A peneira oficial e virtual do pior time do mundo, do youtube ao profissionalismo

Peneira do Íbis

O sonho de se tornar um jogador de futebol profissional pode começar em qualquer clube do planeta…

Até mesmo no pior time do mundo.

Pois é, até no combalido Íbis.

O Pássaro Preto lançou a sua peneira oficial. Até fevereiro, o Pássaro Preto fará uma triagem em vídeos enviados pelos candidatos.

A primeira fase não será um campo, mas apenas em arquivos digitais, via internet. Quer tentar a sorte? Saiba mais aqui.

A peneira é aberta a qualquer um a partir dos 16 anos.

Há um detalhe importantíssimo sobre o processo…

O avaliador será ninguém menos que Mauro Shampoo. Quem passar no crivo do mito do Íbis será avaliado posteriormente pelo próprio presidente do clube…

Eis os três primeiros candidatos…

Luis Eduardo de Matos

Gabriel Cassiano

Binho Soares

O sumiço da placa comemorativa ao surgimento coral

Placa comemorativa no Largo de Santa Cruz. Crédito: Blog do Santinha

Se o Santa Cruz é o que é hoje, adorado por uma multidão, a sua história se deve aos meninos que batiam bola no Largo de Santa Cruz, em frente à igreja.

Da rua ao Mundão, quase um século.

O passado jamais foi esquecido. Ao menos, não deveria…

Em 1983, ao completar 69 anos, os corais, na gestão de Vanildo Ayres, colocaram uma placa comemorativa no local, ao lado da igreja. Na época, o Santa se autodenominou o maior e mais querido do Norte-Nordeste.

Na placa negra, com o distintivo tricolor, foi eternizada a frase de Alexandre Carvalho.

“O Santa Cruz nasceu e vai viver eternamente.”

Pois bem. A lembrança da fundação coral sumiu…

Igreja de Santa Cruz, na Boa Vista. Foto: Cassio Zirpoli/DP/D.A Press

Em 2013, durante uma reforma geral no sobrado de três andares, número 413, vizinho à igreja, o 403, os trabalhadores repararam o sumiço da tal placa.

A direção da ótica vizinha informou ao blog que a placa foi roubada. A própria loja foi alvo de vândalos durante a obra.

A reforma foi concluída, em dezembro, com a parede sem a lembrança…

A igreja também foi pintada, melhorando bastante o visual.

Entretanto, está faltando algo por lá…

Uma parte importante da história do Santa Cruz.

Atualização: a direção coral tomou conhecimento do sumiço da placa e anunciou que colocará uma nova, exatamente em 3 de fevereiro de 2014…

Igreja de Santa Cruz, na Boa Vista. Foto: Cassio Zirpoli/DP/D.A Press

As temperaturas da Copa do Mundo

Temperatura média anual no mundo.

Nem mesmo o status de maior competição de futebol do planeta torna simples o agendamento de uma Copa do Mundo. Adequar a competição, tradicionalmente com um mês de duração, aos calendários, sobretudo ao europeu e suas ligas nacionais riquíssimas, dá bastante trabalho à Fifa.

Em 2022, duas copas depois do Brasil, o Catar receberá a 22ª edição da história. Na pequena península no Oriente Médio, a temperatura entre junho e julho, os meses viáveis da Copa do Mundo, chega a 50º C. O clima inviabilizou a data e a Fifa anunciou que o torneio deverá começar só em novembro.

Há até a possibilidade de a final no Catar ser disputada somente no ano seguinte, fato jamais ocorrido na história da competição. Confira as datas de todos os Mundiais da Fifa e as estações em que foram realizados.

Os torneios costumam ser divididos em duas estações. Apenas dois Mundiais aconteceram no inverno, ambos no hemisfério sul, e apenas um foi realizado integralmente no verão, no hemisfério norte.

1930 Uruguai – 13/07 a 30/07 (inverno)
1934 Itália – 27/05 a 10/06 (primavera)
1938 França – 04/06 a 19/06 (primavera)
1950 Brasil – 24/06 a 16/07 (inverno)
1954 Suíça – 16/06 a 04/07 (primavera/verão)
1958 Suécia – 08/06 a 26/06 (primavera)
1962 Chile – 30/05 a 17/06 (outono)
1966 Inglaterra – 11/07 a 30/07 (verão)
1970 México – 31/05 a 21/06 (primavera)
1974 Alemanha – 13/06 a 07/07 (primavera/verão)
1978 Argentina – 01/06 a 25/06 (outono/inverno)
1982 Espanha – 13/06 a 11/07 (primavera/verão)
1986 México – 31/05 a 29/06 (primavera/verão)
1990 Itália – 08/06 a 08/07 (primavera/verão)
1994 Estados Unidos – 17/06 a 17/07 (primavera/verão)
1998 França – 10/06 a 12/07 (primavera/verão)
2002 Coreia do Sul e Japão – 31/05 a 30/06 (primavera/verão)
2006 Alemanha – 09/06 a 09/07 (primavera/verão)
2010 África do Sul – 11/06 a 11/07 (outono/inverno)
2014 Brasil – 12/06 a 13/07 (outono/inverno)
2018 Rússia – 08/06 a 08/07 (primavera/verão)
2022 Catar – 15/11 a 15/01/2023 (projeção, outono/inverno)

Hemisfério Norte
Primavera – 21/03 a 21/06
Verão – 21/06 a 23/09
Outono – 23/09 a 21/12
Inverno – 21/12 a 21/03

Hemisfério Sul
Verão -  21/12 a 21/03
Outono – 21/03 a 21/06
Inverno – 21/06 a 23/09
Primavera – 23/09 a 21/12