TELECOMUNICAÇÕES

Os indicadores não deixam mentir: o setor de telecomunicações tem sofrido com a crise na economia brasileira. Dados da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), que engloba as principais empresas do ramo, aponta que houve uma queda de 7,3% na quantidade de assinantes desse tipo de serviço no país no primeiro trimestre de 2016, em comparação ao mesmo período do ano passado. Apesar do cenário negativo, o preço competitivo dos serviços de telefonia móvel e fixa, assim como o crescimento na venda de aparelhos podem ser uma das saídas para o setor.

Sky conquista preferência local

TV por assinatura prevê novos investimentos para se manter no topo do prêmio

Marcando presença nos espaços culturais regionais – foi uma das patrocinadoras do São João de Caruaru pela quinta vez consecutiva este ano – a Sky está mantendo o foco nas operações do novo centro de transmissão (CT), em Jaguariúna (SP), inaugurado no primeiro trimestre. Ele oferece três vezes a capacidade do atual, e possibilita a entrada de novos canais e uma oferta ainda mais completa para os assinantes. Com investimento de R$ 1,3 bilhão, o CT é um dos maiores do mundo e o mais moderno da América Latina.

O serviço de TV por assinatura da SKY em Pernambuco, assim como em todo o Brasil, é oferecido desde 1996. Atuando nos 28 estados brasileiros, a operadora via satélite de TV por assinatura já atinge mais de 5,3 milhões de clientes em todo o território nacional, além de 300 mil assinantes em seu serviço de internet fixa, o SKY Banda Larga. Segundo Agrício Neto, VP de marketing e programação da TV, ser considerada a Marca Preferida na categoria TV por assinatura pelos pernambucanos em 2017 reflete o esforço diário da empresa em oferecer um serviço de excelência aos seus assinantes. “É uma enorme satisfação ser pela quarta vez consecutiva vencedora desse prêmio. Esse resultado é o reconhecimento de que a SKY coloca o cliente sempre à frente de seu negócio, dando genuína atenção às suas necessidades”.

No comando dos meios digitais

Liderar o movimento para que o cliente tenha cada vez mais liberdade e autonomia para controlar todas as suas demandas e experiências. Esse é o objetivo da Vivo, que busca atuar fortemente no meio digital através de ferramentas como Meu Vivo, aplicativo em que o cliente consegue agendar atendimento nas lojas, contratar pacotes adicionais, imprimir segunda via de contas e consultar seu consumo em internet. No triênio 2017-2019, a Vivo investirá R$ 24 bilhões com a expansão da Cobertura 4G e ampliação da rede de fibra para a banda larga em todo o país.

Em Pernambuco, na internet fixa, serão contempladas ainda neste ano as cidades de Petrolina e Garanhuns. “Oferecer conectividade com qualidade é fundamental para avançarmos na nossa transformação digital. Entendemos que a tecnologia potencializou o poder de gerenciamento de tarefas, serviços e produtos e o empoderamento do consumidor trouxe também um grande desafio para as marcas. Por isso, a Vivo atua fortemente para entregar ferramentas (digitais), que tornam o dia a dia dos seus clientes mais fácil”, afirma Renato Pontual, diretor da Vivo para o Nordeste.

Ampliação em território estadual

A OI pretende, até o fim deste ano, chegar a mais 48 cidades pernambucanas com serviço de 4G

Com investimentos de mais de R$ 28 milhões em Pernambuco no primeiro trimestre de 2017, a Oi ampliou e modernizou 68 sites de telefonia móvel no estado este ano. Os sites são locais onde ficam as antenas que realizam a transmissão do sinal do serviço móvel. Com o valor investido, a aposta da companhia é melhorar a qualidade dos serviços oferecidos, o que também inclui ampliar a cobertura 4G no estado. Hoje, a Oi oferece 4G no Recife, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Caruaru, Garanhuns, Igarassu, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Petrolina, São Lourenço da Mata e Vitória de Santo Antão. A previsão é de que até o final de 2017 seja ampliada a cobertura para mais 48 cidades pernambucanas.

Em 2016, a Oi investiu mais de R$ 137,3 milhões no estado, o que representa crescimento de 7% em relação ao ano anterior. A companhia tem priorizado investimentos na modernização e expansão da capacidade da rede e TI. No mesmo período, foram implantados 13 novos sites de telefonia móvel e outros 201 foram ampliados ou modernizados. “Estar na lembrança dos nossos clientes pernambucanos significa resultado do trabalho de todo time da Oi que busca no seu dia a dia a excelência na prestação dos serviços. Ser reconhecido pela população como empresa mais lembrada e uma marca querida dá à companhia um orgulho de poder fazer parte da vida da grande maioria das pessoas”, afirma o diretor de Varejo da Regional Pernambuco, Edilberto Gomes da Costa.

No segmento de mobilidade, a companhia lançou no segundo trimestre novas ofertas de telefonia celular nos segmentos pré-pago e controle com uma funcionalidade inédita no mercado. Os clientes dos planos Oi Livre e Oi Mais Controle podem customizar seu pacote, trocando a qualquer momento a franquia de voz por dados e vice-versa, por meio do serviço de autoatendimento Minha Oi.

Já a telefonia fixa continua sendo um dos focos dos serviços da Oi. A companhia atua também nos serviços de telefonia móvel, banda larga e TV por assinatura e atende grande parte dos consumidores nordestinos. Presente em todos os municípios pernambucanos, a Oi conta com 4,2 milhões de clientes no estado: 3,4 milhões em telefonia móvel, 587 mil em fixa, 167 mil em banda larga e 35,6 mil em TV por assinatura. Além de serviços de telecomunicações para os mercados varejo e corporativo, a Oi também está focando seus negócios em soluções de TI hospedadas em plataforma de computação em nuvem para empresas de todos os portes.

PREMIADOS

Categoria
Operadoras de TV por Assinatura Sky GVT Claro TV
Operadoras de Celular OI TIM Claro
Operadoras de Telefonia Fixa OI Fixo GVT Claro Fixo
Fornecedores de Internet GVT Vivo NET OI Velox