Todas as imagens do Sport em torneios internacionais

O Sport disputará um torneio internacional pela 4ª vez em sua história. Como ocorreu no ano passado, o Leão está presente mais uma vez na Copa Sul-Americana. Soma ao seu histórico duas campanhas na Libertadores. Todas as competições foram organizadas pela Conmebol.

Até o confronto contra o Vitória, na Ilha e em Salvador, vale dar uma volta ao passado.

Abaixo, imagens e detalhes dos 18 jogos internacionais oficiais da história do Rubro-negro, incluindo uma presença nas oiatavas da Liberta e um Clássico dos Clássicos na Sula. São 17 fotos e uma reprodução da tevê. Confira mais fotos aqui.

Taça Libertadores da América de 1988

1ª fase (grupo 3)

02/07 – Sport 0 x 1 Guarani – A estreia leonina contou com 27.860 torcedores na Ilha do Retiro. Apesar da empolgação com o título brasileiro e o debut continental, o Leão amargou um revés, num gol contra do zagueiro Wagner Basílio aos 16 minutos de jogo.

Libertadores de 1988, 1ª fase: Sport 0x1 Guarani. Foto: Mauricio Coutinho/DP/D.A Press

18/07 – Universitario (PER) 1 x 0 Sport – Naquela época, as chaves da Libertadores eram divididas entre países. No caso, Brasil x Peru. Assim, o Leão foi até Lima para dois jogos. No primeiro, perdeu por 1 x 0, gol de Rey Muñoz.

Libertadores de 1988, 1ª fase: Universitario (PER) 1x0 Sport. Foto: Edvaldo Rodrigues/DP/D.A Press

22/07 – Alianza (PER) 0 x 1 Sport – Com o apoio de 30 torcedores, que passaram por uma odisseia paa chegar até o Peru, o Rubro-negro venceu com um golaço do lateral Betão, quase do meio de campo. O resultado deu sobrevida ao time.

Libertadores de 1988, 1ª fase: Alianza 0x1 Sport. Foto: Edvaldo Rodrigues/DP/D.A Press

03/08 – Guarani 4 x 1 Sport – A partida no Brinco de Ouro é a única sem fotos*. Os pernambucanos abriram o placar com Robertinho, aos 28 minutos, mas não seguraram o placar, sofrendo sua única goleada em jogos internacionais.

Libertadores de 1988, 1ª fase: Guarani 4x1 Sport. Crédito: Rede Globo/reprodução

16/08 – Sport 5 x 0 Alianza (PER) – Com dois gols de Robertinho, dois de Nando e um de Edson, na maior goleada já aplicada por um time do estado em disputas internacionais. Na ocasião, a Ilha recebeu 15.213 pagantes.

Libertadores de 1988, 1ª fase: Sport 5x0 Alianza (PER). Foto: Carlos Teixeira/DP/D.A Press

23/08 – Sport 0 x 0 Universitario (PER) – Uma vitória teria deixado o time em condições de avançar às oitavas de final. A torcida compareceu, com 22.628 presentes. O centroavante Nando perdeu um gol feito, embaixo da barra. Eliminação consumada.

Libertadores de 1988, 1ª fase: Sport 0x0 Universitario (PER). Foto: Arquivo/DP

Taça Libertadores da América de 2009

2ª fase (grupo 1)

18/02 – Colo Colo (CHI) 1 x 2 Sport – Numa noite histórica, com 1.800 torcedores do Sport no estádio David Arellano, o Leão venceu o tradicional clube chileno com gols de Ciro e Wilson. Naquele dia, o Diario circulou em Santiago com 7 mil exemplares.

Libertadores de 2009, fase de grupos: Colo Colo (CHI) 1x2 Sport. Foto: EFE/Ian Salas

04/04 – Sport 2 x 0 LDU (EQU) – A Liga de Quito era a atual campeã da América, mas caiu na Ilha. O volante Daniel Paulista marcou um golaço na vitória na Ilha com Paulo Baier fechando o placar numa cobrança de pênalti. Era a largada dos sonhos.

Libertadores de 2009, fase de grupos: Sport 2x0 LDU (EQU). Foto: Heitor Cunha/DP/D.A Press

08/04 – Sport 0 x 2 Palmeiras – Era o jogo para o Leão terminar o turno 100%. Com ingressos caros, a Ilha recebeu um público aquém do esperado. Numa grande atuação de Diego Souza, o Verdão venceu com autoridade.

Libertadores de 2009, fase de grupos: Sport 0x2 Palmeiras. Foto: Helder Tavares/DP/D.A Press

15/04 – Palmeiras 1 x 1 Sport – Magrão salvou o Sport em pelo menos quatro oportunidades cara a cara. O Rubro-nego saiu atrás, mas conseguiu o empate com  Wilson, que acabou expulso na comemoração, ao tirar a camisa.

Libertadores de 2009, fase de grupos: Palmeiras 1x1 Sport. Foto: EFE/Sebastião Moreira

22/04 – Sport 2 x 1 Colo Colo (CHI) – De virada, com gols de Moacir e Vandinho, num tenso segundo tempo, o Leão venceu novamente o Colo Colo e sacramentou a classificação às oitavas. No fim, foguetório na Ilha do Retiro.

