Classificação da Série A 2017 – 10ª rodada

A classificação da 10ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

Em jogo isolado no sábado, o Sport venceu o Santos e subiu provisoriamente para a 12ª colocação. Com o desfecho da 10ª rodada do Brasileirão, o leão acabou na 15ª posição, saindo da incômoda zona de rebaixamento. Equalizou a tabela (5 jogos como mandante e 5 jogos como visitante) com um desempenho surpreendente em Belo Horizonte e na Baixada Santista.

No principal jogo da rodada, em Porto Alegre, a briga entre os dois primeiros lugares. E o Timão venceu o Grêmio, abrindo quatro pontos de vantagem e se mantendo como único invicto da competição. E olhe que o goleiro Cássio pegou um pênalti cobrado por Luan no finzinho. É o time a ser batido.

Resultados da 10ª rodada
Santos 0 x 1 Sport
Vasco 1 x 0 Atlético-GO
Atlético-PR 4 x 1 Vitória
Cruzeiro 2 x 0 Coritiba
Grêmio 0 x 1 Corinthians
São Paulo 1 x 1 Fluminense
Ponte Preta 1 x 2 Palmeiras
Bahia 0 x 1 Flamengo
Chapecoense 0 x 1 Atlético-MG
Botafogo 0 x 2 Avaí 

Balanço da 10ª rodada
3V dos mandantes (9 GP), 1E e 6V dos visitantes (10 GP)

Agenda da 11ª rodada
01/07 (16h00) – Palmeiras x Grêmio (Pacaembu)
01/07 (19h00) – Atlético-GO x Santos (Olímpico)
02/07 (16h00) – Vitória x Bahia (Barradão)
02/07 (16h00) – Corinthians x Botafogo (Arena Corinthians)
02/07 (16h00) – Flamengo x São Paulo (Luso Brasileiro)
02/07 (16h00) – Atlético-MG x Cruzeiro (Independência)
02/07 (16h00) – Sport x Atlético-PR (Ilha do Retiro)
02/07 (19h00) – Avaí x Ponte Preta (Ressacada)
02/07 (19h00) – Coritiba x Vasco (Couto Pereira)
03/07 (20h00) – Fluminense x Chapecoense (Giulite Coutinho)

Histórico de Sport x Atlético-PR no Recife, pelo Brasileiro (14 jogos):
7 vitórias leoninas, 6 empates e 1 derrota

Diego Souza entra na Seleção Brasileira no game Pro Evolution Soccer 2018

Diego Souza no game PES 2018. Crédito: reprodução

A versão “2018″ da franquia Pro Evolution Soccer chega ao mercado em 29 de setembro. Além do trailer oficial do game, com o Barcelona estampando a capa, começaram a vazar os novos visuais dos atletas. Neste vídeo, as faces digitalizadas de dez jogadores licenciados da Seleção Brasileira. A lista conta com DS87, com quatro jogos na Canarinha em 2017.

Pela ordem no vídeo: Ederson (goleiro, Manchester City), Gil (zagueiro, Shandong Luneng), Thiago Silva (zagueiro, PSG), Fagner (lateral-direito, Corinthians), Fernandinho (volante, Manchester City), Giuliano (meia, Zenit), Diego Souza (meia-atacante, Sport), Willian (meia, Chelsea), Douglas Costa (meia-atacante, Bayern de Munique) e Firmino (atacante, Liverpool).

Achou parecido? DS deve ter força 79. 
Gabriel Jesus e Neymar são os destaques, com 82 e 92, respectivamente.

O novo jogo produzido pela Konami chega às mesmas plataformas do PES 2017, com Playstation 4, Playstation 3, Xbox One, Xbox 360 e PC.

Como chegam Salgueiro e Sport à final do Estadual, 52 dias depois do jogo de ida

O troféu do Estadual 2017 exposto no município de Salgueiro. Foto: Salgueiro/facebook (@soucarcara)

O jogo de ida da final do Estadual, um empate em 1 x 1, aconteceu em 7 de maio. Já ali havia atraso, com os principais campeonatos regionais utilizando o dia para a volta. Pela falta de datas no calendário local, a segunda partida entre Salgueiro e Sport foi remarcada para 18 de junho. Posteriormente, a CBF vetou o dia, mantendo a data para as competições originais (Séries A e C). Agora, com uma folguinha mínima, devido à queda leonina na Copa do Brasil, vem a realização do jogo final, quase ‘perdido’ em 2017.

Para se ter uma ideia, o troféu de campeão está exposto no município sertanejo desde 5 de junho. Três semanas depois, finalmente a peça dourada será entregue a um clube. Nesses 52 dias, ocorreram 21 jogos envolvendo Salgueiro (7) e Sport (14) em outros torneios oficiais. Rendimentos abaixo da média, naturalmente devido ao maior nível técnico à parte do Pernambucano. No carcará, bronca com contratos expirados – e refeitos às pressas apenas para a decisão. No leão, técnico novo, de novo. Curiosamente, Luxemburgo trabalhará em apenas um jogo do Estadual, justamente o último. Com ambos os clubes pressionados no Brasileiro, o foco é outro problema…

