Sportur começa a decolar

SporturUma promoção para rubro-negro nenhum botar defeito.

Quem comprar o novo DVD Sport Club do Brasil no dia 12, data do lançamento do vídeo no Centro de Convenções, irá concorrer a 3 viagens pela Sportur para ver o Leão na Libertadores! :-D

A entrada da festa e o DVD sobre o título da Copa do Brasil, produzido pelo Sport, serão vendidos juntos por R$ 50. A Sportur será lançada oficialmente na mesma festa, juntamente com a camisa dourada do clube.

Acima, o logotipo da nova agência de viagens do Rubro-negro, que foi divulgado no site oficial do clube. De acordo com o vice-presidente de Marketing do Sport, Carlos Frederico, a “Sportur – Futebol e turismo” irá organizar viagens para acompanhar o time longe da Ilha do Retiro, com passagens, hospedagem e ingresso para os jogos.

O projeto irá começar na Libertadores, nos jogos no Chile e no Equador. A idéia é que a Sportur também possa trazer torcedores do clube que moram fora do estado para ver os jogos do Sport no Recife, em qualquer competição.

Saiba mais sobre a festa no site oficial do clube, clicando AQUI.

Causa e conseqüência

Roberto FernandesUma vaga na Libertadores é importante? É simplesmente o sonho de qualquer torcedor brasileiro.

Uma vaga na Copa Sul-Americana é importante? Depende do tamanho do clube…

Pelo menos foi o que disse o técnico do Náutico, Roberto Fernandes, em uma declaração de ‘mestre’ na quarta-feira, antes de viajar para a Operação Jarinu.

“Para clubes como Santos, Internacional e Atlético-MG, uma vaga na Copa Sul-Americana é apenas uma conseqüência do que se espera deles, porque são clubes que sempre entram no Brasileiro para brigar por título ou classificação à Libertadores. Não é uma exigência de suas torcidas, tanto que o Palmeiras desdenhou a competição neste ano, e Luxemburgo nem viajou para a Argentina (onde o Verdão enfrentou o Argentinos Juniors). Já para times como Náutico ou Figueirense, isso não é a conseqüência, mas sim a causa.”

Concordo com Roberto Fernandes em relação ao tratamento dado pela maioria dos times à Sul-Americana. Porém, os clubes que não dão o devido valor à copa deixam de lado uma competição importante, rentável e que mexe com a torcida.

Ontem à noite, o Inter se tornou o primeiro time brasileiro campeão. Assim, o clube gaúcho já se garantiu na edição de 2009, e ainda abriu uma vaga na Copa Sul-Americana até o 14º lugar da Série A. Isso significa que o Santos (em 14º) poderá brigar pela vaga. Essa vaga, no entanto, não seria tão importante para o Peixe, segundo Roberto Fernandes… 8-)

Brasileirão do futuro

A Série A acabará no domingo. Férias do futebol? Muitas namoradas já estão ansiosas pelo fim do Brasileirão. Mas para os mais fanáticos, o ano ainda irá se estender mais um pouco. Começará no sábado o 3º Campeonato Brasileiro Sub-20, competição organizada pela Federação Gaúcha de Futebol, com a chancela da CBF.

Conseqüentemente, o Sub-20 (com 20 clubes) será disputado no Rio Grande do Sul (até o dia 21 de dezembro). A delegação do Náutico, com 19 jogadores, embarcou no Aeroporto Internacional dos Guararapes às 11h desta quinta-feira. O time treinado por Levi Gomes (que na edição de 2007 revelou Reynaldo e Eduardo Eré) viajou com o objetivo de pelo menos passar da primeira fase.

O Timbu irá abrir a competição diante do Corinthians. O outro representante pernambucano será o Sport, que irá participar pela 1ª vez. O Leão – que terá o reforço do atacante Ciro, de 19 anos – irá estrear contra o seu rival histórico de 1987: Flamengo. Os dois primeiros colocados das 4 chaves irão avançar para as quartas-de-final. Leia o regulamento AQUI. Confira abaixo a tabela dos times pernambucanos.

