A premiação do Brasileirão de 2017 vai do campeão ao 16º colocado. Basta não cair

A premiação oficial do Campeonato Brasileiro de 2017. Crédito: CBF/site oficial

A premiação oficial do Campeonato Brasileiro registrou um aumento de apenas 6% entre 2016 e 2017. Passou de R$ 60,0 milhões para R$ 63,7 milhões (quadro acima). Causa surpresa porque a Copa do Brasil, a outra competição de peso organizada pela CBF, passará a pagar, apenas ao campeão, R$ 68,7 milhões, embora já embutido o direito de transmissão, pago à parte no nacional. Portanto, fica a expectativa pela possível reformulação financeira da Série A na próxima temporada – ou em 2019, quando será iniciado o novo acordo com a tevê. Acompanhará essa linha?

Em 2017, como vem acontecendo há alguns anos, todos os times que permanecem na elite são premiados. Repassada pela CBF e bancada pela Rede Globo, a detentora dos direitos de transmissão da competição (de forma exclusiva até 2018), a premiação contempla a classificação final do 1º lugar até o 16º, o primeiro time acima da zona de rebaixamento. Ou seja, uma campanha mediana que evite a queda já garante um aporte de R$ 744 mil em dezembro, com a evolução gradativa colocação por colocação.

A evolução da premiação total da Série A
2010/2011: 0% 
2011/2012: +7,1%
2012/2013: 0%
2013/2014: 0%
2014/2015: +19,3%
2015/2016: +67,5%
2016/2017: +6,3%

Os seis primeiros lugares (consequentemente, os classificados à próxima Taça Libertadores, considerando a composição “G6″) recebem 77,9% de toda a premiação (ou R$ 49,6 mi). O grande campeão nacional de 2016 receberá R$ 1 milhão a mais que o Palmeiras, o vencedor da última competição.

Os clubes nordestinos que receberam premiações
2010 – Ceará/12º (R$ 1 milhão)
2011 – Bahia/14º (R$ 1 milhão)
2012 – Náutico/12º (R$ 500 mil) e Bahia/15º (R$ 200 mil)
2013 – Vitória/5º (R$ 1,4 milhão) e Bahia/12º (R$ 500 mil)
2014 – Sport/11º (R$ 600 mil)
2015 – Sport/6º (R$ 1,4 milhão)
2016 – Sport/14º (R$ 900 mil) e Vitória/16º (R$ 700 mil)

Confira todas as premiações do Brasileirão de 2010 a 2016 clicando aqui.

3 thoughts on “A premiação do Brasileirão de 2017 vai do campeão ao 16º colocado. Basta não cair

  1. É inacreditável mais é verdade Roberto Pardal Fernandes faz das tripas coração para barrar Bruno Mota o cara que sozinho vem fazendo todos os gols do Náutico e ainda por cima jogando bem. Pardal utiliza de tudo. Desde frases de efeito como a manjada que dois craques não podem jogar juntos no caso Bruno e Giovanni(mais dois cabeças de bagre podem), que Willian que fica parado como poste o jogo inteiro e nada faz é o preferido dele para centroavante etc etc etc.. Quem vê as declarações desse moço tem a nítida impressão que ele é o técnico adversário do Náutico. Aguardem BRUNO MOTA NO BANCO contra o ABC.

  2. Na SULETA, o UNIQUE DE 87 com o SACO DO LEAO já abarrotado de MUFUNFA. E lá vem mais ARAME da ELITACA pro LION. Sabedores disso, os fantásticos KUKI e BERILO – pela Barbie Hexapinico -, e os admiráveis NETINHO e ZE DAS NEVES – pela Sarna Cru -, bombardeia mm, uníssona mente, *EU TAMBEM QUERO, TAMBEM QUERO, TAMBEM QUERO…*

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>