SAÚDE

A crise macroeconômica que se instalou no Brasil há alguns anos não afetou apenas o mercado de produtos e serviços secundários. Setores prioritários, como o da saúde, vêm amargando perdas significativas, que podem ser facilmente percebidas no nosso dia a dia. Levantamento recente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) apontou que mais de 1,3 milhão de usuários de planos de saúde privados migraram para o Sistema Único de Saúde (SUS) entre 2015 e o primeiro trimestre deste ano. Diante desse cenário, as vencedoras do segmento do Marcas Preferidas vêm conseguindo driblar a crise sem perder a credibilidade.

REFORÇO DE LEITOS AINDA NA AGENDA DE 2016

Com uma rede própria ampla, a Unimed pretende inaugurar neste ano seu terceiro hospital, com serviços diversificados

Há 45 anos atuando no mercado de planos de saúde, contabilizando cerca de 200 mil clientes e mais de dois mil médicos, a Unimed Recife, a preferida nesse segmento, vem se consolidando como uma das maiores cooperativas de médicos da capital pernambucana. “Temos dois hospitais próprios e um em construção, dois pronto-atendimentos, a urgência pediátrica, quatro centros médicos na Região Metropolitana, um centro de profissionais de saúde, a unidade de aleitamento materno exclusivo, entre outros serviços. Tudo isso é diferencial, porque os clientes têm todos os atendimentos dentro do plano e são atendidos por quem faz a Unimed Recife, nossos médicos cooperados e colaboradores”, enfatiza Drª. Maria de Lourdes de Araújo, presidente da Unimed Recife.

As expectativas ainda para 2016 são as melhores: a conclusão de uma nova unidade, que irá reforçar o número de leitos na cidade. “Neste ano, o nosso investimento maior está sendo na construção do nosso terceiro hospital, o Hospital Geral Unimed Recife. Nele teremos maternidade, atendimento pediátrico, neonatal, entre outros. Estamos na construção do sétimo pavimento de um total de 14. Este hospital irá nos ajudar a suprir um pouco a demanda reprimida de leitos que há no Recife”, conclui Drª. Maria de Lourdes de Araújo.

mar-3108-sau-6

Drª. Maria de Lourdes destaca novo prédio com 14 pavimentos – Foto: Divulgação

“Os clientes têm todos os atendimentos dentro do plano e são atendidos por quem faz a Unimed Recife, nossos médicos cooperados e colaboradores”

Maria de Lourdes de Araújo

presidente da Unimed Recife

MAIS PRÓXIMO DO CLIENTE

Cerpe, o preferido entre os laboratórios de análises clínicas, prioriza o atendimento ao público e vai expandir sua rede

Na categoria laboratório de análises clínicas, o Cerpe foi o mais lembrado pelos consumidores recifenses. Primeiro centro de medicina nuclear do Norte/Nordeste, fundado em 1969, o laboratório integra a Dasa – quarta maior empresa de Medicina Diagnóstica e Saúde Preventiva do mundo e a maior da América Latina. Com uma média de 60 mil atendimentos mensais, o laboratório é referência no estado em exames de análises clínicas, destacando-se pela qualidade no atendimento e a proximidade com o cliente. “A marca Cerpe é muito tradicional e está presente no dia a dia dos pernambucanos, em suas cidades, seus bairros ou até mesmo nas ruas de suas casas. Essa proximidade, atrelada a um atendimento cuidadoso e carinhoso, faz com que o Cerpe seja lembrado por seus clientes como um parceiro para todas as horas, uma marca na qual confiam e recomendam aos seus amigos e familiares”, explica Gustavo Bosco, diretor regional Nordeste da Dasa.

Para manter a credibilidade, o Cerpe pretende continuar investindo no desenvolvimento de suas unidades, com expansão da rede e melhoria da infraestrutura. “Em 2016, o Cerpe tem o compromisso de fortalecer seu atendimento de qualidade, dispondo de novas unidades e renovando todos os seus laboratórios, com estrutura moderna e interativa que proporcionará ainda mais conforto e segurança aos seus clientes, como a implementação de novas máquinas de bebidas quentes, totens de recarga para celular, espaço infantil personalizado, dentre outras melhorias nas unidades”.

