DEFENSIVOS

O mercado brasileiro de inseticidas movimenta anualmente cerca de R$ 600 milhões, apresentando um índice de penetração nos lares de 43,1%, segundo a Nielsen HomeScan. Os números mostram um mercado em expansão, impulsionado por fatores como a busca do consumidor por segurança e o surto de doenças transmitidas por insetos, como dengue, zika vírus e febre chikungunya. De acordo com a Fundação Nacional de Saúde, o uso racional de inseticidas em épocas endêmicas é determinante em algumas situações, pois é uma alternativa rápida e eficaz contra pragas e vetores.

ALIADO CONTRA O MOSQUITO

Em tempos de proliferação da zika e outras doenças pelo país, os inseticidas ajudam no combate ao Aedes aegypti

De olho nesse mercado, a Reckitt Benckiser (RB), empresa global líder em bens de consumo de saúde e higiene, com atuação em mais de 60 países, aposta na satisfação das necessidades do consumidor e na inovação de seus produtos. É o caso da marca SBP, que ficou no topo das mais lembradas pelos consumidores recifenses entre os inseticidas na pesquisa Marcas Preferidas. Há mais de 40 anos no mercado, SBP está entre os principais produtos da RB e tem forte tradição e reconhecimento junto ao consumidor. Apesar disso, não se acomoda com a reputação.

“Buscamos constantemente inovações que atendam e respondam da forma mais eficaz e segura às necessidades do público. Há anos temos trabalhado para ajudar a sociedade na luta contra o Aedes aegypti. Para frear a propagação do mosquito, nos juntamos ao talento e carisma da cantora Ivete Sangalo e lançamos em abril um grande movimento nacional, chamado Palmas pelo Brasil, que por meio de uma música e videoclipe extremamente engajadores, promoveu três passos simples, mas fundamentais, na prevenção e proteção contra o Aedes: eliminar água parada, aplicar inseticida em casa e usar repelente ao sair. A iniciativa teve uma repercussão positiva enorme em todas as mídias, que levaram rapidamente a mensagem a dezenas de milhões de pessoas em menos de um mês. Essa proximidade e preocupação com as pessoas certamente estão entre os fatores principais que explicam o sucesso da marca”, diz Loïc Philippe Le Lann, gerente de marketing da categoria peste na RB, fabricante de SBP.

Na tentativa constante de estreitar os laços com o cliente, a empresa vê nas redes sociais um aliado em potencial. “Sem dúvida, as redes sociais têm papel decisivo, porque oferecem uma oportunidade de relacionamento única, já que são um canal direto de comunicação com o público. Com elas, conseguimos ouvir, trocar ideias, e também nos permite mostrar quem somos e o que significamos”.

No segmento repelente, a Off! ficou em primeiro lugar entre as marcas mais preferidas dos consumidores.

Le Lann destaca as campanhas publicitárias feitas pela SBP - Foto: Divulgação

Le Lann destaca as campanhas publicitárias feitas pela SBP – Foto: Divulgação

PREMIADOS

Categoria
Repelente Off! Jonhson’s Baby/Jonhson&Jonhson Repelex
Inseticidas SBP Baygon Raid