Campeonato Brasileiro Sub-20Grupo 1 – Estádio Passo D’Areia (Porto Alegre)

Náutico x Corinthians (06/12, às 14h30)
Náutico x Grêmio (10/12)
Náutico x Coritiba (12/12)
Náutico x Botafogo (14/12)

Grupo 4 – Estádio Municipal Farroupilha (Alegrete)

Sport x Flamengo (07/12, às 14h30)
Sport x Internacional (11/12)
Sport x Portuguesa (13/12)
Sport x Atlético-PR (15/12)

Campeões: Internacional (2006) e Cruzeiro (2007)

Veja a tabela completa clicando AQUI.

“Bolívia 3″ – semifinal definida

San JoséLa Paz x San José

Bolívar x Real Potosí

O San José segurou o empate sem gols com o Oriente Petrolero, em Santa Cruz de la Sierra, na noite desta quarta-feira, e ficou com a última vaga da semifinal do Playoff da Bolívia, que irá apontar o 3º representante do país na Libertadores de 2009.

Classificado, o representante de Oruro (foto) irá agora para La Paz, onde enfrentará o time da casa de mesmo nome no estádio Hernando Siles, no próximo domingo.

Vale lembrar que o campeão do Playoff boliviano enfrentará o 4º lugar do Brasileirão – em janeiro – por uma vaga no grupo do Sport na Libertadores.

A vida no telão

Telão na sede, em 2001Domingo, 16h. Começa o jogo Santos x Náutico, na Vila Belmiro. Televisores ligados em todo o Recife. Onde estará o torcedor alvirrubro aqui na capital pernambucana? Em casa, nos bares, rezando…

Mas a sede timbu, como não poderia ser de outra forma, será o grande ponto de encontro dos alvirrubros, já que a diretoria do Náutico está organizando um telão para os torcedores do clube.

De acordo com o vice-presidente Administrativo do Timbu, Paulo Wanderley, a expectativa é de um público superior a 2 mil pessoas em Rosa e Silva, durante a transmissão da partida.

O bar localizado no saguão da sede terá o estoque de cerveja reforçado para o jogão no litoral paulista. O acesso ao local será aberto às 14h. “Espero apenas poder comemorar no final do jogo”, afirmou Paulinho.

A foto acima foi tirada por Gil Vicente em 8 de abril de 2001. O Náutico havia completado 100 anos no dia anterior, e por isso houve uma grande festa na sede. Naquele domingo, o Alvirrubro enfrentou o Ceará, em Fortaleza, pelo Nordestão. E a festa foi completa, com uma vitória pernambucana por 2 x 1, de virada, aos 44 minutos do 2° tempo. Quem estava naquele time? O menino Kuki, é claro.

Foto: Arquivo/DP

Semana incomum

Inter conquista a Copa Sul-AmericanaNoite de quarta-feira no Beira-Rio, com 51.803 torcedores vendo o 2º tempo da prorrogação. Internacional e Estudiantes disputam todos os espaços do campo em busca do título, que havia saído das mãos do Colorado no tempo normal após derrota por 1 x 0.

Aos 8 minutos da última etapa da final da Copa Sul-Americana, o meia colorado D’Alessandro cobra escanteio pela direita. Confusão na área, bola na trave, goleiro defendendo em cima da linha… E finalmente a bola sobra para Nilmar marcar o gol do título do Inter, o 1º clube brasileiro “campeão de tudo” (leia AQUI).

No entanto, esse gol (assista abaixo) deu início a uma semana que poderá ser histórica para o futebol do Rio Grande do Sul. A metade vermelha já comemora o seu 4º título internacional em 3 anos.

A metade azul, ressabiada pela conquista do rival, conta os dias para a última rodada do Brasileirão. No domingo, o Grêmio terá a chance de ganhar a Série A (difícil ainda). Inter e Grêmio campeões na mesma semana? Historicamente, sempre que um dos grandes de Porto Alegre vai bem, o outro se enrola um pouco.

O revezamento começou na década de 50, enquanto o Grêmio construía o Olímpico. O Inter aproveitou o fato de o rival investir em seu patrimônio e fez a festa nos campos. Depois de inaugurado, o Grêmio ganhou 12 títulos em 13 anos. Curiosamente, nos anos 60, foi a vez do Inter erguer o Beira-Rio, aliado à seca de taças.