Luciano Almeida e Gustavo Bosco: muitos planos para o futuro - Foto: Arthur de Souza/DP

Luciano Almeida e Gustavo Bosco: muitos planos para o futuro – Foto: Arthur de Souza/DP

“Essa proximidade, atrelada a um atendimento cuidadoso e carinhoso, faz com que o Cerpe seja lembrado por seus clientes como um parceiro para todas as horas”

Gustavo Bosco

diretor regional Nordeste da Dasa

ONDE MODERNIDADE E TRADIÇÃO ANDAM JUNTAS

Gestão eficiente e inovação constante fazem parte da cartilha do Hospital Português

Real Hospital Português já está consolidado como uma das maiores unidades de saúde do Brasil - Foto: Divulgação

Real Hospital Português já está consolidado como uma das maiores unidades de saúde do Brasil – Foto: Divulgação

 

O Real Hospital Português conquistou a preferência do consumidor recifense na categoria hospital particular. Considerado o mais completo centro médico do Norte e Nordeste e um dos mais bem equipados do país, o Real Hospital Português de Beneficência em Pernambuco alia tradição e modernidade há mais de 160 anos. Com 60 serviços especializados, três laboratórios de análises clínicas e 800 leitos, o complexo hospitalar realiza mensalmente cerca de 20 mil atendimentos emergenciais e mais de 2 mil internamentos.

Para Alberto Ferreira da Costa, provedor do Hospital Português, os diferenciais da instituição estão na busca por uma gestão eficiente e na tentativa constante de inovar. “São fatores de sucesso a nossa visão de modernidade, o progresso no trabalho de todos que fazem o Real Hospital Português, além de um excelente corpo médico e uma eficiente administração, acompanhada de uma tecnologia não só da década atual, mas prevendo o futuro”, destaca.

Com seis equipes de cirurgia cardíaca e um prédio todo dedicado ao diagnóstico e tratamento do coração, a cardiologia é o carro-chefe da entidade. Em 2012, o RHP inaugurou uma unidade de diagnóstico e tratamento do câncer, tornando-se também uma referência em oncologia no Nordeste. O empreendimento possui 15 andares e conta com toda infraestrutura hospitalar, com bloco cirúrgico, UTI, apartamentos e enfermarias.

Atualmente, a instituição investe na conclusão de um novo prédio para melhoria no atendimento dos pacientes de hemodiálise. O serviço atende gratuitamente pacientes de baixa renda e é o maior na especialidade em regime privado do estado. “A característica de uma boa administração é inovar. O Real Hospital Português tem em 2016 a conclusão do edifício Santo Antônio, com 10 pavimentos e mais de 300 leitos, focado na área de Nefrologia, e está planejando novas obras para o próximo ano”, revela.

OTIMIZANDO O TEMPO DOS PACIENTES

A clínica Boris Berenstein é a primeira a reunir vários tipos de exames no mesmo local

Boris e Leon Berenstein: pai e filho à frente do negócio da família - Foto: Nando Chiappetta/DP

Boris e Leon Berenstein: pai e filho à frente do negócio da família – Foto: Nando Chiappetta/DP

Premiada na categoria raio x/diagnóstico por imagem, a clínica Boris Berenstein é a primeira do gênero a implementar um modelo em que o paciente pode fazer vários exames em um só lugar (diagnóstico por imagem e análises clínicas). Com seis unidades no estado – sendo cinco na Região Metropolitana do Recife (Derby, Boa Viagem, Piedade, Cabo e Olinda) e uma em Arcoverde -, a clínica se prepara para inaugurar em breve mais uma, no bairro de Piedade. Este ano, registrou um crescimento de 6% no número de exames de imagem em relação a 2015, realizando cerca de 32 mil diagnósticos mensais.

“No ano passado, tomamos a importante decisão de melhorar os processos de atendimento aos nossos pacientes, desde a sua chegada na clínica até a entrega do seu resultado. Vamos continuar investindo em novas tecnologias de diagnósticos por imagem, bem como na capacitação do nosso corpo clínico. Só se vence a crise investindo na melhoria da nossa eficiência”, diz o médico Leon Berenstein, que toca o empreendimento ao lado do pai, Boris Berenstein.

A trajetória do negócio é resumida com orgulho por Leon, que acrescenta outro diferencial implementado recentemente na clínica: o espaço dedicado à mulher. “Começamos com exames de raio-X geral e com apenas uma unidade, há 28 anos. Partimos para outras unidades e novos métodos de diagnósticos por imagem. Fomos os pioneiros em ressonância magnética digital no estado. Outra decisão bastante acertada foi a criação do espaço humanizado para mulheres, inaugurado há três meses no Derby e que será replicado nas demais unidades. Lá, o atendimento é 100% feito por mulheres e para mulheres. É possível realizar mamografias, ultrassonografias, densitometrias e diversos outros exames específicos”.

“Fomos os pioneiros em ressonância magnética digital no estado. Outra decisão bastante acertada foi a criação do espaço humanizado para mulheres”

Leon Berenstein

médico

PREMIADOS

Categoria
Hospital Particular Português Esperança Santa Joana
Laboratórios de Análises Clínicas Cerpe Gilson Cidrim Boris Berenstein
Plano de Saúde Unimed Recife HapVida Bradesco
Clínica de Raio X/Diagnósticos por Imagem Boris Berenstein Multimagem Derbimagem