A distribuição dos milhões das cotas de televisão nas Séries A e B de 2017

As cotas de TV do Campeonato Brasileiro da Série A em 2017. Arte: Cassio Zirpoli/DP

A volta de Vasco e Bahia, tendo como contrapartida, entre os cotistas, a queda do Inter, impulsionou a receita com televisão do Brasileiro de 2017 (acima). Ao todo, considerando apenas a cota fixa, pay-per-view à parte, a Série A irá distribuir quase R$ 1,3 bilhão. De maneira bem desigual, como se sabe. Apenas Fla e Timão representam 26,2%. São sete subdivisões, com a última reservada aos aos clubes sem contratos para o triênio 2016-2018 – a Rede Globo, detentora dos direitos assinou com apenas 18, independentemente da divisão.

Entre os cotistas está o Sport, com contratos do tipo desde 1997. Já o Santa Cruz, que em 2016 ganhou R$ 23 milhões pela participação na elite, volta à segunda divisão ganhando o mesmo que outros 18 times não-cotistas. Ou seja, R$ 5 milhões. Uma queda de 78%! Se os corais devem ter dificuldades financeiras, o Colorado, rebaixado pela primeira vez em sua história, mantém o montante recebido na primeira divisão (presente na 5ª subdivisão criada pela emissora responsável). Por sinal, o clube gaúcho, sozinho, representa 32,4% de toda a verba a ser repassada aos vinte times da segundona de 2017 (abaixo).

2017 (contrato 2016-2018)
Série A – R$ 1,297 bilhão (com 16 cotistas e 4 não-cotistas)
Série B – R$ 185 milhões (com 2 cotistas e 18 não-cotistas)
A segunda divisão representa 14,2% da primeirona 

2016 (contrato 2016-2018)
Série A – R$ 1,240 bilhão (com 15 cotistas e 5 não-cotistas)
Série B – R$ 255 milhões (com 3 cotistas e 17 não-cotistas)
A segunda divisão representa 20,5% da primeirona

2015 (contrato 2012-2015)
Série A – R$ 923 milhões (com 15 cotistas e 5 não cotistas)
Série B – R$ 150 milhões (com 3 cotistas e 17 não-cotistas)
A segunda divisão representa 16,2% da primeirona

Essa situação, sem amparo financeiro aos rebaixados, vai continuar até 2018, no último ano do contrato vigente. A partir de 2019, entram em vigor dois acordos distintos, um com a Globo (tevês aberta e fechada, PPV, sinal internacional e internet) e outro com o Esporte Interativo (tevê fechada), com períodos até 2024. Neste caso, alvirrubros e tricolores já têm contratos firmados com a Globo – espera-se verbas maiores em caso de campanhas na Série B.

Lembrando que esse levantamento apresentado pelo blog se refere apenas às cotas fixas. Ainda há o rateio de meio bilhão de reais no PPV, através do Premiere, calculado de acordo com o número de assinantes apurado em pesquisa do Datafolha, ampliando a disparidade. Em 2015, o Sport, com 1,4% dos assinantes, ganhou R$ 6,75 milhões. O Fla, com 19,2%, recebeu R$ 68 mi.

As cotas de TV do Campeonato Brasileiro da Série B em 2017. Arte: Cassio Zirpoli/DP

15 thoughts on “A distribuição dos milhões das cotas de televisão nas Séries A e B de 2017

  1. Se tivesse fair play finaceiro no Brasil, clubes do eixo como Flamengo, Vasco, Palmeiras, Botafogo, Fluminense, Corinthians cairiam com muita frequência.

  2. Caramba, que divisão ridícula, totalmente tendenciosa para os 12 maiores.
    Agora imagina um campeonato de 6 clubes em que metade ganha R$ 1 milhão e a outra metade ganha R$ 120 mil? chama-se campeonato pernambucano e os finalistas tem essa diferença de cota de TV.

  3. Nos Estados Unidos o Baseball perdeu inumeros fãs para o Futebol Americano, que passou a ser o esporte mais popular dos EUA.

    pq isso aconteceu, pq cada estado do país pode montar um time pra chegar ao título, aumenta a competitividade e torcedores e amantes do esporte se multiplicam e valorizam as marcas e valores dos patrocinios.

    No campeonato ingles 50% da cota é dividida igualmente, o restante entra o fator merecimento: Ultima posição no campeonato, e vendas do PPV.

    OU seja, os maiores continuariam ganhando mais. Mas o equilibrio, o far play financeiro existiria. pq desse jeito q esta e vai se tornar, o futebol brasileiro caminha pra um esporte de cartas marcadas.

