Censo do Flamengo lista 908 mil pessoas e Pernambuco tem menor % do Nordeste

Censo Rubro-negro, do Flamengo, em 28/04/2016. Crédito: nrnoficial.com.br/reprodução

Durante 59 dias, o Flamengo abriu o cadastro para o Censo Rubro-negro, um site criado para mapear a torcida do clube no Brasil. Ao todo, 908.013 pessoas se cadastraram, fornecendo dados do CPF. Promovido pela empresa Golden Goal Gestão Esportiva, o cadastro oficial teve uma média diária de 15 mil adesões, encerrando o prazo original de inscrição em 28 de abril. Tema em outras oportunidades no blog, vamos à influência do Fla no Nordeste.

Comprovando o cenário de resistência, com preferência local, Pernambuco apresentou o menor percentual do time mais popular do país, o único abaixo de 1% na região. O índice é ainda mais relevante ao considerar que o estado tem a segunda maior população (9,2 milhões), abaixo apenas da Bahia (15,1 milhões). Em todos os estados, porém, é necessário destacar a possível influência do cadastro via internet, o que pode limitar a participação da torcida de baixa renda.

Segundo a pesquisa nacional de torcida mais recente, da Paraná Pesquisas, em 2016, o Mengo teria 33 milhões de aficionados, com grande parte fora do Rio de Janeiro. O cadastro do clube manteve essa perspectiva, com 57% da torcida fora do estado de origem, sendo o Distrito Federal o maior colaborador (6,4%). Lembrando que o presidente do Fla, Eduardo Bandeira de Mello, havia dito que o clube teria a maior torcida em 24 estados, o que incluiria Pernambuco, estatística rechaçada pelo blog, através de todas as pesquisas já divulgadas.

Percentual absoluto do Censo Rubro-Negro (até 28/04/2016)
4,40% – Bahia (39.952)
2,30% – Maranhão (20.884)
1,90% – Ceará (17.252)
1,90% – Paraíba (17.252)
1,70% – Rio Grande do Norte (15.436)
1,40% – Piauí (12.712)
1,40% – Sergipe (12.712)
1,20% – Alagoas (10.896)
0,87% – Pernambuco (7.899)

26 thoughts on “Censo do Flamengo lista 908 mil pessoas e Pernambuco tem menor % do Nordeste

  1. Para os pernambucanos que insistem nessa mentira de que os pernambucanos torcem só pra times pernambucanos. Veja nesse link ” http://app.globoesporte.globo.com/futebol/mapa-das-torcidas-no-facebook/ ” como fica o mapa das torcidas. La mostra os times de preferencia em todas as cidades. Os times locais só ganham na região metropolitana basicamente. O resto do estado é todo dominado por Corinthians e Flamengo. O pessoal de Recife e região metropolitana acham que em todo estado o pessoal torce para os times locais. É uma mentira

    Nota do blog

    Júnior, quase 70% da população de Pernambuco mora do Recife até Caruaru, onde o domínio local é enorme. Nas demais regiões, menos populosas, nem tanto. Esse mapa aponta o 1º lugar, com demarcação de região. Petrolina, por exemplo, é maior que toda o Grande o Recife. E isso gera uma distorção clara, na minha visão…

  2. O escrevinhador “Rumo ao Hepta’ parece-se com alguém que sofre de ‘delirium tremens’.

    Já que você não sabe o que é isso, “Rumo ao Hepta’, vou explicar: é doideira pela falta do bagulho. Não é o seu caso, bem sei, mas que parece, parece.

    Só isso para explicar tamanha sandice em um único comentário.

    Primeiro, só pode ser hepta nacional quem já ganhou o campeonato brasileiro 6 vezes. Sabe contar? 1,2,3,4,5,6. Segundo a CBF, só o São Paulo e o Corinthians poderiam sê-lo, já que hoje detêm 6 (seis) títulos.
    Sacou, cara?

    Depois, saiu-se com essa: ‘A faixa onde o Fla é mais forte foi justamente a que retiraram da pesquisa’. Em que trecho da excelente reportagem do também excelente jornalista Zirpoli está escrito isso? A pesquisa foi aberta a quem quisesse se cadastrar. Não havia limitação de idade. Logo, conclui-se que você, ‘Rumo ao Hepta’, além de não ter decorado a tabuada, também tem deficiência na leitura.

    Depois, ‘Rumo ao Hepta’, você vem falar em ‘instituto da Argentina’. Tem nome essa peste? Apelou, né, doido? Daqui a pouco você vai dizer que o Flalido tem mais torcida em Buenos Aires que o Boca Juniors, ou que o River Plate. Francisco I é flamenguista também, cabrón?

