Assembleia Legislativa aprova a venda da cerveja nos estádios pernambucanos

Cervejas de Náutico, Santa e Sport. Arte sobre imagens do clubemix.com.br/

Após seis anos, a cerveja está de volta ao futebol pernambucano. Por 18 votos a 13, os deputados estaduais aprovaram na Assembleia Legislativa a liberação da venda e consumo nos estádios pernambucanos. A cerva, uma histórica fonte de receita dos clubes, estava proibida nessas bandas desde 24 de março de 2009, quando foi publicada a lei estadual de autoria de Alberto Feitosa.

Durante esse tempo todo se discutiu as benesses do veto, na segurança. Mas, efetivamente, os números da violência nos jogos diminuíram com a proibição? Por mais que a Secretaria de Defesa Social siga reticente, até o ex-juiz do Juizado do Torcedor, Aílton Alfredo, defensor da antiga lei, acabou mudando de opinião, admitindo que os dados não estavam correlacionados – boa parte dos casos registrados envolvia, na verdade, as torcidas uniformizadas.

Num processo arrastado, desde janeiro, o projeto já passara nas comissões da Alepe, faltando a votação. Enfim, o projeto de lei ordinária 2153/2014, de Antônio Moraes, foi ao plenário. Apesar da oposição via bancada evangélica, passou. Resta a ratificação numa votação regimentar e a assinatura do governador Paulo Câmara, um trâmite normal. Essa decisão deve impulsionar o futebol. A Itaipava, que detém o naming rights da Arena Pernambuco, poderá vender seu principal produto – a lacuna era uma barreira no contrato de R$ 10 milhões/ano.

Agora, até o Estadual pode ter uma cervejaria como parceira. Em 2009, com o veto, a Ambev recuou num naming rights de R$ 800 mil, no “Pernambucano Brahma Fresh”. A FPF deve negociar a marca do torneio de 2016 a 2019. Entre os quatro interessados, duas cervejarias. Economia à parte, a loira gelada está voltando ao Arruda, Ilha, Arena, Aflitos, Lacerdão, Cornélio de Barros…

7 thoughts on “Assembleia Legislativa aprova a venda da cerveja nos estádios pernambucanos

  1. Ao “Dr. Honoris causas” aí acima…Mal informado está você, além de escrever o que não deve. Usar maconha, assim como bebida alcoólica, ou até mesmo outras drogas, vai muito de quem faz o uso delas. Se você diz que fica calmo usando sua maconha, eu te afirmo que fico muito mais traquilo fazendo uso de minha cerveja. O fato é que não estou aqui para afirmar qual droga é a pior ou menos pior, como falei, vai de cada um. O que afirmei, e volto a afirmar, é que durante a proibição de venda de cerveja nos estádios, a violência em NADA diminuiu, acho que até aumentou. Enquanto isso, bastava alguém entrar no seio das organizadas para ver ao vivo e em cores, gente fazendo uso de maconha e outras, e agindo nem sempre de modo tão pacífico como você afirma.

  2. Pelo que se sabe fumar maconha não faz de ninguém mau elemento ou agressivo você está muito mal informado, pelo contrário quem fuma maconha fica relaxado e pacífico ao contrário de quem não sabe beber e fica agressivo ao ingerir bebida alcoólica sem controle.

  3. Vai uma pergunta…Nestes anos que a cerva esteve proibida, alguém viu a violência nos estádios e redondezas diminuir nos dias de jogos ? Os vagabundos das desorganizadas continuaram usando suas drogas ilícitas do jeito que bem entendiam. Essas sim, têm que serem banidas dos estádios.

  4. Finalmente! Nada mais justificava essa lei. Se era pra combater a violência, ficou claro que os dois fatores não estão relacionados – no futebol, claro. Que os órgãos competentes continuem a combater a violência, causada pela gangues organizadas. PTS!

  5. Nada a ver com o assunto Cássio, mas você disse em um podcast recente que o campeonato Brasileiro já foi exibido por 2 emissoras diferentes num ano na década de 90, entendi que tinha sido na ESPN além da GLOBOSAT e que foi em 1999, achei muito curioso esse fato pois não sabia, procurei sobre o assunto e não encontrei nada… Essa informação de que o Brasileiro foi dividido é verídica mesmo? De que houve um ano em que os times do clube dos 13 assinaram com a globo e os outros com outra (ESPN)? Tem algum link?

    Nota do blog

    Foi em 1999 sim, só na TV fechada. Foram 15 times com o SporTV e 7 na ESPN.

  6. Nunca vi um membro de torcida organizada com uma cerveja na mão… esses caras só sabem fumar maconha, brigar e roubar…
    Palhaçada essa proibição por tantos anos… Aqui em PE a SDS sempre acha mais fácil punir o cidadão que ter trabalho em investigar os bandidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>