Jogos do Salgueiro entre as finais do Estadual
15/05 – Confiança 2 x 1 Salgueiro (Série C, 1ª rodada)
21/05 – Salgueiro 2 x 0 Moto Club (Série C, 2ª rodada)
27/05 – Salgueiro 1 x 2 Fortaleza (Série C, 3ª rodada)
04/06 – Botafogo 1 x 0 Salgueiro (Série C, 4ª rodada)
11/06 – ASA 1 x 1 Salgueiro (Série C, 5ª rodada)
18/06 – Salgueiro 1 x 1 Cuiabá (Série C, 6ª rodada)
24/06 – Sampaio Corrêa 1 x 0 Salgueiro (Série C, 7ª rodada)

7 jogos; 1 vitória, 2 empates e 4 derrotas; 6 GP e 8 GP
23.8% de aproveitamento

10º lugar (lanterna) do grupo A da Série C. Está na zona de rebaixamento

Jogos do Sport entre as finais do Estadual
11/05 – Danubio (2) 3  x 0 (4) Sport (Sul-Americana, 1ª fase, volta)
14/05 – Ponte Preta 4 x 0 Sport (Série A, 1ª rodada)
17/05 – Sport 1 x 1 Bahia (Nordestão, final, ida)
21/05 – Sport 1 x 1 Cruzeiro (Série A, 2ª rodada)
24/05 – Bahia 1 x 0 Sport (Nordestão, final, volta)
28/05 – Sport 4 x 3 Grêmio (Série A, 3ª rodada)
31/05 – Sport 1 x 1 Botafogo (Copa do Brasil, oitavas, volta)
04/06 – Avaí 1 x 0 Sport (Série A, 4ª rodada)
07/06 – Sport 2 x 0 Flamengo (Série A, 5ª rodada)
10/06 – Vasco 2 x 1 Sport (Série A, 6ª rodada)
14/06 – Sport 0 x 0 São Paulo (Série A, 7ª rodada)
18/06 – Sport 1 x 3 Vitória (Série A, 8ª rodada)
21/06 – Atlético-MG 2 x 2 Sport (Série A, 9ª rodada)
24/06 – Santos 0 x 1 Sport (Série A, 10ª rodada)

14 jogos; 3 vitórias, 5 empates e 6 derrotas; 14 GP e 22 GC
33.3%  de aproveitamento

Classificado à 2ª fase da Sul-Americana (nos pênaltis)
Vice-campeão da Copa do Nordeste
Eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil
15º lugar na Série A. Fora da zona de rebaixamento

No Cornélio de Barros, o Salgueiro recebe a primeira decisão do Estadual no interior

Estádio Cornélio de Barros em junho de 2017. Foto: Salgueiro/facebook (@soucarcara)

O Campeonato Pernambucano de 2017 já está marcado como um dos mais desorganizados da história, com inúmeros palcos vetados no interior, formações reservas em campo e falta de datas. Entre os dois jogos da final, um hiato inacreditável de 52 dias. Após uma longa costura, que envolveu até a Conmebol, devido ao jogo dos rubro-negros pela Copa Sul-Americana, finalmente chegou o momento da decisão entre Salgueiro e Sport.

Em 28 de junho, o estádio Cornélio de Barros receberá a 69ª decisão em 103 edições, após o 1 x 1 na Ilha. É a primeira vez que o jogo final ocorre fora do Grande Recife – o próprio estádio salgueirense havia recebido a ida de 2015. Vale lembrar que Sport e Santa deram voltas olímpicas em Caruaru (1997) e Petrolina (2005), mas em conquistas de forma antecipada. Numa final à vera, teremos um cenário inédito no sertão. Com capacidade para até 12.070 espectadores, o Cornélio será o 8º estádio a receber uma final. O último palco inédito no futebol local havia sido a arena, há três temporadas.

Resta saber se veremos também o primeiro campeão do interior…
Quanto ao Sport, vai pelo 41º título, tentando ampliar o recorde…

Eis os palcos de todas as finais do Pernambucano de 1915 a 2016:

Ilha do Retiro (28)
Sport (15, com 52%) – 1948, 1961, 1962, 1981, 1988, 1991, 1992, 1994, 1996, 1998, 1999, 2000, 2003, 2006 e 2010
Santa Cruz (10, com 35%) – 1940, 1946, 1957, 1971, 1973, 1986, 1987, 2012, 2013 e 2016
Náutico (2, com 7%) – 1954 e 1965
América (1, com 3%) – 1944

Arruda (16)
Santa Cruz (8, com 50%) – 1970, 1976, 1983, 1990, 1993, 1995, 2011 e 2015
Náutico (6, com 37%) – 1984, 1985, 1989, 2001, 2002 e 2004
Sport (2, com 12%) – 1977 e 1980

Aflitos (15)
Náutico (7, com 46%) -1950, 1951, 1960, 1963, 1966, 1968 e 1974
Sport (5, com 33%) – 1917, 1949, 1953, 1955 e 1975
Santa Cruz (3, com 20%) – 1947, 1959, 1969

Avenida Malaquias (3)
América (1, com 33%) – 1921
Santa Cruz (1, com 33%) – 1932
Náutico (1, com 33%) – 1934

Jaqueira (3)
Santa Cruz (2, com 66%) – 1933 e 1935
Sport (1, com 33%) – 1920

British Club (2)
Flamengo (1, com 50%) – 1915
Sport (1, com 50%) – 1916

Arena Pernambuco (1)
Sport (1, com 100%) – 2014