Tem gol! Tem gol onde, Mané?

Mané Queiroz, integrante da Rádo Jornal. Foto:  Tiago Calazans/Acervo JC Imagem/Jornal do Commercio (cortesia)

Gol na liga espanhola, Neymar para o Barcelona.

Gol no campeonato tocantinense, Zezinho do Gurupi.

Empate no Fla-Flu e mudança na classificação da Taça Guanabara.

Gol do Baraúnas na semifinal do campeonato potiguar.

São centenas de jogos de futebol a cada fim de semana, muito além da fronteira pernambucana.

Aos torcedores mais aficionados, há aquela velha mania de fazer uma leitura geral nos resultados. Faz parte do ritual futebolístico.

A internet tornou-se um caminho importante para acompanhar o lance a lance, tabelas em tempo real e redes sociais.

E assim, o desejo de saber o placar, seja lá qual for o jogo, é alcançado.

A isso, falta uma dose de emoção. Agregar à informação o peso de uma bola na rede, dando a verdadeira dimensão do gol…

Durante algumas décadas, a única forma de ficar atualizado quanto às tradicionais rodadas nas quartas-feiras e domingos foi através do plantão no rádio, nas ondas AM.

Um desses plantões está na memória de qualquer torcedor pernambucano “pé de rádio”.

“Tem gol!”

Frase firme, alta, no meio da transmissão, direto do estúdio.

“Tem gol onde, Mané?”

Respondia o locutor no estádio.

Era a senha para a entrada da voz rouca, inconfundível, de Mané Queiroz. Isso quando já não rasgava o protocolo, dependendo da notícia.

Para quem aguardava um golzinho para mudar a situação do seu time, chegava a dar um friozinho na barriga.

A informação vinha completa, com gol, autor, tempo, classificação.

E havia o tom certo para o gol certo. Afinal, um gol de honra numa goleada de 6 x 1 não pode ser dito da mesma forma que um golaço aos 44 minutos do segundo tempo em um clássico diante de 50 mil pessoas.

Mané não só sabia dessa óbvia diferença como completava as narrações.

Sobretudo na Rádio Jornal, no escrete de ouro, onde a sua voz chegou a todos os cantos do estado. Mané redefiniu o plantão esportivo.

Quem nunca ouviu Mané, provavelmente nunca ouviu rádio em Pernambuco.

Claro, veio a internet, já lembrada.

Coube a Mané, então, se reinventar. No trato com o torcedor e na ênfase da notícia.

Aos 66 anos, quase íntimo de alvirrubros, rubro-negros e tricolores ao final de cada jornada esportiva, Mané Queiroz faleceu.

Sem dúvida alguma, deixou um legado na imprensa esportiva.

Até mesmo porque nunca um ícone gráfico em site algum, por mais informação que possa conter, irá substituir o bordão da emoção…

“Tem gol!”

“Tem gol onde, Mané”?

17 thoughts on “Tem gol! Tem gol onde, Mané?

  1. MINHA INFANCIA .. MEU PAI .. A CADEIRA DE BALANCO … RADIO NO OUVIDO … AH COMO ERA BOM … SANTA CRUZ E SPORT NA ILHA … NO ARRIUDA … EM QUALQUER LUGAR .. ESTAVA TUDO ALI DENTRO DA CASA … DA CADEIRA DE BALANCO ..PARA TODA A CASA .. PARA A MEMORIA QUE ATE HOJE TRAGO COMIGO .. TAVA TUDO ALI … TODOS OS JOGOS DA RODADA DOMINGUEIRA .. LOTERIA ESPORTIVA … SERIE A .. B … DO CAMPEONATO CARIOCA AO CAMPEONATO DO ACRE .PURA DEMOCRACIA .. NAO HAVIAM DIFERENCAS … TUDO ISSO ERA MANE QUEIROZ .. VAI O HOMEM .. FICA A SAUDADE … O LEGADO PARA OS QUE FAZEM A IMPRESA RADIOFONICA PERNAMBUCANA … OBRIGADO POR TUDO MANE … ” E LÁ NO CÉU .. QUEM SABE MEU PAI VOLTARÁ A ESCUTAR O MANE … “

  2. Deixei a família em SP, para trabalhar 3 anos em Recife, não tinha nenhum amigo aí, somente a companhia do grande Mané Queiroz no rádio do meu celular, de volta para São Paulo, fiquei profundamente triste com a morte desse grande narrador e comentarista esportivo, assim como, muito triste vai ficar a vida dos amantes do futebol em Pernambuco. Insubstituível.

