Os 17 grupos da Série D de 2018, com Central, Belo Jardim e Flamengo

Troféu da Série D de 2018. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A CBF apresentou o regulamento da Série D de 2018, que terá 68 clubes, dos quais três pernambucanos: Central de Caruaru, Belo Jardim e Flamengo de . Indo para a 8ª participação, o alvinegro está no grupo A7, com ASA-AL, Jacuipense-BA e Sergipe-SE. Estreante, o calango ficou no grupo A6, com Guarani de Juazeiro-CE, Imperatriz-MA e América-RN. Também estreante, o tigre do moxotó enfrentará Murici-AL, Fluminense de Feira-BA (Fla-Flu!) e Campinense-PB no grupo A8. Nos três casos, grupos complicados. Esta temporada marca a 10ª edição da quarta divisão do Campeonato Brasileiro. Até hoje, o futebol local conseguiu apenas dois acessos em 21 participações, com o Santa Cruz em 2011 e o Salgueiro em 2013.

Em relação à fórmula de disputa, a competição começa na fase de grupos grupos (abaixo, as 17 chaves), seguindo com mata-matas. Eis os detalhes…

1ª fase (grupos)
Os 68 times foram divididos em 17 grupos, com 4 times cada. As equipes jogam dentro dos respectivos grupos em ida e volta, totalizando seis rodadas. Avançam ao mata-mata os 17 líderes e os 15 melhores segundos colocados. 

2ª fase (16 avos de final)
Para a composição do chaveamento eliminatório (no fim do post), os 32 clubes classificados serão divididos em 2 blocos, com os 16 melhores líderes no ‘bloco I’ e o clube de pior campanha entre os líderes e os 15 melhores segundos colocados no ‘bloco II’. No sorteio bloco I x bloco II

3ª fase (oitavas de final)
A partir do sorteio para a segunda fase, o diagrama segue para o mata-mata seguinte, na fase oitavas de final (16 times).

4ª fase (quartas de final)
O 8 clubes classificados às quartas de final (4ª fase) formam um grupo único, o ‘bloco III’, dividido em cruzamento olímpico (1 x 8, 2 x 7, 3 x 6 e 4 x 5). A definição será a partir das campanhas, somando as três fases anteriores.

5ª fase (semifinal)
O 4 clubes classificados à semifinal (5ª fase) formam um grupo único, o ‘bloco IV’, a ser dividido em cruzamento olímpico (1 x 4 e 2 x 3). A definição será a partir das campanhas, somando as três fases anteriores.

6ª fase (final)
A única fase ‘simples’. Os vencedores da semi se enfrentam em jogos de ida e volta. O clube de melhor campanha geral joga a volta em casa.

Desempate no mata-mata
Em caso de igualdade na pontuação nos 180 minutos, 1) saldo de gols e 2) cobrança de pênaltis. Portanto, não há gol qualificado para o visitante

Acesso
Os quatro semifinalistas sobem à Série C de 2019

Os grupos da Série D de 2018. Crédito: CBF/reprodução

Os grupos da Série D de 2018. Crédito: CBF/reprodução

Os grupos da Série D de 2018. Crédito: CBF/reprodução

Os grupos da Série D de 2018. Crédito: CBF/reprodução

Os grupos da Série D de 2018. Crédito: CBF/reprodução

O diagrama das chaves eliminatórias da Série D, da 2ª fase até a 6ª fase

O diagrama da fase decisiva da Série D de 2018. Crédito: CBF/divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>