Presidentes campeões no futebol pernambucano

Camisas retrô de Santa Cruz, Sport e Náutico. Crédito: camisasdefutebolretro.com

O título pernambucano de futebol em 2013 será emblemático para o presidente campeão. Se o tricolor Antônio Luiz Neto conquistar o tricampeonato, será o primeiro mandatário com três títulos estaduais no Santa Cruz. Atualmente, ele divide a ponta com dois títulos com mais cinco gestores.

No Sport, Luciano Bivar já é o maior ganhador de campeonatos estaduais do clube, com cinco troféus. Contudo, se vencer o sexto, se igualará ao maior campeão geral do Pernambucano, o alvirrubro Eládio de Barros Carvalho, que empresta o nome aos Aflitos. Não foi o presidente do hexa do Timbu (ganhou só o primeiro ano, em 1963), mas venceu cinco torneios na década de 1950.

Por outro lado, se forem somadas as conquistas oficiais além da fronteira local, Luciano Bivar já seria o maior vencedor, com sete. Confira a lista completa dos presidentes campeões de Sport (45 taças), Santa Cruz (26) e Náutico (21).

Sport – 23 presidentes campeões

5 títulos
Luciano Bivar (1997, 1998, 1999, 2000 e 2006)

4 títulos
Wanderson Lacerda (1991, 1992, 1994 e 1996)

3 títulos
Adelmar da Costa Carvalho (1955, 1956 e 1958)

2 títulos
Manoel José Guimarães (1916 e 1917), Hermenegildo da Silva Loyo (1923 e 1924), Luiz da Rosa Oiticica (1941 e 1942), Severino Pereira de Albuquerque (1961 e 1962), Jarbas Guimarães (1975 e 1977), José Antônio Alves de Melo (1981 e 1982), Milton Bivar (2007 e 2008) e Silvio Guimarães (2009 e 2010)

1 título
Arnaldo da Silva Loyo (1920), Roberto Rabello (1925), Raphael Addobati (1928), José de Andrade Médicis (1938), Renato Silveira (1943), João Elysio de Lauria (1948), José Lourenço Meira de Vasconcelos (1949), José Dhália da Silveira (1953), José Moura (1980), Homero Lacerda (1988) e Severino Otávio (2003)

Considerando os demais títulos oficiais além do Estadual, o Sport tem mais seis: Luciano Bivar (Série B 1990 e Nordestão 2000), Eduardo Cardoso (Torneio Norte-Nordeste 1968), Homero Lacerda (Série A 1987), Wanderson Lacerda (Nordestão 1994) e Milton Bivar (Copa do Brasil 2008).

Santa Cruz – 20 presidentes campeões

2 títulos
Carlos Afonso de Melo (1931 e 1932), Odivio Duarte (1957 e 1959), Aristófanes de Andrade (1969 e 1970), James Thorp (1971 e 1972), José Neves (1986 e 1987) e Antônio Luiz Neto (2011 e 2012)

1 título
Alcides Lima (1933), Virgílio Borba Júnior (1935), Jaime Galvão (1940), José Fulgino (1946), Edgar Beltrão (1947), Gastão de Almeida (1973), José Nivaldo de Catro (1976), Mariano Pedro Mattos (1978), Rodolfo Aguiar (1979), Vanildo de Oliveira Ayres (1983), Dirceu Menelau (1990), Alexandre Mirinda (1993), Luiz Arnaldo (1995) e Romerito Jatobá (2005).

Náutico – 14 presidentes campeões

6 títulos
Eládio de Barros Carvalho (1950, 1951, 1952, 1954, 1960 e 1963)

2 títulos
Luiz Carneiro de Albuquerque (1967 e 1968) e Josemir Correia (1984 e 1985)

1 título
Victorino Maia (1934), Aroldo Fonseca (1939), Neto Campelo Júnior (1945), Wilson Campos (1964), Fernando Wanderley (1965), Manuel Cesar de Moraes (1966), João de Deus (1974), Antônio Amante (1989), André Campos (2001), Sérgio Aquino (2002) e Ricardo Valois (2004)

13 thoughts on “Presidentes campeões no futebol pernambucano

  1. Saudações Corais!!! Santa meu eterno amor, nunca negarei que sou Tricolor, sempre vou te amar, nunca, já mais em Hipotese alguma vou te abandonar!!! Dale Santa!!! Os Guerreiros das arquibancadas estará junto mais uma vez com vcs!!! RUMO AO TRI LUTEM ATÉ O FIM!!!

    AGORA PENSE EM UM BLOG TENDENCIOSO PRA O TIME DA COISA SE CONTINUAR ASSIM MERECE UM ABAIXO ASSINADO. O FUTEBOL DE PE NECESSITA.

  2. Calma Rinaldo “Desesperada”… Após 74 só em 84, Após 89 só em 2001 e após 2004 . . . um dia vai ser novamente, e se continuar com essa “Diretoria Campeã é que vai ser mesmo… Rá Rá Rá…………………………………………………………………………..
    vai escolher um tima para torcer rapaz, fica esperando bom tempo com um clube que não dá alegria alguma…….

  3. APESAR DO BLOG SER TENDENCIOSOS PARA AS CACHORRAS DE PERUCAS, FALTOU INSERIR NO BLOG, OS SEIS TÍTULOS DE VICE-CAMPEÃO DO SPORT QUE TEVE NA DÉCADA DE 60, E COMO O ANFITRIÃO O NÁUTICO. HEXA É CHATO, É LUXO, E COMO DÓI. FARIOBACAS – FARIZEU-OTÁRIO-BABACAS. rsrsrs…

  4. Se esse (Torneio Norte-Nordeste 1968) do sport é oficial, o Penta do Náutico nessa década também é oficial, esta registrado na história, qual diferença pra esse do sport de 68?

  5. Rodrigo,
    Isso já foi questionado outras vezes no blog, mas a posição segue a mesma. Como o texto deixa claro, a pesquisa lista os títulos oficiais. Essa questão do Nordestão já foi tratada em outro post, com todas as competições, oficiais ou não.

  6. Sinceramente, toda vez que é apresentado as conquistas de Pernambuco no futebol o SPORT humilha as tricobarbies. Em tudo, somo hegemonicos, essa então foi de lascar, somando todos os titulos de presidentes o SPORT tem 45, a sarna 26 e as bonecas 21, ou seja a soma das comadres frustadas é de 47, dois a mais que o leão, é por isso que os frustados tem tanta raiva do SPORT, temos a mania de ser campeão. Mas tambem com dois clubes, um “não pode ver uma cobra que fica todo arrepiado da cabeças até os pés, passando pelo aro fedorento claro, a outra tem um “caminho de luz”, purpurina e lantejolas, pense em dois time de g esses tricobarbies,kkkkkkkkkkkk

  7. Engraçado que vc não considera o Vitória campeão do nordeste na década de 70, então ajeite essa informação, se vc considera o título de 68 do nordeste do sport, tem que considerar o Penta do Náutico na época.

  8. Vc coloca o Torneio Norte-Nordeste do sport de 1968, pq não coloca o Penta do Náutico do norte-nordeste dessa época tb? Dois pesos e duas medidas? Tô estranhando! Pra não passar em branco, Homero 87 ganhou o brasileirão mais serie B de todos!

  9. Esse indivíduo que ‘ganhou 5′. Pagou por 6 e passaram a perna nele em um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>