    Continuando as suas alucinações, você diz que ‘Sou flamenguista [eca] e não participei do Senso’. Isso é de uma ignorância estatística deplorável. Já ouviu falar em amostragem? Já ouviu falar em amostra representativa? E em probabilidade? Se não, fique na sua. Já pensou se na pesquisa para presidente do Brasil fossem entrevistar 120 milhões de eleitores, neném?

    O Flalixo é um produto da mídia carioca. Nas primeiras décadas de disseminação do futebol no Brasil, como esporte de massa, ou seja, nas décadas de 30, 40 e 50, as rádios da então capital federal, o Rio de Janeiro (Rádio Nacional e Radio Tupy, por exemplo) transmitiam os jogos dos times cariocas para todo o Brasil, já que eram emissoras/difusoras tecnicamente potentes, e alcançavam os rincões mais longínquos do país.

    Com ajuda de gente como Ary Barroso – compositor, locutor de futebol e torcedor doente do urubu -, a ‘paixão’ (forçada) pelo Flagelo foi imposta notadamente nas zonas interioranas, distantes das capitais e, portanto, inteiramente expostas ao subproduto midiático que provinha das emissoras cariocas.

    Procure se informar sobre o que diz, por exemplo, o grande compositor Moraes Moreira, que aos 17 anos, baiano do interior, mal sabia da existência de times como Bahia e Vitória, mas conhecia muito bem o Flavela, e por ele (infelizmente, porque não condiz com o seu grande talento) passou a torcer.

    Do rádio, fomos para a televisão, não é, ‘Rumo ao Hepta’? Nem preciso dizer o que a televisão fez/faz não só pelo Flamingo, como pelo Corinthians. Quantos jogos do Flarrapo são transmitidos anualmente para todo o Brasil? Quantas vezes somos obrigados a ver esse time nefasto se apresentar?

    Até aparecer o fenômeno Zico (de fato, um jogador espetacular), o Flalido não havia ganho nada de relevante em décadas de massificação e favorecimento político. Os seus rivais diretos (Fluminense, Vasco da Gama e Botafogo) haviam ganho títulos infinitamente mais expressivos e haviam cedido muito mais jogadores à seleção. Diga aí um jogador expressivo, de destaque absoluto, que o Flamingo tenha cedido para a seleção e que tenha sido campeão mundial, como titular – Pelé? Nilton Santos? Didi? Garrincha? Vavá? Rivelino? Gerson? Tostão? Jair? Romário? Rivaldo? Ronaldo? Diga um gigante aí, rapá.

    Antes de Zico, ‘Rumo ao Hepta’, o Flalixo estava muito aquém de seus adversários locais. E depois dele, agradeça à Rede Globo de Televisão e à CBF.

    Para o seu ódio, ‘Rumo ao Hepta’, Pernambuco não se dobra. O torcedor pernambucano, mormente na capital, região metropolitana e no agreste, ou torce pelo Sport, ou pelo Náutico, ou pelo Santa Cruz. Flamídia aqui não tem vez. E quem quer falar com você é Diego Showza. Ele está ansioso.

    Ao fim, ‘Rumo ao Hepta’, você é carioca? Porque se não for, não passa de um alienado, tão falso quanto a taça de bolinhas de isopor que o Flagelo gosta de exibir.

  3. O que vc tem de enender é que estes dados não representam a população total, pois nem todos estão conectados. Essa pesquisa que tu cita aí deste ano deu 33 acima dos 16 anos. A faixa onde o Fla é mais forte foi justamente a que retiraram da pesquisa. O Datafolha fez ac partir dos 10 anos e deu uma diferença de 8 a 16 milhões sobre o segundo colocado, o Corínthians. O Instituto da Argentina deu mais de 40 milhões pro Flamengo. Ou seja, sua matéria não tem a menor credibilidade quando começa ja tentando diminuir a torcida do Flamengo. Sou flamenguista e não participei do Senso, assim como a maior parte do país. Se em Pernambuco o índice do Flamengo é menor, comparando a sua torcidinha insignificante no Rio é piada………. não acha 1 mísero torcedor desse timeco lixo de segunda aqui. Pode vasculhar o estado todo.kkkk

  4. Bom dia!
    O meu recado vai para os recalcados. O Futebol do NORDESTE é tão FORTE, que apenas um (01) clube ganhou um BRASILEIRO DA PRIMEIRA DIVISÃO de fato e de DIREITO. O BAHIA
    Sou VASCÃO, odeio o FLAMENGO, mas o CAMPEÃO DE 87 FOI O FLAMENGO. Jogou e venceu do Santos, S.Paulo, Timão, Botafogo, Fluminense, Cruzeiro, Galo,Vasco, etc. Já o SPORT de MERDA jogou e venceu, Guarani, CRB, treze, campinense, ibis, batata doce FC, Cenoura FC, Tomate FC. FALA SÉRIOOOOOOOOOOOOOOOO FUTEBOL É COISA SÉRIA, DOA A QUEM DOER.

