O gosto amargo dos tricolores mesmo com o ponto suado em Campinas

Série B 2014: Ponte Preta 1x1 Santa Cruz. Foto: LUCIANO CLAUDINO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

Estatisticamente, o Santa Cruz não soube segurar a vitória parcial na Série B pela 11ª vez. É um cenário quase onipresente (e angustiante) na campanha coral. Ao menos nesta vez, não é possível ficar só nesta análise.

Principalmente pelo contexto da partida, contra a empolgadíssima Ponte Preta, líder do campeonato no início da rodada, jogando em casa e com o apoio de sua torcida, que se movimentou durante o sábado em Campinas.

O gol de Everton Sena ainda no primeiro tempo recuou o Tricolor no restante do jogo, e a pressão não foi pequena. Tiago Cardoso apareceu bastante, tirando a paciência da torcida da Macaca. O sistema de marcação evitava cometer faltas na entrada da área, mas sem perder a pegada.

Ainda assim, o mandante empatou com Cafu e pressionou bastante para mudar o 1 x 1. Com muita disposição em campo, os corais seguraram. O gosto amargo no fim vem do fato de que o time enfrentou na sequência dois integrantes do G4 e em ambos os jogos a vitória esteve bem próxima…

Acabou abrindo mão de quatro pontos, vitais para um acesso hoje improvável.

Série B 2014: Ponte Preta 1x1 Santa Cruz. Foto: Fabio Leoni/PontePress

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*