. Pior… Estava na lanterna do Brasileirão.

Como é de praxe na crise, seguiu mudando de técnico, trazendo jogadores etc.

Chegou o técnico Geninho… Que disse logo: “Nunca fui rebaixado”.

E aos poucos, mesmo com os tropeços, o Timbu foi melhorando…

Na noite deste sábado, ganhou pela segunda vez seguida! Bateu o Santo André por 2 x 1 (Carlinhos Bala 2x), em Caruaru. O jogo era uma peça-chave na recuperação do time.

E a torcida sabia disso. Tanto que a distância até Caruaru não afastou a timbuzada do Lacerdão. Um público de 13.434! Muito bom, ainda mais pelas circunstâncias.

Com a vitória, o Timbu irá amanhecer no Dia dos Pais fora da zona de rebaixamento. Depois de muito tempo, e com muito suor. Está em 16º lugar, e uma combinação de resultados poderá fazer com que o time também chegue assim na segunda-feira.

Outro dado que mostra que a situação está mudando (para melhor): nos últimos 6 jogos, o time dos Aflitos perdeu apenas 1 vez (2v, 3e e 1d)!

Mais um dado, agora para mostrar que até a “sorte” apareceu: o Santo André teve um pênalti a favor com 1 minuto de jogo! Marcelinho bateu e… Gléééééédson!

Confira a matéria do diariodepernambuco.com.br sobre o triunfo timbu AQUI.

Você pediu, Sport

A pilha da lanterna do SportÉ, Sport

Você pediu isso.

Na sua estreia na Série A, contra o então debutante Barueri, uma partida morna…

Logo depois, foi eliminado de maneira traumática da Libertadores, é verdade.

Todos entenderam que você precisaria de alguns jogos para se recuperar do baque.

Mas você extrapolou. Passou um ar de auto-suficiência. Bastava “querer”…

E perdeu alguns jogos que em outros tempos seriam vitórias certas na Ilha do Retiro.

Basta dizer que você jamais havia sido derrotado no Recife pelos Atléticos, o Mineiro e o Paranaense. Avaí? Nossa senhora dos rebaixamentos…

Mas você perdeu, e não buscou os pontos fora.

Pelo contrário… Longe daqui você acha que os jogos tem menos de 90 minutos!

40/45 do segundo tempo ainda tem jogo, Sport… Você não se incomodou com isso. Bom para Botafogo, Santos, Santo André, Cruzeiro…

Uma verdadeira doação de pontos!

E sempre a conversa que a recuperação vem no próximo jogo. Nunca vem.

Na noite desta quinta você exagerou… É, Sport…

Só pra sacanear, você quis a lanterna, pra ficar brincando de iluminar os seus torcedores, cada vez mais envegonhados.

Você conseguiu ser goleado pelo Fluminense (5 x 1), com não sei quantos jogos sem vitória, e então na lanterna.

Será que já acabou a brincadeira, Sport? Ou ainda vai querer comprar pilha? 8-O

Pra desopilar o revés no Maracanã, veja uma cena clássica do filme “O Iluminado“…

A hora de iluminar…

Série A-2009: Fluminense x Sport

Briga de cachorro grande! Pode até ter sido um dia. Não nesta noite.

Fluminense e Sport… Em 2008, o primeiro foi finalista da Taça Libertadores… O segundo, campeão da Copa do Brasil.

Nesta quinta, os dois times vão brigarr por algo bem menos valioso (e honroso). Na verdade, a disputa é para ver quem NÃO ficará com um certo artefato.

A lanterna do Brasileirão… Para iluminar a escuridão dos dois clubes nesta reta final do primeiro turno.

Com a vitória do Náutico sobre o Corinthians, o duelo entre o Tricolor carioca e o Rubro-negro pernambucano virou um confronto direto para fugir da última colocação.

O Leão em 19º, com míseros 13 pontos.

O Flu em 20º, com inacreditáveis 11 pontos em 16 jogos.

O Maracanã não merece esse “clássico”!

Caso o Sport saia derrotado no Rio de Janeiro, o time da Ilha assumirá a lanterinha do campeonato pela primeira vez na era dos pontos corridos. 8-O Abaixo, a lista acumulada desde 2003, quando o sistema foi implantado na Série A.

