As transmissões esquecidas do porão do Campeonato Brasileiro

Transmissão de Plácido de Castro 1x1 Salgueiro, pela Série D 2013. Crédito: Youtube/reprodução

As duas principais divisões do futebol brasileiro contam com ampla cobertura da mídia. Através de pacotes milionários, exibições em sinal aberto, tevê por assinatura e pay per view. Na terceirona, sem ppv, a transmissão aberta é restrita a dois jogos por rodada. Na tevê a cabo, jogos esporádicos.

O que dizer, então, da Série D? Completamente esquecida. A CBF ainda não comercializou os direitos da última divisão do Brasileiro. Por lá, times sem tanta popularidade, mas, ainda assim, formados por consumidores.

Além do Esporte Interativo, o único passar alguns jogos, sem garantia, alguns canais de menor porte se esforçam, como a TV Criativa, de Caruaru, e a Amazon Sat, de Manaus, ambas online, em sistemas específicos ou no Youtube. Apesar da qualidade rebuscada, contam com narrador e comentarista.

Nesta temporada, a quarta divisão teve a transmissão de jogos neste modelo dos três representantes pernambucanos, Salgueiro, Central e Ypiranga. Neste domingo, o torcedor local assistiu na telinha ao empate em 1 x 1 do Carcará com o Plácido de Castro, se aproximando do acesso.

Na Série D, a imagem ao vivo já é algo pra lá de surpreendente…

3 Replies to “As transmissões esquecidas do porão do Campeonato Brasileiro”

  1. Carcará valente só a viagem até o Acre ja é uma batalha , na volta ao sertão o CACARÁ vai atropelar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*