  3. Belo texto Cassio. Engraçado como mesmo não conhecendo a pessoa pessoalmente, dele nem tendo ideia da nossa existência, ele fazia parte dos nossos cotidianos. Era tão normal e natural ligar o rádio todos os dias, sempre no mesmo horário, sintonia e escutar Mané (me refiro só a ele por que é o mais estava acostumado ouvir). A morte/saudade são “sentimentos”, junto com todas suas consequências sentimentais que nunca serão explicados… Fica a saudade, mas também o reconhecimento de um ótimo profissional (que deixo seu legado e seu nome marcado), e o mais importante, de um ser humano do bem. Que descanse em paz.

  4. Existe aquele Ditado que Ninguem é Insusbistituivel … Descordo ! Nosso eterno Mané, Adilson Couto, Mario Jr. (Ainda entre Nós) e Aderval Barros (Tambem em nosso Plano) NÃO HAVERA MELHOR NEM IGUAL ! Tem Gol no Céu né “Mané” ?
    Uma “Tanajurinha” Para vc !
    Obrigado e fica na PAZ !
    A copa sem voce vai ficar meio Chata por aqui !!!

  5. Existe aquele Ditado que Ninguem é Insusbistituivel … Descordo ! Nosso eterno Mané, Adilson Couto, Mario Jr. (Ainda entre Nós) e Aderval Barros (Tambem em nosso Plano) NÃO HAVERA MELHOR NEM IGUAL ! Tem Gol no Céu né “Mané” ?
    Uma “Tanajurinha” Para vc !
    Obrigado e fica na PAZ ! … A copa sem voce vai ficar meio Chata por aqui !!!

  6. Está faltando um pedaço !!!
    É uma voz que se cala aqui entre nós.
    Com certeza, a partir de agora, ele que nos deu tanta alegria, está lá em cima alegrando o nosso Salvador.
    Certamente ele estará ouvindo a mesma pergunta que ouviu tantas vezes entre nós:
    É Jesus quem pergunta a ele:
    “TEM GOL AONDE, MANÉ ?
    Assim, enquanto para nós o momento é de saudade,
    Para Deus é uma grande festa… A festa do encontro… A festa da alegria… É mais um gol do Mané !!!

  7. Poxa, passei o domingo todo desconectado… sem rádio, twitter, etc… só agora (23:00 horas) é que fiquei sabendo da morte de Mané! Dizer: ESTOU TRISTE, é muito egoísmo de minha parte, ESTAMOS TODOS TRISTES com essa notícia. Vai com Deus Mané!!! Que Deus abençoe e console toda a família, amigos e admiradores…

    Apocalipse 21.4 – E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram.
    Eu Creio!

  8. VAI COM DEUS MANÉ, SERAS ETERNO EM NOSSOS CORAÇÕES POR TUA ALEGRIA ESPONTÂNEA E CONTAGIANTE , NÓS FICAMOS TRISTES , MÁS NOS CEUS SERÁS A ALEGRIA EM MEIOS AOS ANJOS CELESTIAIS. NUNCA TE ESQUECEREMOS IRMÃO VAI COM DEUS ……… TEM GOOOOL……….

  9. Mais uma lenda do Rádio de Pernambuco que se vai, se juntando a um dos melhores narradores que já escutei, Adilson Couto.
    Descanse em paz Mané Queiroz e anuncie mais um gol do nosso futebol pernambucano aos céus!
    Irá fazer sem sombra de dúvidas uma enorme falta aos ouvintes!
    Perde o Escrete, perde o Futebol, perde Pernambuco!

  10. Vai fazer muita falta e deixar muita saudade. Aquela voz rouca, o jeitão, a risada, as pérolas etc. E ele implicando com Neymar? kkkkkkkkk

    “Manéé Queeeiroz” “E ateeenção” “Meu camarada” “Tem gol” e por aí vai.

    Ainda não caiu a ficha. Vai ser difícil a resenha da JC News/Radio Jornal sem Mané.

  11. Acompanho Mané desde 1975, quando meu avô aos domingos se deitava na rede no terraço de nossa casa, após o almoço, e ligava o seu rádio de madeira envernizada “ABC A Voz de Ouro” para ouvir os Campeões da Bola, equipe comandada por Barbosa Filho que tinha Mané Queiroz no plantão esportivo, o qual era responsável também pelos resultados, um a um, da loteria esportiva, sempre dizendo a coluna a ser marcada dos jogos, e eu encarregado pelo meu avô de anotar para que depois ele fizesse a conferência. E durante quase 38 anos continuei a amizade, via rádio, que o meu avô nutria por essa “figura” muito especial. Mané começou a fazer parte da minha vida desde a infância. Vai com Deus meu irmão!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>