Libertadores de 2009, fase de grupos: Sport 2x1 Colo Colo (CHI). Foto: Heitor Cunha/DP/D.A Press

29/04 – LDU (EQU) 2 x 3 Sport – Diante de um rival eliminado, o Leão se impôs. Foi a primeira derrota da LDU para um time brasileiro em seu estádio. O Sport dominou a altitude e virou com gols de Igor e Andrade, duas vezes (o segundo foi um golaço).

Libertadores de 2009, fase de grupos: LDU (EQU) 2x3 Sport. Foto: EFE/José Jácome

Oitavas de final

05/05 – Palmeiras 1 x 0 Sport – O técnico Nelsinho armou um ferrolho para o jogo no Palestra Itália. A equipe pernambucana segurou o quanto pôde, mas Ortigoza marcou o gol paulista. Nos descontos, o Verdão ainda acertou a trave.

Libertadores de 2009, oitavas de final: Palmeiras 1x0 Sport. Foto: EFE/Sebastião Moreira.

12/05 – Sport (1) 1 x 0 (3) Palmeiras – O badalado Paulo Baier perdeu três gols cara a cara no primeiro tempo. Acabou substituído. A sete minutos do fim, Wilson marcou. A esperança acabou no goleiro Marcos, que defendeu três pênaltis no desempate.

Libertadores de 2009, oitavas de final: Sport (1) 1x0 (3) Palmeiras. Foto: Alexandre Gondim/DP/D.A Press

Copa Sul-Americana de 2013

2ª fase

20/08 – Sport 2 x 0 Náutico – O improvável confronto só aconteceu após uma combinação de resultados que deu a vaga ao Leão. No inédito clássico em um torneio internacional, Patric e Felipe Azevedo deixaram o Sport com boa vantagem.

Copa Sul-Americana 2013, 2ª fase: Sport 2x0 Náutico. Foto: Paulo Paiva/DP/D.A Press

28/08 – Náutico (1) 2 x 0 (3) Sport – A vantagem era boa, mas o Náutico foi buscar, com direito a um golaço de Oliveira (tento que seria finalista do Prêmio Puskas). Nos pênaltis, coube a Magrão classificar o Rubro-negro, espalmando três bolas.

Copa Sul-Americana 2013, 2ª fase: Náutico (1) 2x0 (3) Sport. Foto: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

Oitavas de final

25/09 – Libertad (PAR) 2 x 0 Sport – Inicialmente, o jogo seria na cancha do Libertad, mas como o local não tinha nem 20 mil lugares (o mínimo), o Leão exigiu o cumprimento da regra. A Conmebol remarcou para Luque. Em campo, não adiantou.

Copa Sul-Americana 2013, oitavas de final: Libertad (PAR) 2x0 Sport. Foto: EFE/Andrés Cristaldo

23/10 – Sport 1 x 2 Libertad (PAR) – Com o resultado adverso, o a diretoria praticamente abdicou do torneio, focando no acesso na Série B. Ainda assim, 18 mil torcedores foram à Arena Pernambuco assistir a um time misto. Nova derrota para os paraguaios.

Copa Sul-Americana 2013, oitavas de final: Sport 1x2 Libertad (PAR). Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

* O blog procurou registros fotográficos nos jornais Diario de Pernambuco, Folha de S.Paulo, Estado de São Paulo e na revista Placar, mas nenhum trouxe fotos de Guarani 4 x 1 Sport, em 1988. Apenas textos.

7 thoughts on “Todas as imagens do Sport em torneios internacionais

  1. Cássio, bom dia.

    Estava procurando as fichas dos jogos do Sport na Libertadores de 1988 e não consegui encontrar.

    Será que você não tem fácil? Tava querendo deixar registrado o Elenco que jogou naquele ano nessa competição.

    Muito obrigado e fico no aguardo com ansiedade.

    consegui somente os jogos contra o guarani..

  2. Cássio o blog já postou as participações da Conmebol do Sport e do Náutico, só não tem do santinha!!!! Preconceito!!! kkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Rennan,

    Boa pergunta. Inclusive entrei em contato com Centro de Documentação (Cedoc) para pegar a explicação. Vamos lá.

    Até 1989, todos os filmes eram em preto e branco (P&B), porque o jornal só rodava assim, por mais – obviamente – já existisse o filme colorido.

    Dali até 1996, as primeiras fotos coloridas surgiram no jornal, na capa ou em grandes reportagens. A foto colorida era no “slide”. Ou seja, o fotógrafo tinha que tirar fotos com dois tipos de filme (P&B e colorido)

    Em 1996, o Diario de Pernambuco comprou uma máquina para revelar “negativos”, fazendo com que qualquer foto fosse possível no jornal. Valeu!

    Depois, com o avanço da tecnologia, os filmes foram deixados de lado, com as fotos carregadas em chipes.

    Valeu!

  4. Cassio, o DP não guarda em nenhuma forma de arquivo, as fotos antigas em uma versão colorida ? Ou a tecnologia das câmeras da época, não permitiam (já que seria impressa no jornal em preto e branco mesmo) ?

  5. Sou alvirrubro, mas gosto muito deste trabalho do blogue de recuperar a História. Parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>