Atualizando os gols dos maiores artilheiros de Náutico, Santa Cruz e Sport

Bita (Náutico), Traçaia (Santa Cruz) e Traçaia (Sport)

Os maiores artilheiros dos grandes clubes pernambucanos atuaram em épocas com pelo menos quatro atacantes nas formações. Eternizados nas imagens em preto e branco, Bita, Tará e Traçaia ostentam recordes quase inalcançáveis no futebol hoje em dia. Os três, nascidos em agosto, passaram dos 200 gols em seus clubes. Junto, o trio marcou 632 gols por Náutico, Santa e Sport. Números do passado, atualizados décadas depois.

Curiosamente, os dados dos três centroavantes foram corrigidos nos últimos cinco anos. Revisando os seus arquivos, colhendo novas informações no acervo público e contando com a ajuda de colaboradores, o pesquisador Carlos Celso Cordeiro encontrou fichas de jogos perdidos, adicionando 9 gols a Tará, 2 a Bita e 1 a Traçaia – este, aliás, foi o último registro encontrado, em 2012, em um amistoso do Leão contra o Osasuna, na Espanha, em 1957.

Segundo os dados de Carlos Celso, Bita é disparado o recordista vestindo apenas uma camisa no estado. No Náutico, o “Homem do Rifle” balançou as redes em 223 oportunidades, presente em todos os títulos do hexacampeonato estadual, no mais forte esquadrão já formado em Rosa e Silva.

No Arruda, Tará, ou “Mestre Tará”, foi o primeiro grande ídolo do Santa Cruz. Foi com ele em campo, rompendo as defesas adversárias, que o Tricolor ganhou os seus primeiros quatro títulos pernambucanos, na década de 1930. Em uma longa história coral, anotou 207 tentos.

Oriundo do Mato Grosso, Traçaia passou oito temporadas seguidas na Ilha do Retiro, com direito a cinco taças estaduais, excursão à Europa e até passagem na Seleção Brasileira. Pelo Sport foram 202 gols. Nota-se um perfil semelhante nos três famosos apelidos. Todos duraram vários anos nos Aflitos, Arruda e Ilha do Retiro, marcando centenas de gols e empilhando taças. Histórias assim, só mesmo em preto e branco…

Bita (Náutico) – 223 gols
Silvio Tasso Lasalvia
Nasceu em 11/08/1942 (Olinda-PE)
Morreu em 27/10/1992 (50 anos)

Náutico – 1962/1966 e 1967/1968
Títulos: campeão pernambucano em 1963, 1964, 1965, 1966, 1967 e 1968

Tará (Santa Cruz) – 207 gols
Humberto de Azevedo Viana
Nasceu em 29/08/1914 (Recife-PE)
Morreu em 07/11/2000 (86 anos)

Santa Cruz – 1931/1942 e 1948
Títulos: campeão pernambucano em 1931, 1932, 1933, 1935 e 1940

Traçaia (Sport) – 202 gols
José Roque Paes
Nasceu em 16/08/1933 (Cuiabá-MT)
Morreu em 21/06/1971 (38 anos)

Sport – 1955 a 1962
Títulos: campeão pernambucano em 1955, 1956, 1958, 1961 e 1962

One thought on “Atualizando os gols dos maiores artilheiros de Náutico, Santa Cruz e Sport

  1. Nossa, apenas Tará viveu até a longevidade. Fiquei curioso para saber o que aconteceu com os outros dois para morrerem tão cedo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>