A força das torcidas brasileiras dentro e fora de casa

Torcida brasileira. Foto: CBF/divulgação

Dado interessante sobre o estudo das massas da Pluri Consultoria. Polêmica à parte sobre a maior torcida, o trabalho mostra a tendência dos clubes em seus estados e fora.

O Sport, por exemplo, tem mais torcedores em Pernambuco que Fluminense e Botafogo no Rio de Janeiro. Fora do limite estadual, a virada no placar…

Fora de seus estados, Flamengo e Corinthians têm somados 32,7 milhões de aficionados. Ao todo, 60% das duas torcidas são fora do estados de origem. Força da mídia?

Confira o estudo completo clicando aqui.

Torcidas brasileiras, segundo a Pluri Consultoria

17 thoughts on “A força das torcidas brasileiras dentro e fora de casa

  1. só gostaria de saber que tipo de pesquisa é essa aqui no pará um remo e paysandu botam num jogo simples + ou  – umas 25 mil pessoas sendo que que na maioria dos jogos o estadio Mangueirão que tem capacidade de 50 mil pessoas fica com uns 42mil pagantes fora os que não pagam que entram de graça no estadio e isso não é de hoje desde que me entendo por gente que é assim então acho que essa pesquisa é mentirosa… deveriamos está pelo menos em 13º ligar…

  2. O Santa Cruz não precisa ganhar em pesquisa (estimativa). Ele ganha nos números (dados concretos). A planilha da FPF tá disponível para quem quiser ver. A paixão da torcida coral é 3x a da ilha do mangue.

  3. O caro Wendel não deveria falar do que não sabe… o ingresso na Ilha deixou de ser R$5,00 há muito, muito tempo… Ele próprio se esquece de que o maravilhoso e ultramoderno Arruda do Bandepe entra nos melhores da média de público graças a 20mil ingressos subsidiados… quando é à vera, pagando, não passava de 10mil (quando chegava a tal). Mire-se na Série A (isso mesmo, primeira divisão) de 2006…

  4. Essa pesquisa mostra também outro ponto fundamental que a torcida da ilha dos metidos não ver. se são a maioria e não botam 20 no estadio, é a prova concreta da torcida mais pirangueira do mundo. Olha o valor do ingresso R$ 5,00. Tô cansado de ver os caranguejos botando a mundiça pra correr. KKKKKKK

  5. Concordo com o Fernando, Remo e Paysandu não têm torcidas menores que o Avaí e o Figueirense… e o Botafogo só tem torcedor velho, principalmente no Triângulo Mineiro, fora disso é modinha que a mídia banca. Mas, ainda assim, é forçar muito a barra (como o Patético Mineiro). Um cidadão que torce pra um desses dois times deve ter problemas sérios de juízo (principalmente sendo do Nordeste).

  6. os torcedores,do çanta crui,vivem no mundo,de boby-esponja.sempre se acham maiores,mas nunca ganham uma pesquisa.de maior torcida.admitam,que somos superiores.e aceitem a realidade.

  7. E confirma-se o fato de Bahia e Sport serem as maiores torcidas do Norte-Nordeste, muito próximos um do outro (no limite da margem de erro). Em algumas pesquisas o Sport aparece na frente, em outras o Bahia.

    Saudações,

    Guilherme de Aquino 87/08

  8. Como o Náutico tem 100% de torcedores no estado de Pernambuco? Não tem nenhum fora do estado? 

    A pesquisa prova que todos os torcedores do Náutico no mundo estão no estado de Pernambuco. (A pesquisa se mostra tão confiável quanto esta afirmação)

  9. E ainda falam que o Santa Cruz tem a maior torcida do estado, o engraçado é que nunca ganham numa pesquisa….. Pobre sarnentos…. kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  10. Cassio , 

    A pesquisa detalha um dado que venho comentando com você há tempos. Não há mais espaço para 4 grandes dentro do estado do Rio de Janeiro. Dilui o potencial economico dos clubes , ou melhor , do Vasco , Fluminense e Botafogo , já que o Flamengo , com metade da torcida do estado e projeção de 60% nas duas faixas mais jovens , passa longe desse problema. Há tempos que se discute no Rio a possibilidade real de uma “americanização” de um deles. E a cada nova rodada de pesquisa , a cada detalhamento que vemos , isso parece ainda mais provavel. 

    Outro time que merece um destaque é o Atlético PR. O clube cresceu e muito na RM de Curitiba nos ultimos 20 anos. Assim como o Coritiba , é fraco no interior do estado. Mas é impressionante o aumento do percentual de torcedores do Furacão nas duas faixas mais jovens da população da Grande Curitiba com seus quases 4 milhões de habitantes. Para cada torcedor com mais de 45 anos , o CAP tem quase 3 com menos de 25 anos.

  11. Eu acredito em pesquisas, mas Remo e Paysandu com torcidas menores que Avaí, Figueirense, Goiás, Vila Nova e até em relação ao meu Náutico? Acho que não, mais do quê os dois catarinenses com certeza, sobre a pesquisa, o Flamengo se vale mesmo dos torcedores de outras regiões pra vencer o Corinthians, eu lembro de uma pesquisa da Inglaterra que mostrava o mesmo em relação ao United e Liverpool, que possuem torcedores em todas regiões do Reino Unido, e lá também têm a mesma polêmica, no domingo, Wolves x Manchester United, se enfrentavam e a torcida dos Wolves cantava “We support our local team” provocando a torcida do United que é famosa por não ser de Manchester, na série A, as torcidas de Náutico e Sport devem levar aquelas faixas, pra tirar onda com os paraibacas e pernambubacas, que virão aos jogos nos Aflitos e na Ilha do Retiro, lembro que no dia que o Corinthians foi campeão brasileiro soltaram vários fogos aqui no Recife…

  12. Pernambuco,sempre será o diferencial do Nordeste,nunca deixaremos de torcer por nossos times

  13. É a força dos paraibacas, alagobacas, pernambubacas, entre outros paga pau e torcedores mistos que infestam toda região nordeste, impulsionando esses timecos do sudeste do país.
    Imaginem como estariam os clubes da região nordeste, principalmente os de Pernambuco, se tivessem a metade da mídia que a Globo dá tem esses timinhos do Rio de Janeiro.

  14. Apesar disso o Santa Cruz coloca públicos e rendas maiores. Ou seja, os torcedores mais apaixonados torcem pelo Mais Querido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>