Após a inauguração do estádio (06/04/1969), o Colorado emplacou nada menos que um octacampeonato gaúcho, além do tri no Brasileiro. Nos anos 80 e 90, o Grêmio voltou a comandar, com 1 Mundial, 2 Libertadores e títulos nacionais. Na década atual, o Inter retomou a frente, ganhando tudo o que é possível.

Mas… E se o Grêmio for o campeão brasileiro de 2008? Será um choque de campeões pra lá de incomum no Sul.

Foto: site oficial do Inter

Saudade em três cores

Povão chegando ao Arruda na final da Copa PernambucoHá exatamente 5 meses, o Diario estampou o seguinte título:

Povão volta a sorrir

Uma matéria sobre a única alegria tricolor nos campos de futebol em 2008. O Santa Cruz havia batido o Atlético de Carpina por 4 x 0, no Arruda, conquistando pela primeira vez a Copa Pernambuco.

Um título simbólico, de uma competição semi-profissional. Mas com direito a taça e volta olímpica. Mas o que importou mesmo foi a paixão da torcida coral. Abaixo, um trecho da reportagem:

Mais de 8 mil pessoas foram ao ArrudaFoi uma verdadeira prova de amor. Quarta-feira, 15h20. O movimento intenso na avenida Beberibe mostrava que aquela não seria uma partida qualquer. Buzinaço, bandeiras tricolores e alegria. Centenas de torcedores do Santa Cruz correndo em busca de um ingresso para entrar no Arruda.

Outros ainda arrumavam um tempinho para comprar uma camisa do clube do coração em algum camelô instalado na área. Vale lembrar ressaltar, porém, que o jogo já havia começado há 20 minutos, porque dentro do estádio um público surpreendente ocupava boa parte do anel inferior. Uma surpresa talvez para aqueles que não conheçam a fidelidade coral.

Uma quarta-feira com céu carregado e pancadas de chuva. Nem era feriado, mas mesmo assim o jogo começou às 15h, horário de trabalho de muita gente. Mas não fez diferença alguma.

Jogadores comemoram o título inédito8.015 tricolores pagaram ingresso (R$ 5) naquela tarde.

Como a Cobra-Coral não joga desde o dia 6 de setembro (empate por 2 x 2 com o Salgueiro, na Série C), é possível imaginar a multidão que deverá acompanhar o time nas primeiras rodadas do Pernambucano de 2009!

Obs. Nesta quarta, o site Justiça Desportiva informou que o Santa já estaria garantido na Série D de 2009, devido ao título da Copa Pernambuco (leia AQUI). Fato que não estava previsto no regulamento da copinha, e que já foi negado pelo presidente da FPF, Carlos Alberto Oliveira. Assim, o Tricolor terá mesmo que buscar a vaga no Estadual.

Fotos: Edvaldo Rodrigues/DP

Maldição de Rondônia

RondôniaTrata-se apenas de uma conta maluca de um internauta, e que – de tão besta – o blogueiro acabou achando bacana ( :-D ). Em 2002, o Santos eliminou o Ji-Paraná em dois jogos na abertura da Copa do Brasil, com um 0 x 0 em Porto Velho e um 4 x 2 na volta.

O Peixe, no entanto, acabou sendo despachado na fase seguinte. Mas naquele mesmo ano, a safra de garotos com Robinho e Diego deu resultados e o time santista conquistou o seu primeiro Campeonato Brasileiro.

Pronto… Porque desde então, porém, enfrentar um time de Rondônia na Copa do Brasil tem sido um pesadelo para o restante da temporada. Não na competição (ou quase isso), mas sim no restante da temporada.

