EDITORIAL

As Marcas que os consumidores pernambucanos preferem

O Diario de Pernambuco traz uma nova edição do Marcas Preferidas, novamente em parceria com a Datamétrica e os demais meios de comunicação do Grupo R2, que incluem as rádios Clube AM e FM, o jornal AquiPE e os portais. Os ganhos de qualidade que foram incorporados no ano passado permanecem nesta nova edição em sua essência, trazendo novamente informações relevantes para as empresas e suas estratégias de comunicação.

Todos os responsáveis por empresas sabem que não existe gestão de qualidade sem aferição de resultados. A pesquisa Marcas Preferidas é seguramente o mais importante momento para as empresas e agências de publicidade aferirem os resultados de seus esforços em comunicação, logística e manutenção da qualidade dos seus bens e serviços, além, é claro, de comunicarem aos seus clientes o que conseguiram atingir ao longo do ano.

Vinagre Galo, Whisky Chivas e café Três Corações são marcas que tiveram destaque no ano de 2017. Entre as marcas que foram citadas como preferidas por mais de 10% da amostra, tiveram o maior crescimento entre todas que atingiram esse patamar. Vale salientar que nenhuma dessas três marcas esteve entre as duas primeiras colocadas em suas categorias, mostrando que na crise algumas estão conseguindo vir de trás e ter bom desempenho nos seus segmentos. Entre as marcas que foram consideradas preferidas (primeiro lugar), a Granvia, revendedora de veículos Ford, foi a de maior destaque, tendo saltado do segundo para o primeiro lugar. Também merece os parabéns pelo seu desempenho.

Também merecem destaque a Vitarella (macarrão), Pitú (aguardente) e Baterias Moura pelos seus níveis de liderança sobre seus concorrentes mais próximos, mesmo quando operando em segmentos com níveis razoáveis de concorrência. Os desempenhos delas mostram que possuem bons exemplos de comunicação com o público, eficiência na distribuição e qualidade de seus produtos, combinações que geraram excelentes resultados ao longo dos últimos doze meses.

Mas o levantamento da Datamétrica também mostra marcas que perderam preferência dos consumidores entre as pesquisas de 2016 e 2017, mostrando que a competição nos mercados se acirra em momentos de crise e que talvez o bom posicionamento, muitas vezes, gera um certo comodismo, que pode comprometer o sucesso futuro. Assim, fica o alerta para aquelas que estão passando por redução de suas lideranças de que talvez precisem um pouco mais de esforço para manter sua posição relativa nos próximos doze meses.

Enfim, essas são apenas algumas poucas entre as muitas conclusões que podem ser obtidas a partir da análise desse rico material. Com a entrega desses resultados, que também disponibiliza dados para o ano anterior, esperamos estar trazendo mais uma contribuição que possa ser útil ao setor empresarial pernambucano, principalmente para o segmento publicitário.

Alexandre Rands - Presidente do Diario de Pernambuco