  5. Bahia, vergonha nacional, e ainda dizem que tem time para torcer, o flamerda tem expressiva torcida na BA. Já o jahia, coitado!!! Fica aí na segunda divisão que é o teu lugar. Time sem expressão tem que conviver com segunda e terceira divisões.

  6. Quanto mais sertão o estado NE tem, mais a influência das TVs Parabólicas predomina,onde só passa jogos dos times de Rio-São Paulo,temos que acabar com o monopólio das TVs do sudeste.

  7. Aqui em PE, nós temos orgulho, valentia, e sabemos o q queremos. Temos 03 grandes clubes: Santa, Sport e Náutico. Times do sul-sudeste aq não tem vez não, e a Globo q vá a merda com esses times merdas do Rio. Aq é pau e nossos times são os maiores… É Pernambuuuccoooo!!!

  8. Aqui em Pernambuco somos SPORT, pra quem torce para o leãozinho claro, mas o que quero dizer é que graças ao ex-presidente do Flalixo Márcio Brega, quem torcia para o SPORT e também gostava do Flamer…. deixou de gostar desde 87, pior pra eles, porque nossa torcida cresce exponencialmente no NE, enquanto eles,….kkkkkkkkkkkkkkk

  9. Vocês não tem nenhum time para torcer,times fracos.Predominante de segunda divisão,por favor não queiram se comparar ao bahia para tentar ser grande,porque para ser grande necessita de pelo mens 1 campeonato brasileiro da serie A e infelizmente ninguem aí conseguiu.BBMP!!!

  10. Vamos parabenizar ao presidente do Salgueiro, pois acreditou em um projeto que deu certo. Com certeza no sertão, a maioria das pessoas torcia para times de fora, por causa do televisionamento através das parabólicas durante muito tempo. Hoje, com o time de Salgueiro fazendo boas campanhas, a população local tem um time, que pode ver pelo menos uma vez por semana e que já levou grandes clubes de fora pra lá, como Internacional e o próprio Flamengo.

  11. Aqui tem time!!! Unico time que respeito no Rio (estado com o futebol mais defasado do Brasil) é o vasco, o resto é tudo merda!

  12. Passei mais de 20 anos morando no Recife, atualmente moro em Olinda, não conheci 1 flamenguista, nem em Recife nem em Olinda.

  13. Sou cearense e aqui esse time os times locais são os maiores, inclusive meu time (Fortaleza) irá jogar com eles quarta e seremos a maioria…

  14. Parabéns Pernambuco!

    AAD Vitória
    América FC
    Belo Jardim Futebol Clube – Campeão da Sub 23
    CA do Porto
    CA Pernambucano
    Central SC
    Clube Náutico Capibaribe
    Pesqueira FC
    Salgueiro AC
    Santa Cruz FC
    Serra Talhada Futebol Clube
    Sport Clube do Recife
    Afogadense FC
    AD Cabense
    AD Jaboatão dos Guararapes – Jaguar
    SE Ypiranga FC
    Vera Cruz Futebol Clube – Stº Antão
    Carpina SC
    Centro Limoeirense
    Chá Grande FC
    Ferroviário EC – Cabo
    Ibis SC
    Ipojuca Atlético Clube
    Olinda FC
    Petrolina FC
    Araripina FC
    Sete de Setembro EC
    Timbaúba Futebol Clube

  15. Bahia tem a maior torcida, entre os clubes nordestinos. Veja a última pesquisa, q mostra Bahia a frente até de Botafogo, fluminense e do Sport.

  16. É obvio, se em PE Somos a maioria e por tabela ODIAMOS o FLAM.., então é mais que certo o desprezo pelo FLAGLOBO. Temos times pra Torcer! Avante Pernambuco! PST!

  17. E o 0,87% em PE foi uma daquelas ironias do futebol.

    Justo no estado em que perde, perde com esse número simbólico. Ou seja, perde duas vezes kkkkk.

  18. Esse caso da Bahia, ela tem 15 mi de hab e Pernambuco 9 mi.
    Eu pensava que a torcida do ECBahia era esorbitantemente maior maior que as torcidas de Santa e Sport, mas não. Concorre de igual pra igual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>