Rodadas na lanterna: América/RN, 30; Santa Cruz, 29; Grêmio, 27; Paysandu, 21; Ipatinga, 21; Goiás, 17; Guarani, Atlético-PR e Botafogo, 11; Fluminense e Náutico, 10; Flamengo, 8; Atlético-MG, Brasiliense e Corinthians, 7; Figueirense, 6; Bahia, 4; Palmeiras, 4; Juventude, Paraná, Vasco, e Coritiba, 3; Avaí, 3; Internacional, Vitória e Portuguesa, 1.

Não ficaram por lá apenas Cruzeiro, São Paulo, Santos e Sport. Mas a vaguinha do Sport parece com os dias contados…

Abaixo, o clipe de “Beware of Darkness”, de George Harrison. :twisted:

Penáutico

O atacante alvirrubro Gilmar assumiu a artilharia da Série A na quarta-feira, quando marcou o gol da vitória sobre o Corinthians. Agora, o jogador do Náutico divide o posto com outros 3 jogadores, todos com 9 gols. Mas vale uma curiosidade… Dos 9 gols de Gilmar, 66,6% foram marcados de pênalti! Nada menos que 6.

E a conta só não foi maior porque o jogador desperdiçou uma cobrança contra o Coritiba (derrota nos Aflitos por 1 x 0). Das 7 cobranças, 6 foram nos Aflitos. Em 6 dos 8 jogos do time como mandante. Só não teve contra Cruzeiro e Inter. Nos 4 últimos jogos houve uma infração na área adversário…

O Timbu ainda não teve nenhum pênalti marcado fora do Recife, pois o pênalti fora de casa aconteceu na Ilha do Retiro. Confira a lista. Todos os pênaltis foram cobrados por Gilmar (veja quem sofreu as faltas abaixo).

Série A-2009: Náutico 1 x 0 CorinthiansPênaltis para o Náutico nos Aflitos

31/05 – Náutico 1 x 1 Fluminense (Lessa)
20/06 – Náutico 0 x 1 Coritiba (Gilmar)
16/07 – Náutico 1 x 1 Vitória (Lessa)
22/07 – Náutico 2 x 2 Botafogo (Anderson Santana)
29/07 – Náutico 1 x 2 Santos (Gilmar)
05/08 – Náutico 1 x 0 Corinthians (Gilmar)

Pênalti para o Náutico fora de casa

26/07 – Sport 3 x 3 Náutico (Carlinhos Bala)

Como em 2007, de pênalti

Série A-2009: Náutico 1 x 0 Corinthians

Como no Brasileirão de 2007, vencer o Corinthians nos Aflitos era primordial para o Náutico na luta contra o rebaixamento. E foi o que aconteceu na noite desta quarta!

Ali, na 32ª rodada, no dia 20 de outubro. Agora pela 17ª, em 5 de agosto. Mesmo clima apreensivo e mesmo placar: 1 x 0 lá, 1 x 0 cá. Vitórias com gol de pênalti. Primeiro com Geraldo, depois com Gilmar.

Geraldo foi um dos principais nomes daquela campanha ao lado de Acosta, assim como Gilmar assume o papel desta vez.

O gol nesta noite foi o 9º dele nesta Série A. E foi o 6º de pênalti! Não importa.

O solitário gol de Gilmar tirou uma inhaca de 73 dias sem vitória, com 13 partidas de jejum no período. Um pouco de alegria à torcida timbu. Especialmente àqueles que estiveram nos Aflitos nesta noite.

Veja a matéria do diariodepernambuco.com.br sobre a vitória timbu AQUI.

Fotos: Alexandre Gondim/DP

A fila precisa andar, Timbu

Fila alvirrubraO Náutico venceu pela última vez no Brasileirão em 24 de maio. Desde então, já se passaram 73 dias com todo mundo falando a mesma coisa. “Chegou a hora de acabar o jejum”, “Hoje é o dia de acabar o tabu”, “Não dá mais para esperar” e mais um bocado de etc…

Nesse tempo todo, nada menos que 13 partidas sem vitória. De um início excelente (2 vitórias e 1 empate em 3 jogos) para a cadeira cativa na zona de rebaixamento.

Dessa forma, o Alvirrubro se aproximou também de outra marca indigesta… Se já não bastasse ser o pior desempenho do clube em toda a história da Série A, o longo jejum se aproxima do recorde nos pontos corridos, que é de 15 partidas.

Recorde dividido por São Caetano (2006) e América/RN (2007). Ambos na Série B hoje em dia… O Timbu terá mais uma chance na noite desta quarta-feira, em casa, diante de um Corinthians desmanchado.

Chegou a hora de acabar o jejum. Hoje é o dia de acabar o tabu. Não dá mais para esperar… 8-)