Jogador do ano em 2017: Erick (Náutico), Anderson Salles (Santa) e André (Sport)

Erick (Náutico), Anderson Salles (Santa) e André (Sport) em ação em 2017. Fotos: Ricardo Fernandes/DP (Erick e Salles) e Peu Ricardo/DP (André)

Erick, Salles e André, os eleitos do blog em cada clube em 2017. Concorda?

Há 50 anos o Chelsea elege o seu melhor jogador no ano, independentemente do desempenho do time, com direito ao troféu “Player of the Year”. Uma premiação à parte de federações e confederações, que regulam competições mundo afora. Trata-se de um reconhecimento interno do clube, institucional. Na temporada 2017 o meia Eden Hazard foi o escolhido – o belga já havia sido nomeado em 2014 e 2015. Outros clubes ingleses adotam a ideia, como Manchester United e Liverpool, desde 1998 e 2002, respectivamente.

As escolhas costumam ser feitas com o engajamento da torcida, baseadas na opinião de sócios e da comissão técnica. As festas para os anúncios, com transmissões exclusivas, contam com outros prêmios, como a revelação do ano, o gol mais bonito e os novos integrantes para o “hall da fama” particular. 

No futebol pernambucano não há nada do tipo, mas ao menos vale estudar a ideia, que poderia encorpar as ações de marketing. A partir da premiação em vigor nas potências da Premier League, o blog escolheu os principais nomes alvirrubros, tricolores e rubro-negros na década vigente. Uma artilharia, um acesso, uma atuação inesquecível numa decisão, um ano regular ou mesmo o fato de ter sido a exceção num mau momento do clube. Tem de tudo. Obviamente, as três listas estão abertas a críticas e dicas de novos nomes…

Náutico
2011 – Kieza (atacante), goleador da Série B (21 gols), com acesso à elite 
2012 – Kieza (atacante), 13 gols na Série A, levando o time à Sul-Americana
2013 – Maikon Leite (atacante), único destaque em ano horrível (8 gols na A)
2014 – Vinícius (meia), titular o ano inteiro, decisivo para o vice no PE
2015 – João Ananias (volante), pilar defensivo na boa campanha na Série B
2016 – Rony (atacante), 11 gols na Série B e destaque no 5º lugar na B
2017 – Erick (atacante), estreando como profissional, fez 9 gols em 39 jogos

Santa Cruz
2011 – Tiago Cardoso (goleiro), craque do Estadual e decisivo no acesso à C
2012 – Dênis Marques (atacante), artilheiro do PE (15 gols) e da Série C (11)
2013 – Tiago Cardoso (goleiro), destaque no tri do PE e no acesso à Série B
2014 – Léo Gamalho (atacante), 32 gols marcados na temporada
2015 – João Paulo (meia), destaque no título estadual e no acesso à Série A
2016 – Keno (atacante), com velocidade, ganhou o NE e fez 10 gols na A
2017 – Anderson Salles (zagueiro), artilheiro do time (10 gols) num ano ruim

Sport
2011 – Marcelinho Paraíba (meia), o nome da campanha do acesso à elite
2012 – Hugo (meia), apesar do descenso, até recuperou o time (8 gols na A)
2013 – Marcos Aurélio (meia), 32 gols e destaque no acesso à Série A
2014 – Neto Baiano (atacante), destaque nos títulos do Nordestão e do PE
2015 – Diego Souza (meia), 9 gols e 10 assistências no 6º lugar na Série A
2016 – Diego Souza (meia), marcou 14 gols, sendo o artilheiro da Série A
2017 – André (atacante), 16 gols na Série A, o novo recorde do clube

2 thoughts on “Jogador do ano em 2017: Erick (Náutico), Anderson Salles (Santa) e André (Sport)

  1. SE O DS87 ESCAFEDER-SE PARA O SUM PAULETE – trocando, tontamente, AS DELÍCIAS E VISTA ALUCINANTE DA PRAIA DE BOA VIAGEM, pela POLUIÇÃO ATÉ NUCLEAR REINANTE EM TODAS e AS BEIRADAS DA TERRA DA pizza dormida, O MANTO 87 JÁ TERÁ DONO ABSOLUTO: o incrível e fabuloso Príncipe ANDREZITO. A87 fuzilando as metas adversárias, em 18.

  2. Complemento do post

    Os jogadores escolhidos na década atual nos três clubes ingleses citados no post.

    Chelsea (Player of the Year), desde 1967
    2011 – Petr Cech (goleiro), República Tcheca
    2012 – Juan Mata (meia), Espanha
    2013 – Juan Mata (meia), Espanha
    2014 – Hazard (atacante), Bélgica
    2015 – Hazard (atacante), Bélgica
    2016 – Willian (atacante), Brasil
    2017 – Hazard (atacante), Bélgica

    Manchester United (Sir Matt Busby Player of the Year), desde 1988
    2011 – Javier Hernández (atacante), México
    2012 – Antonio Valencia (meia), Equador
    2013 – Van Persie (atacante), Holanda
    2014 – De Gea (goleiro), Espanha
    2015 – De Gea (goleiro), Espanha
    2016 – De Gea (goleiro), Espanha
    2017 – Ander Herrera (meia), Espanha

    Liverpool (Player of the Season), desde 2002
    2011 – Lucas Leiva (volante), Brasil
    2012 – Skrtel (zagueiro), Eslováquia
    2013 – Luis Suárez (atacante), Uruguai
    2014 – Luis Suárez (atacante), Uruguai
    2015 – Philippe Coutinho (meia), Brasil
    2016 – Philippe Coutinho (meia), Brasil
    2017 – Mané (meia), Senegal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>