Recorde de Dadá Maravilha, com 10 gols em um jogo do Sport, completa 40 anos

Dadá Maravilha no Sport em 1976

“Dario bateu o recorde nacional de gols numa única partida, ao assinalar 10 tentos na goleada do Esporte sobre o Santa Amaro, ontem à noite, na Ilha do Retiro, pelo campeonato pernambucano. Com os tentos assinalados, Dario reassumiu a artilharia do certame, tendo agora um total de 22 gols, contra 14 de Volnei, o vice-líder.” 

Assim começou a reportagem sobre o jogo Sport 14 x 0 Santo Amaro, pelo Estadual, em 6 de abril de 1976. No dia seguinte, o Diario de Pernambuco já destacava o feito, superando a marca que já era local, de Tará, com nove gols na goleada do Náutico sobre o Flamengo do Recife por 21 x 3, em 1945.

Há exatamente 40 anos, o Peito de Aço entrava para a história. Maior reforço leonino na época, o atacante revelou que bastou esperar o cansaço do frágil adversário para fazer a festa. Tanto que marcou duas vezes no primeiro tempo e oito na segunda etapa. Por sinal, dos 4 aos 18 foram cinco gols! O centroavante encerrou a conta aos 44 minutos. Àquela altura, todo o time rubro-negro seguia no ataque justamente para que Dadá alcançasse o recorde brasileiro, ainda em vigor, mas presenciado por apenas 2.921 torcedores. 

Não há vídeo do jogo, mas é possível conferir a descrição dos gols no DP:
1º tempo
25 – Escorou um cruzamento de Amilton, pela direita (2 x 0)
27 – Pegou um rebote do goleiro (3 x 0)

2º tempo
4 – Finalizou após troca de passes com Cláudio, Peres e Djalma (4 x 0)
11 – Ao receber o passe de Aranha, Dadá tocou na saída do goleiro (6 x 0)
13 – Peres cruzou e Dario marcou de primeira (7 x 0)
15 – Miltão lançou Dario, que ganhou do zagueiro na corrida e definiu (8 x 0)
18 – Cobrou uma penalidade (9 x 0)
24 – Dario escorou cruzamento de Lino (10 x 0)
31 – Outro passe de Lino para Dario, pela esquerda (11 x 0)
44 – Lino driblou três e tocou para Dario, cara a cara com o goleiro (14 x 0)

“Sinceramente, jamais pensava em marcar dez tentos. Pensei em fazer no máximo cinco. Mas, quando cheguei no sétimo, senti que dava para fazer dez”.

A afirmação foi publicada na edição o dia 8, na repercussão do jogo, em uma coletiva improvisada em sua casa na Imbiribeira, lotada de repórteres. Dadá, que costuma falar em terceira pessoa e não é conhecido pela modéstia, comentou até sobre o goleiro adversário, abatido após a noite inglória na Ilha.

“No final sabia que havia feito dez tentos, mas jamais imaginei que estava 14 x 0. Quando o jogo foi encerrado, fui consolar o goleiro Odair. Ele disse: ‘este jogo não queria acabar mais, rapaz?’. Sei que ele não teve culpa pelos tentos que sofreu porque se não fosse ele o negócio era para mais.”

Dadá sagrou-se artilheiro do Pernambucano em 1975 (32 gols) e 1976 (30 gols).

Dadá Maravilha no Sport em 1976

10 thoughts on “Recorde de Dadá Maravilha, com 10 gols em um jogo do Sport, completa 40 anos

  1. Esse Giovanni tá delirando…essa suposta partida que ele se refere, NUNCA existiu ! Isso é desespero de mal perdedor. Em passado recente, se não estou enganado, o máximo que cachorra conseguiu foi 4×1 no manguezal putrefado.

  2. Bom, se for falar em goleadas, desculpem mas não sei em que ano foi, sei que foi na década de 80, o Sport devolveu a goleada sofrida pelo Santa Cruz, informado pelo torcedor acima, com o mesmo placar de 5X0. Se não me falha a memória o jogo foi na ilha do retiro. Então estamos empates.
    SPORT 5X0 SANTA CRUZ.
    SAUDAÇÕES RUBRO-NEGRAS

  3. Eu publico
    8/març0/76

    SANTA CRUZ 5 X SPORT 0
    Local: Arruda;
    Juiz: Sebastião Rufino;
    Renda: Cr$ 593 548,00;
    Público: 36 939;
    Gols: Nunes 1 do 1.º; Volnei 14, Carlos Alberto Rodrigues 27 e Volnei 38 e 45 do 2.0;
    Cartão amarelo: Silveira, Dario. Betinho, Nunes e Pedrinho
    Santa Cruz: Picasso (Gilberto), Carlos Alberto Barbosa. Alfredo Santos (Lima),
    Levir, Pedrinho. Givanildo. Carlos Alberto Rodrigues, Betinho, Volnei, Nunes
    e Santos.
    Sport: Toinho, Marcos, Silveira. Djalma, Cláudio, Luciano, Assis, Amilton, Rocha, Dario, Miltão e Lima

  4. Simples assim ….Jornalista informa quanto foi Santa X Sport dias antes desse jogo…Simples assim…..informa please !

  5. Grande Jornalista…procura saber ….Um pouco antes o Sport levou uma surra 5X0 pro Santinha….a diretoria querendo salvar a pele comprou o time do VoVozinha na época….todo mundo sabe dessa história…Claro Dadá é um cara legal …mas como jornalista vc deve apurar a verdade…procura saber… kkkkkkkk… essa foi boa… Kkkkkkkk

  6. Grande Jornalista…procura saber ….Um pouco antes o Sport levou uma surra 5X0 pro Santinha….a diretoria querendo salvar a pele comprou o time do VoVozinha na época….todo mundo sabe dessa história…Claro Dadá é um cara legal …mas como jornalista vc deve apurar a verdade…procura saber…

  7. Valeu Cássio pela resposta, tu é o cara, e a explicação para o jogo ser na terça você me escreveu no Twitter que foi por causa do jogo do Brasil no dia 07/04/76, tu sabe dizer que horas foi o jogo do Sport nesse dia?

    Nota do blog

    O jogo começou às 21h, Fábio.

  8. Caro Cassio bom dia, acho que a data do jogo foi em 07/04/1976, esse jogo foi importante pra mim, pois além de ver um recorde mundial, foi uns dos primeiros jogos que eu fui ver na ilha com meu pai.

    Nota do blog

    Fábio, o jogo foi no dia 6 de abril, uma terça-feira. Inclusive, o registro do post, com a matéria do jogo, é da edição do dia seguinte, 7 de abril. No livro de Carlos Celso Cordeiro, a partida também está datada em 6 de abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>