AVIAÇÃO

Apesar da desaceleração que o setor de aviação tem registrado, 2015 foi um ano relativamente positivo para as companhias aéreas. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a demanda em passageiros por quilômetro pago transportados pelas companhias acumulou uma alta de 1,1% em 2015, quando comparado a 2014. Entre janeiro e dezembro do ano passado, foram transportados 96,1 milhões de passageiros pagos, um crescimento de 0,3% em relação a 2014. No transporte internacional, a demanda das empresas apresentou crescimento pelo 22º mês consecutivo.

Voando ao lado dos pernambucanos

Quando o assunto é viajar, a preferência dos consumidores é por um assento na Latam

Estado é estratégico para a companhia, que estuda montar um Hub - Foto: Divulgação

Estado é estratégico para a companhia, que estuda montar um Hub – Foto: Divulgação

Os mais de 90 voos semanais saindo de Pernambuco são a prova de que o estado tem uma importância grande para a Latam Airlines (marca oriunda da fusão da TAM com a companhia aérea chilena LAN). Importância essa que foi reconhecida pelos pernambucanos. O estado é tão estratégico que, inclusive, é um dos cotados para receber o novo Hub (centro de voos) da companhia.

A relevância é tanta, que mesmo diante do atual momento econômico, a Latam criou duas novas rotas internacionais partindo do Recife: uma para Buenos Aires, que está em operação desde janeiro, e outra para Miami, que começará a operar a partir de setembro.

Gerente regional de vendas no Nordeste, Daniel Cattani afirma que a importância de Pernambuco se dá pela localização estratégica do estado. “Seu entorno consegue englobar tanto o passageiro a lazer, que fica encantado com as belezas da região, quanto os clientes corporativos, que buscam negócios na região do Porto de Suape e na Grande Recife, principalmente após a chegada da indústria automotiva à região”, pontuou. E não é apenas o transporte de passageiros que chama a atenção: a movimentação de cargas na rota Recife-São Paulo é a segunda mais importante da companhia atualmente. Inaugurado em 2009, o terminal de cargas da empresa na capital pernambucana é moderno, possuindo mais de 1,8 mil metros quadrados, o que permite uma ágil movimentação de cargas nas instalações.

Ainda segundo Cattani, a estratégia é estabelecer uma marca forte, pautada por uma experiência superior e que leve os clientes cada vez mais longe. O diálogo e a atenção à necessidade dos consumidores é parte fundamental no processo. “Vale ressaltar que estamos sempre atentos às necessidades dos nossos clientes para oferecer serviços que asseguram mais pontualidade e conveniência”, disse, enfatizando que todos os canais eletrônicos disponibilizados pela companhia (aplicativo para smartphones e tablets, internet, além dos totens de autoatendimento nos aeroportos) permitem ao passageiro economizar, em média, até 50% do tempo necessário para efetuar o embarque.

PREMIADOS

Categoria
Companhia Aérea Latam GOL Azul