A drástica decisão de desistir de um campeonato em andamento

Rio Branco do Acre cogita desistência da Série C de 2013. Foto: Rio Branco/facebook

Afundado na tabela, sem patrocínio e endividado. O Rio Branco do Acre cogita tomar uma medida drástica no Campeonato Brasileiro. O clube está estudando a possibilidade de abandonar a Série C. Isso mesmo.

Em sua página oficial no facebook o time fez a seguinte declaração:

Diretoria do Estrelão se reúne na noite desta segunda-feira para definir futuro do clube na Série C. Sem patrocínios e acumulando dívidas, desistência da competição é cogitada.

Na disputa do grupo A da terceira divisão nacional, o Rio Branco tem apenas três pontos em nove rodadas, com uma vitória e oito derrotas.

A falta de reação da equipe e o caixa zerado geraram a enorme crise. Se sair, como ficarão os pontos dos adversários? Os seus jogos serão anulados?

Acredite, a decisão não é inédita. Mas é surpreendente…

1938 – Copa do Mundo
Uma desistência extremamente forçada. No início da segunda guerra mundial, durante o torneio, a Alemanha nazista anexou a Áustria. Assim, impediu o jogo dos austríacos contra a Suécia nas oitavas. Foi o único WO da Copa até hoje.

1978 – Campeonato Pernambucano
Por não concordar com a tabela e por divergências com a FPF, o Sport tirou uma licença. O presidente leonino, Jarbas Guimarães, disse: “Em pescoço de leão, canga não, só a Juba”. O time voltou no ano seguinte.

1987 – Série A do Brasileiro
A elite do campeonato nacional teria dois módulos, com 16 times em cada. Semifinalista em 1986, o América do Rio de Janeiro não aceitou ficar no Amarelo. Assim, o módulo teve apenas 15 times. O Mequinha retornou em 1988.

1996 – Campeonato Pernambucano
Em crise financeira, América e Sete de Setembro ficaram de fora. O time da Estrada do Arraial abdicou da vaga e só voltou em 2011! Já o time de Garanhuns havia acabado de vencer a Segundona, mas ficou sem recursos.

2002 – Série B do Brasileiro
A desistência do Malutrom foi formalizada pela diretoria em função do alto custo do torneio e da suposta falta de critérios na distribuição de verbas. Foi substituído pelo Guarany de Sobral, 3º lugar na terceirona no ano anterior.

2009 – Taça Libertadores
Os mexicanos Chivas e San Luis saíram antes das oitavas de final por causa do surto de gripe H1N1 no país. Os sul-americanos se recusaram a viajar para o mata-mata. Os dois clubes foram convidados na edição seguinte.

Atualização: O Rio Branco realizou uma reunião extraordinária e tentará captar patrocinadores para seguir na disputa.

2 thoughts on “A drástica decisão de desistir de um campeonato em andamento

  1. É BOM QUE SE ESCLAREÇA MELHOR A COISA NÃO DISPUTOU O PERNAMBUCANO EM 78 PORQUE ESTAVA ATOLADO EM DIVIDAS E A CASA DOS FESTEJOS AMEAÇAVA DESABAR, NESTE ANO FOI LANÇADO UM ADESIVO PELOS MALUCOS QUE TORCEM PELA COISA QUE DIZIA” SEM O SPORT QUALQUER UM É CAMPEÃO” O CASTIGO VEIO A GALOPE, VOLTARAM EM 79 RESULTADO SANTA CRUZ BICAMPEÃO. KKKKKK. FALAM MUIIITO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>