Classificação da Série B 2017 – 14ª rodada

A classificação da 14ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesportes

No sábado, encerrando a 14ª rodada da segundona, o empate no Clássico das Emoções foi ruim para os dois times. No caso do Santa Cruz, mais pelo futebol apresentado diante do lanterna, pois em termos de classificação a diferença para o G4 até diminuiu, de 5 para 4 pontos. Na tabela, porém, caiu uma posição, do 9º para o 10º lugar. No Náutico, ainda na última colocação, a diferença para o 16º colocado aumentou de 8 para 10 pontos. Preocupante demais. A Série B volta na terça-feira, com mais uma rodada cheia, iniciando a sequência de dois jogos em casa do tricolor e de dois jogos fora do alvirrubro.

Na liderança, mudança. Com a derrota do Juventude, apenas a segunda, o Guarani se aproveitou para tomar a dianteira. Ambos estavam na C em 2016.

Resultados da 14ª rodada
Brasil 1 x 2 Figueirense
Oeste 2 x 0 Paraná
Criciúma 1 x 0 Goiás
Náutico 0 x 0 Santa Cruz
Vila Nova 1 x 2 Paysandu
América 0 x 0 Guarani
CRB 2 x 0 Internacional
Ceará 2 x 0 Juventude
Londrina 2 x 2 Boa
Luverdense 1 x 0 ABC 

Balanço da 14ª rodada
5V dos mandantes (12 GP), 3E e 2V dos visitantes (6 GP)

Agenda da 15ª rodada
18/07 (19h15) – Figueirense x Oeste (Orlando Scarpelli)
18/07 (19h15) – Juventude x CRB (Alfredo Jaconi)
18/07 (19h15) – Paraná x Brasil (Durival Britto)
18/07 (19h15) – Paysandu x Náutico (Mangueirão)
18/07 (20h30) – ABC x América (Frasqueirão)
18/07 (20h30) – Santa Cruz x Vila Nova (Arena Pernambuco)
18/07 (20h30) – Goiás x Londrina (Serra Durada)
18/07 (20h30) – Guarani x Ceará (Brinco de Ouro)
18/07 (21h30) – Boa x Criciúma (Dilzon Melo)
18/07 (21h30) – Internacional x Luverdense (Beira-Rio)

3 thoughts on “Classificação da Série B 2017 – 14ª rodada

  1. Complemento do post

    Evolução das campanhas pernambucanas na Série B 2017

    Náutico
    1ª rodada – 11º lugar (1 ponto)
    2ª rodada – 19º lugar (1 ponto)
    3ª rodada – 19º lugar (1 ponto)
    4ª rodada – 20º lugar (1 ponto)
    5ª rodada – 19º lugar (2 pontos)
    6ª rodada – 20º lugar (2 pontos)
    7ª rodada – 20º lugar (2 pontos)
    8ª rodada – 20º lugar (2 pontos)
    9ª rodada – 20º lugar (2 pontos)
    10ª rodada – 20º lugar (2 pontos)
    11ª rodada – 20º lugar (2 pontos)
    12ª rodada – 20º lugar (5 pontos)
    13ª rodada – 20º lugar (6 pontos)
    14ª rodada – 20º lugar (7 pontos)

    Santa Cruz
    1ª rodada – 5º lugar (3 pontos)
    2ª rodada – 2º lugar (6 pontos)
    3ª rodada – 6º lugar (6 pontos)
    4ª rodada – 2º lugar (9 pontos)
    5ª rodada – 4º lugar (9 pontos)
    6ª rodada – 7º lugar (9 pontos)
    7ª rodada – 4º lugar (12 pontos)
    8ª rodada – 4º lugar (13 pontos)
    9ª rodada – 7º lugar (13 pontos)
    10ª rodada – 8º lugar (14 pontos)
    11ª rodada – 12º lugar (14 pontos)
    12ª rodada – 7º lugar (17 pontos)
    13ª rodada – 9º lugar (18 pontos)
    14ª rodada – 10º lugar (19 pontos)

  2. Beto Campos faz de tudo para salvar seu emprego e não a queda do Náutico. Infelizmente é isso que se conclui das suas escalações. Senão vejamos: Empate para o Náutico a essa altura do campeonato tem o mesmo significado de derrota, ou seja, qualquer tentativa de jogar com um sistema de jogo que não privilegie o ataque não serve para absolutamente nada, é uma questão de tempo e estaremos matematicamente rebaixados bem antes do tempo. Pois bem, no jogo de ontem contra o Santa Cruz muito desfalcado, tínhamos tudo para ganhar 3 pontos. Tínhamos, porque Campos medroso deixou o mais novo dos contratados Diego Miranda diga-se de passagem um ótimo jogador no banco preferindo escalar Ávila para fazer o que? AJUADAR NA MARCAÇÃO. Se não bastasse isso, cometeu mais um erro gravíssimo ao escalar o pior atacante(se é que se pode chamar assim) que já jogou na história timbú chamado de Allison. Resumo é que o time jogou com dez. Sem meio de campo, só com o coitado de Geovani e só melhorou no segundo tempo porque o Santa cansou e também pela entrada de Diego Miranda.
    Próximo jogo ele provavelmente não terá Geovani mais terá a volta de Gilmar e Bruno Mota. Para Campos isso ao invés de ser uma ótima solução será um grande problema pois na cabecinha de jênio(com j mesmo) dele Diego e Bruno não podem jogar juntos pois tem o estilo de jogo parecidos. Ai eu quero ver ele ter peito para tirar Gilmar ou Erick do time. Para Campos com essa situação criada só tem um jeito: Apelar para o departamento médico do clube tirar Bruno Mota ou Gilmar do jogo. Lamentável.

  3. Se a diferença para o G4 é só de 4 pontos, para o Z4 é de 3 hahaha o santinha tá Chegando

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>