A pesquisa onde quem manda é o consumidor

Prêmio Marcas Preferidas 2016 entra em fase de contagem regressiva para grande festa em agosto

Maurício e Alexandre Rands no evento em junho que apresentou o prêmio. Foto: Roberto Ramos/DP

Maurício e Alexandre Rands no evento em junho que apresentou o prêmio. Foto: Roberto Ramos/DP

 

Em tempos de crise, conhecer as necessidades atuais do cliente torna-se um atalho valioso para o sucesso de vendas. Identificar as tendências dos consumidores no estado em relação a preço e qualidade ficará mais acessível com a divulgação, em agosto, dos vencedores do prêmio Marcas Preferidas 2016, promovido pelo Diario de Pernambuco. Ao todo, serão 80 contempladas em 18 categorias de produtos e serviços. Bom para quem consome e melhor ainda para quem fabrica, porque a identificação de posicionamento no mercado envolve também o componente de carinho com os produtos.

Esta será a 13ª edição do prêmio, em versão revista, ampliada e com nova denominação. O número de entrevistados na Região Metropolitana do Recife passou de 600 para 2,5 mil, com mais detalhes sobre as opções de acordo com gênero, idade e instrução, em uma metodologia sofisticada. O resultado vai gerar relatórios específicos, como a Saúde da Marca e o Top of Mind (pesquisa extra para definir marcas que o consumidor escolhe espontaneamente, sem precisar de estímulo de uma lista).

“Cada vez mais a marca precisa se aproximar do que o consumidor procura. Ter uma análise desse comportamento é importante na tomada de decisões estratégicas da empresa. E vai além do ranking divulgado na pesquisa. Você pode não ganhar na sua categoria, mas pode descobrir que quem mais prefere a sua marca é o público mais jovem. Isso pode mudar sua estratégia”, explicou Alexandre Rands, presidente do Diario e também da Datamétrica, no evento que apresentou o prêmio ao meio publicitário, em junho.

Ovice-presidente institucional do Diario, Maurício Rands, reforçou o ganho do conteúdo como processo deampla divulgação das marcas envolvidas no prêmio. Além da festa programada para agosto, os resultados serão divulgados em todos os veículos que integram o grupo R2: os jornais Diario de Pernambuco e AquiPE, os portais diariodepernambuco.com.br e pernambuco.com, além das rádios ClubeFM e GloboAM e todas as presenças nas mídias sociais, com a existência de um milhão de curtidores apenas no Facebook.

Na festa serão apresentados os três primeiros lugares por categoria. O primeiro receberá o prêmio e o segundo e terceiro receberão um diploma. Além disso, alguns prêmios serão dados às empresas de publicidade, que fazem as campanhas das empresas que participam da pesquisa. Essa novidade também fará parte do produto final da premiação.

Este ano, o responsável pela realização do levantamento é o Instituto Datamétrica, que possui 20 anos de mercado e atuação  acional.Em seu portfólio, a empresa tem pesquisas em todas as capitais brasileiras eempaíses da América do Sul e da África. No prêmio Marcas Preferidas 2016, o objetivo é identificar quais são as marcas que os consumidores preferem, quando são analisados quesitos como qualidade, preços, disponibilidade e carinho pela marca.

[ Detalhes do prêmio

 

  •  A estrutura da premiação do Marcas Preferidas 2016, que faz homenagem aos produtos mais lembrados pelo consumidor na hora da compra, passou por aprimoramentos técnicos, tanto na apuração quanto nas análises
  •  

  • A premiação agora engloba 80 categorias em 18 setores e o número de questionários aplicados para medir o gosto dos consumidores mais que quadruplicou
  •  

  • Foram consultadas 2,5 mil pessoas, detalhando as opções de acordo com gênero, idade e instrução.As respostas irão permitir a geração de relatórios quantitativos e muito mais qualitativos

 

    • Quem ganhar na categoria que concorre será de fato a marca preferida do segmento porque eles são restritos. Mesmo estando dentro do setor de alimentos, arroz só compete com arroz. Dentro de bebidas, cachaça só compete com cachaça, rum só disputa com rum
    • As grandes categorias foram colocadas apenas para agrupar os setores, mas a pesquisa em si é feita produto por produto, com perguntas específicas. Sobre o café, por exemplo, as perguntas são sobre o consumo do café. O mesmo para refrigerante, cerveja…
    • Quando duas marcas têm preços e qualidades semelhantes, a que ele escolhe é a que ele tem mais carinho. Então, esse item também integra o foco do prêmio
    • O resultado vai gerar relatórios específicos, como a Saúde da Marca e o Top of Mind

 

  • A estratificação da amostra é feita por sexo, idade e instrução. Há ainda ponderação de resultados por nível de renda e posição na ocupação. Os resultados incluem segmentação também por classes sociais, além de permitir até seis critérios de estratificação da amostra
  •  

  • Entre as áreas pesquisadas estão: alimentos, varejo, automóveis, bebidas, construção e imóveis, educação, serviços financeiros, segurança, serviços públicos, de alimentação, ótica e higiene pessoal
  •  

  • Todas as marcas com presença em Pernambuco terão participação na pesquisa, em relação ao processo de decisão das pessoas
  •  

  • Algumas mudanças foram feitas em áreas específicas, como o nome da premiação, mas o foco na preferência do consumidor em relação à marca continua. O que ele considera na hora da compra, a partir do binômio preço e qualidade, vai ser o ponto a ser explorado.

 

    • Além da tradicional revista que será encartada no Diario de Pernambuco, os vencedores serão divulgados no Aqui PE e nas redes sociais dos dois jornais, além de inserções nas rádios Clube FM e Globo AM
    •  

    • A lista com os ganhadores ficará disponível por um ano no portal pernambuco.com
    •  

    • As empresas interessadas também poderão contratar serviços de análises mais detalhados dos dados coletados durante o processo de pesquisa