Melhor no returno de 2017, Chapecoense leva o Troféu João Saldanha. Sport em 19º

Troféu João Saldanha, entregue pelo jornal Lance! ao 1º lugar do 2º turno da Série A. Arte: Cassio Zirpoli/DP

A história da Chapecoense é das mais impressionantes do futebol. Vítima de uma tragédia, com a morte de 71 passageiros no voo que levava o time para a final da Sul-Americana de 2016, o alviverde catarinense precisou recomeçar do zero nesta temporada. De cara, rechaçou a proposta de imunidade no Brasileirão. Brigou de igual para a igual e foi além, terminando a competição em 8º lugar. Assim, obteve uma vaga na Libertadores de 2018, graças ao excelente segundo turno, quando registrou a melhor campanha! Status confirmado aos 50 do segundo tempo do último jogo, no gol de Túlio de Melo.

Com 32 pontos, a Chape ficou empatada com o Vasco, mas levou vantagem no número de vitórias (9 x 8). Com isso, recebeu o Troféu João Saldanha, instituído pelo jornal Lance! há 15 anos. É a primeira vez que um clube fora do eixo SP-RJ-MG-RS leva a taça simbólica. Considerando o torneio com 38 rodadas, desde 2006, esta foi a pontuação mais baixa, mostrando o equilíbrio – tanto que o Cruzeiro, em 6º no returno, ficou a apenas dois pontos.

Em sete anos o campeão do 2º turno não ganhou a Série A: Inter 2005 (Corinthians), Cruzeiro 2009 (Fla), Grêmio 2010 (Flu), Fluminense 2011 (Corinthians), São Paulo 2012 (Flu), Corinthians 2014 (Cruzeiro). e Chape  2017 (Corinthians). Quanto ao Sport, a derrocada quase resultou no rebaixamento. Escapou graças às três vitórias nas últimas três rodadas. Ainda assim, o leão ficou em penúltimo no recorte, a 15 pontos da Chapecoense…

Troféu João Saldanha (2º turno da Série A)
2003 – Cruzeiro, 53 pontos
2004 – Santos, 48 pts
2005 – Internacional, 44 pontos
2006 – São Paulo, 40 pts (Santa Cruz 20º lugar, 10 pontos)
2007 – São Paulo, 38 pts (Náutico 8º, 29 pts; Sport 14º, 24 pts)
2008 – São Paulo, 42 pts (Sport 11º, 25 pts; Náutico 13º, 23 pts)
2009 – Cruzeiro, 40 pts (Náutico 18º, 20 pts; Sport 20º, 18 pts)
2010 – Grêmio, 43 pts
2011 – Fluminense, 38 pts
2012 – São Paulo, 35 pts (Sport 10º, 26 pts; Náutico 11º, 25 pts)
2013 – Cruzeiro, 36 pts (Náutico 20º, 10 pts)
2014 – Corinthians, 37 pts (Sport 12º, 24 pts)
2015 – Corinthians, 41 pts (Sport 8º, 28 pts)
2016 – Palmeiras, 44 pts (Sport 12º, 24 pts; Santa Cruz 20º, 13 pts)
2017 – Chapecoense, 32 pts (Sport 19º, 17 pts)

Títulos do 2º turno: São Paulo (4), Cruzeiro (3), Corinthians (2), Santos (1), Inter (1), Grêmio (1), Fluminense (1), Palmeiras (1) e Chapecoense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>