As cotas de TV do Pernambucano 2018 atualizadas via IGP-M: R$ 4,42 milhões

Jogos do Estadual 2018: Náutico 3 x 0 Sport, América 2 x 0 Santa Cruz, Sport 2 x 0 Pesqueira e Náutico 4 x 0 Salgueiro

Acima, algumas das partidas transmitidas no Estadual de 2018: Náutico 3 x 0 Sport (Globo NE e Premiere), América 2 x 0 Santa Cruz (Globo NE), Sport 2 x 0 Pesqueira (Premiere), Náutico 4 x 0 Salgueiro (SporTV e Premiere) 

O atual contrato de transmissão do Campeonato Pernambucano se encerra em 2018. Nesta temporada, a última das quatro negociadas, o valor total para os onze clubes chega a R$ 4,42 milhões. Trata-se da projeção a partir da correção anual, feita sob contrato, através do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M). Quando o acordo começou vigorar, em janeiro de 2015, cada grande clube da capital recebeu R$ 950 mil, somando luvas e cota fixa, enquanto os demais intermediários receberam R$ 110 mil, nos mesmos moldes. Portanto, a cada ano o valor-base do futebol é atualizado.

Através do site do Banco Central do Brasil é possível calcular a correção das últimas cotas (abaixo). De 2015 para 2016, por exemplo, o aumento acumulado foi de “11,8045%”. Neste ano, porém, houve um leve decréscimo (em relação ao valor de 2017). Somadas, as parcelas atualizadas de Náutico, Santa e Sport chegam a R$ 3.384.597 – o Madureira, citando um exemplo de contraste, recebeu R$ 4 milhões pelo campeonato carioca. Em 2019 começa a um novo contrato, já assinado e também com quatro anos de duração. Novamente com a Globo Nordeste, que manteve os direitos nas cinco plataformas (tevês aberta e fechada, pay-per-view, sinal internacional e internet). Em sinal aberto, a audiência da última edição variou de 20,9 a 41,9 pontos – acima da média nacional. Para o futuro contrato, com cotas ainda não reveladas, Náutico, Santa e Sport receberam R$ 1 milhão de luvas, cada.

Receita original da televisão/ano
Clubes grandes – R$ 700 mil (cota) + R$ 250 mil (luva)
Clubes pequenos – R$ 60 mil (cota) + R$ 50 mil (luva)

Cotas do Campeonato Pernambucano (contrato 2015-2018):

2015 (janeiro)
Grandes(3)  - R$ 950.000
Pequenos (9) – R$ 110.000
Total (12 clubes) – R$ 3.840.000

2016 (janeiro)
Grandes (3) – R$ 1.062.142 (+11,80% sobre 2015)
Pequenos (9) – R$ 122.984
Total (12 clubes) – R$ 4.293.292

2017 (janeiro)
Grandes (3) – R$ 1.132.889 (+6,6% sobre 2016 ou +19,2% sobre 2015)
Pequenos (9) – R$ 131.176
Total (12 clubes) – R$ 4.579.260

2018 (janeiro)
Grandes (3) – R$ 1.128.199 (-0,4% sobre 2017 ou +18,7% sobre 2015)
Pequenos (8) – R$ 130.633
Total (11 clubes) – R$ 4.429.661

Total de cotas, somando os repasses corrigidos (nº de participações):
R$ 4.273.230 – Náutico (4), Santa Cruz (4) e Sport (4)
R$ 494.793 – América (4), Central (4) e Salgueiro (4)
R$ 384.793 – Belo Jardim (3) e Vitória (3)
R$ 364.160 – Atlético (3) e Serra Talhada (3)
R$ 363.617 – Pesqueira (3)
R$ 261.809 – Afogados (2) e Flamengo (2)
R$ 232.984 – Porto (2)
R$ 110.000 – Vera Cruz (1) e Ypiranga (1)
Acumulado de 2015 a 2018: R$ 17.142.194

Confira as cotas de 119 times no dez principais Estaduais 2018 clicando aqui.

One thought on “As cotas de TV do Pernambucano 2018 atualizadas via IGP-M: R$ 4,42 milhões

  1. Complemento do post

    A lista de cotas por clube em cada edição.

    Em 2015:
    R$ 950.000 – Náutico, Santa Cruz e Sport
    R$ 110.000 – América, Central, Salgueiro, Atlético, Pesqueira, Porto, Serra Talhada, Vera Cruz e Ypiranga

    Em 2016:
    R$ 1.062.142 – Náutico, Santa Cruz e Sport
    R$ 122.984 – América, Central, Salgueiro, Atlético, Belo Jardim, Pesqueira, Porto, Serra Talhada e Vitória

    Em 2017:
    R$ 1.132.889 – Náutico, Santa Cruz e Sport
    R$ 131.176 – América, Central, Salgueiro, Afogados, Atlético, Belo Jardim, Flamengo, Serra Talhada e Vitória

    Em 2018:
    R$ 1.128.199 – Náutico, Santa Cruz e Sport
    R$ 130.633 – América, Central, Salgueiro, Afogados, Belo Jardim, Flamengo, Pesqueira e Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>