  4. Segundo a previsão orçamentária publicadas pelo Vasco, o valor de direito c/ trasmissão de Jogos é de 138 milhões. Acho que precisa atualizar isso aí

  5. Parem com essa utopia de cotas igualitárias. Não faz sentido NENHUM o Flamengo receber o mesmo que o Santa Cruz, o Sport receber o mesmo que o Corinthians, o Náutico receber o mesmo que o Vasco. Isso é negócio capitalista, não é assistencialismo socialista. Se vcs torcessem para os clubes do eixo Sul/Sudeste jamais tocariam nesse assunto falando que a divisão das cotas é injusta.

  6. Isso aí é a maior sacanagem do esporte brasileiro entra ano sai ano, essas planilhas comprovam que é um verdadeiro assalto a mão armada com os clubes fora do eixo como postaram aqui e ainda tem agora essas apostas online que colaboram ainda mais com a “Máfia” e ver clubes tradicionais sobrevivendo de migalhas da CBF e Globo, já deixei faz tempo de acompanhar o Brasileirão Série A não vejo jogos do Flamengo e Corinthians e afins nem pra distrair a vista é Campeonato PE e Copa NE e só!

  7. O que dá raiva é saber que os próprios dirigentes que hoje são vítimas dessa infame rede de tv, estão querendo fazer a mesma coisa com a Lampions, criando uma Série B e mantendo uns 7 times imunes ao rebaixamento, para que eles possam desfilar suas mediocridades no campo, sem o medo de ser punido com a queda de divisão.

  8. a gente pede modelo inglês – premier league – que será implantado a partir de 2019, mas o temos pra hoje?!
    é inacreditável que fluminense e botafogo que figuram com o mesmo % de torcida que Sport, Bahia, CAP e Coritiba ganhem quase o dobro que estes. já que a suposta “superioridade” de torcida é o argumento usado pela detentora dos direitos de transmissão para essa divisão tão esdrúxula! conheço meio mundo de gente no NE, CO e até no N que preferem ver SPO ou BAH a FLU ou BOT. cambalacho dos brabos para manter a “superioridade” dos 12 “gigantes” do futebol nacional. assim não dá. sugiro aos torcedores dos demais clubes que tomem vergonha na cara e parem de assistir os jogos destes clubes protegidos. não vivo de futebol e tenho certeza que a maioria também não, assim podemos “nos das ao luxo” de ficar sem ver futebol no fds se a tv passar apenas flamengo, Corinthians, vasco, fluminense… vão ao parque aproveitar nossas famílias que é melhor.

  9. Todo ano é a mesma coisa! Não acredito que ainda estão discutindo isso. Todos sabem que o futebol é assim mesmo, injusto e desigual. Acompanha quem quer. E quando um clube que ganha 20 vezes menos e ainda consegue montar uma equipe diferenciada, a arbitragem trata de colocá-lo no seu devido lugar. Quem quiser que continue acompanhando esse esporte decadente e de ilusões. Prefiro a luta livre (pelo menos já sabemos que é tudo combinado). Enquanto o futebol não evoluir e se tornar um esporte sem arrumadinhos, máfias e desigualdades não dá pra continuar acompanhando! Falou aqui, um ex-iludido.

  10. Realmente é bastante desigual e errado essa forma de divisão, deveria ser um modelo semelhante ao campeonato inglês. Porém antes de abrirmos a boca pra resolver essa questão de âmbito nacional, temos que dar o exemplo “dentro de casa”, pois o que acontece lá fora, acontece do mesmo jeito no campeonato estadual, onde os 3 grandes recebem muito mais que os outros.

  11. Se eu fosse o presidente do Santa Cruz fechava com o Esporte Interativo por 10 milhões na série B. E não deixava a Globo transmitir nenhum jogo do Santa Cruz. Isso é uma tremenda da sacanagem o Santa Cruz é clube de massa não pode se equipara a Oeste, Boa Esporte e outros ai. É por isso que o clube esta lascado, ninguém briga nem político, nem dirigente e nada.

  12. Até 100 milhões, briga pra ser campeão, a não ser que tenha político envolvido com a direção, pois daí, já sabe né; de 80 a 60 milhões, pode se candidatar como zebra, abaixo disso, é tudo bobo da corte, ou seja, estão aí pra fazer palhaçada pros outros sorri.

  13. tenho absoluta certeza de que é no mínimo um assalto a mão armada, pois vejo que tudo conspira contra os nordestino. É fato que a idea deles e nos extinguir do futebol pois incomodamos muito !! pq nos não organizamos e fazemos com que não transmita mas os jogos dos clubes do noredeste.é no mínino revoltante.Se liga nordeste abre os olhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>