Classificação da Série A 2015 – 34ª rodada

A classificação da Série A 2015 após 34 rodadas. Crédito: Superesportes

A vitória do Sport sobre o Grêmio, na Ilha do Retiro, encerrou a 34ª rodada da Série A. Além do bom (e suado) resultado, o fim de semana foi proveitoso para os leoninos por causa dos tropeços de Santos (empate), São Paulo (derrota), Ponte Preta (derrota) e Palmeiras (derrotas). Todos na briga pela última vaga à Liberta. Só o Inter, que bateu justamente a Ponte, passou “ileso”. Ainda assim, o time pernambucano subiu para o 7º lugar e viu a diferença para o G4 cair para dois pontos, tendo ainda a possibilidade de um “G5″, em caso de título do Santos na Copa do Brasil – e se o Peixe confirmar a atual 4ª colocação.

Na briga pelo título, quase sacramentada, a taça só não foi para o Corinthians no domingo porque o Galo venceu o Figueirense, em Floripa, aos 45 do segundo tempo. Só adiou o inevitável.

A 35ª rodada do representante pernambucano
15/11 (16h00) – Cruzeiro x Sport (Mineirão)

Histórico em BH pela elite: 1 vitória leonina, 1 empate e 10 derrotas.

Com muita garra, o Sport vence o Grêmio na Ilha e sonha com a Libertadores

Série A 2015, 34ª rodada: Sport 1x0 Grêmio. Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

Cinco vitórias nos últimos sete jogos no Brasileirão. Sob o comando de Falcão, o Sport voltou a jogar bem, organizado ofensivamente, e deixou de lado a sina de empates. Inclusive diante de adversários duríssimos. Foi assim contra Atlético-MG, Palmeiras e agora o Grêmio. Num confronto diante de um histórico algoz, o time rubro-negro se impôs. Foi uma boa partida para se assistir, com poucas faltas e incessante busca pelo ataque dos dois lados, deixando o duelo bem franco. E a vitória por 1 x 0 teve vários personagens.

No gol, em um segundo tempo já nervoso, Diego Souza e André mostraram outra vez a qualidade diferenciada. No lançamento, o camisa 87 foi inteligente, dando uma assistência de cabeça para André. O matador se antecipou e chegou a 12 gols. Para segurar a vantagem, uma dupla de volantes em 220 voltz. Rithely, o mais técnico, jogou sem displicência. Ao seu lado, Ronaldo, que também entrara contra Galo e Verdão. No lugar de Wendel, vetado pelo DM, ele foi afobado em alguns lances (natural), mas preciso nos desarmes. Para completar, embaixo da trave, Danilo Fernandes, que faz um baita campeonato. Neste domingo foram dois milagres. Por sinal, são mais de dez defesas nais quais você poderia contar o “gol” do adversário.

Vivo em busca de uma terceira participação na Libertadores, com 52 pontos, o Sport terá agora outro senhor adversário, o Cruzeiro. O jogo pela 35ª rodada foi antecipado para o próximo domingo, com certeza de casa cheia no Mineirão. Os pernambucanos jogaram com a possibilidade de entrar no G4, em caso de vitória. Isso forçaria Santos (54), São Paulo (53) e Inter (53), que jogarão somente no dia 19. Portanto, cabe à torcida acreditar no objetivo tanto quanto o time. Contra o tricolor gaúcho foram apenas 11.091 torcedores, que apoiaram bastante. Mas a Ilha pode ferver bem mais até o fim do ano.

Série A 2015, 34ª rodada: Sport 1x0 Grêmio. Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press