Todos os últimos 6 times que jogaram contra clubes rondonienses foram rebaixados no Nacional. O caso mais recente aconteceu no último domingo, quando a Portuguesa não conseguiu vencer o Sport e caiu para a Segundona. Por isso, é bom ficar de olho no próximo sorteio da Copa do Brasil. Menos mal que o estado de Rondônia tem apenas 1 vaga na Copa do Brasil…

2003 – Amazônia/RO x Bahia (rebaixado para a Série B)
2004 – União Cacoalense/RO x Guarani (rebaixado para a Série B)
2005 – União Cacoalense/RO x Paysandu (rebaixado para a Série B)
2006 – Vilhena/RO x Fortaleza (rebaixado para a Série B)
2007 – Ulbra/RO x Santa Cruz (rebaixado para a Série C)
2008 – Ulbra/RO x Portuguesa (rebaixada para a Série B)

Os duelos aconteceram a primeira fase (exceto em 2003, que foi na etapa seguinte). De todos os confrontos, o Santa Cruz foi o único que foi eliminado. O primeiro campeonato estadual de Rondônia foi disputado em 1945. O maior campeão é o Ferroviário, com 17 taças. Veja a lista de vencedores AQUI.

Leia mais sobre o estado de Rondônia clicando AQUI.

Operação Jarinu

JarinuSe a Polícia Federal conseguiu a proeza de chamar uma ação de Operação Satiagraha, então tomei a liberdade de batizar a missão timbu para se manter na elite nacional.

Nesta tarde, após o último treino nos Aflitos, o elenco do Náutico irá embarcar no Aeroporto Internacional dos Guararapes com destino ao interior paulista. A 76 quilômetros de distância de São Paulo, a pacata Jarinu – com 22 mil habiantes, ou 1/2 do bairro olindense de Rio Doce – é bastante conhecida no mundo da bola.

O município está sempre recebendo clubes de fora estado para inter-temporadas. Com a agradável temperatura de 22º, os clubes buscam no local um bom retiro, além de estrutura. A foto acima é da Estância Santa Filomena, uma das mais equipadas da cidade (2 campos oficiais), e que já recebeu os principais clubes do país, além da Seleção Brasileira (na era Leão, em 2001).

O técnico Roberto Fernandes terá 3 dias de paz na Operação Jarinu. O grupo alvirrubro vem demonstrando muita união nesta reta final da Série A, e isso vem superando as deficiências da equipe. Que isso seja decisivo no domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro. Um jogo que valerá mais uma participação na Série A na mala.

Veja abaixo o vídeo institucional da Estância Santa Filomena, em Jarinu.

PS. O gramado da chácara foi preparado pela mesma equipe que cuidou do campo da Vila Belmiro! :-D

Saiba mais sobre a cidade de Jarinu clicando AQUI.

Leão cansado

Apenas matemática, nada mais do que isso.

Na terça-feira, a diretoria do Sport anunciou que irá lutar nos bastidores por uma vaga na Copa Sul-Americana de 2009. Teoricamente, o Rubro-negro teria direito a essa vaga, pois está em 11º lugar na Série A, na zona de classificação para a competição (que vai do 5º ao 12º lugares). Mas por ser o atual campeão da Copa do Brasil, e classificado à Libertadores, o Leão não poderá jogar os dois torneios.

No entanto, os rubro-negros alegam que são dois campeonatos nacionais diferentes para duas competições internacionais diferentes (o que é verdade 8-) ). Deixando de lado a possibilidade de conseguir ou não (acho difícil), vejamos a quantidade máxima de partidas que o Sport jogaria em 2009 (considerando jogos-extras e finais de todos os campeonatos).

Leão cansado26 jogos – Estadual

38 jogos – Série A

10 jogos – Copa Sul-Americana

14 jogos – Libertadores

2 jogos – Mundial ( 8-O )

Total: 90 jogos!

Em 2008 – já contando a última rodada do Nacional – foram 72 partidas, ou 1.620 minutos a menos que essa previsão ultra-otimista para 2009. Será que o clube teria condições de montar um elenco para uma temporada tão árdua?

Na média, seria 1 jogo a cada 4 dias. Não tem “menino Dutra” que aguente. O Leão vai ficar cansado…

Obs. Apesar de polêmica sobre essa vaga, acho válido tentar essa classificação. Não por causa do “Sport”, mas sim pelos campeões da Copa do Brasil. O Leão poderia ter terminado o Brasileiro mais motivado se ainda tivesse esse objetivo. Fui voto vencido na Redação.