Forbes aponta os 50 clubes mais valiosos das Américas, com o Sport em 46º lugar

Os clubes brasileiros mais valiosos nas Américas, em 2017 e 2016, segundo a Forbes. Arte: Cassio Zirpoli/DP

Os clubes brasileiros presentes nas últimas duas listas da Forbes

Texto atualizado após a retificação da Forbes, em 04/10

A revista Forbes é uma das mais conceituadas em economia no mundo e, vez ou outra, costuma aventurar-se no âmbito esportivo. Em 2017, publicou a atualização de sua lista voltada para o futebol das Américas. A versão mexicana da revista divulgou o ranking com os 50 clubes mais valiosos nos três continentes, numa pesquisa a partir das 15 principais ligas nacionais, totalizando mais de 150 times. Mais uma vez, o Sport figura no ranking.

Segundo a revista, “o ranking considera três fatores: o valor da equipe (apenas os jogadores que pertencem ao clube, sem os atletas emprestados), o valor da marca e o custo do estádio (caso seja particular)”.

Número de clubes por país
12 – Brasil e México
10 – Estados Unidos
7 – Argentina
3 – Canadá e Equador
2 – Chile
1 – Colômbia e Peru

Fazendo valer a maior economia do mundo, a Major League Soccer mostra força. Além da maior média de público, acima de 21 mil torcedores, conta com 13 clubes no estudo, sendo dez norte-americanos e três canadenses, que também jogam a MLS, como ocorre na NBA. Em seguida vem o vizinho México, com leve aumento, passando de 11 para 12. Empatado com o Brasil, que fez o caminho inverso, caindo de 13 para 12 clubes – quadro detalhado acima. Inicialmente, a revista publicou a lista com 11 brasileiros, excluindo o Palmeiras. Como dito na primeira versão deste texto, não fazia sentido a ausência, ainda mais no ano em que o alviverde foi o campeão da Série A. A Forbes reconheceu o ‘esquecimento’ e pôs o clube em 2º lugar de novo.

O rival Corinthians segue líder, já se aproximando da marca de R$ 2 bilhões. Segundo a publicação, pesou o novo contrato com a Nike, de 145 milhões de dólares, até 2022, tanto que o clube é o 16º no mundo. Já o Sport, assim como na lista de 2016, ficou no top 50. Até melhorou a colocação, ganhando quatro posições, firmando-se em 46º. Contudo, a projeção ficou mais modesta, de US$ 51,4 milhões para 43,2 mi. A Forbes não detalhou a sua análise sobre o leão pernambucano – aliás, só comentou os dez primeiros. No Nordeste, o clube só aparece atrás do Vitória – novidade este ano.

Abaixo, os 51 clubes listados, com os valores em dólar, a moeda utilizada pela revista, e em real, com a cotação de 3 de outubro (R$ 3,11 = US$ 1,00).

Confira o ranking de marcas da consultoria BDO com 40 times brasileiros aqui.

Os 50 clubes mais valiosos nas Américas em 2017, segundo a Forbes. Arte: Cassio Zirpoli/DP

9 thoughts on “Forbes aponta os 50 clubes mais valiosos das Américas, com o Sport em 46º lugar

  1. O que aconteceu com Atlético/PR e América/MG(25º e 45º respectivamente em 2016 SUMIRAM)????? Forbes “tem credibilidade”, continua sendo uma análise superficial e fajuta na minha opinião!

  2. Sou pernambucano e concordo com o Júnior. Isso é especialmente verdade em se tratando de torcedores da cachorra de peruca do mangue fétido (vide AlineC e Domingos)

  3. Porra cara, só o Ct do Vitória tem uns 8 campos. Único dia Nordeste com sua marca na Liga NBB e o primeiro clube nordestino com patrocínio da Caixa.
    Essa lista não é novidade..

  4. Olha, não deixa de ser curioso: notou que o Santos tem 2/3 do valor do Santos Laguna? Liga MX há anos luz de nós…

  5. O FOLCLORICO Bandeirnha de Melo e o TREINECO Ruedinha numa alegria ARRETADA: sabedores de que se a MACAQUINHA arranjasse o LEAO, o assombroso destino seria passar, ,pelo menos, 12 DIAS NO CABARE. O ARUBU.recebeu ordens para ABRIR OS CAMBITOS.

  6. O SOTEROPOLITANO VIctoria, a zebrinha da relação. LE UNIQUE DE 87, de novo, O PAPAI DO PEDACO!

  7. AS COLETIVIDADES DA sarna crui E DA barbie hexapinico, DESDE AAS PRIMEIRAS CACETADAS SOLARES, procurando a posição de seus CLUBECOS, em vão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>