Por Mariana Fabrício

A menos de dois meses para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que esse ano será realizado nos dias 5 e 12 de novembro, os candidatos devem manter a rotina já estabelecida durante o ano para diminuir o estresse e ajudar a garantir o bom desempenho no momento da prova. Nesta reta final ter um roteiro definido de como dividir as atividades diárias entre lazer, estudo e descanso se torna um fator de segurança, essencial para chegar tranquilo no dia do Exame.

A aluna do terceiro ano do ensino médio do colégio Damas, Maria Cecília Wanderley, de 17 anos, precisou ir adaptando aos poucos sua rotina de estudos durante o ano. No começo, a ansiedade atrapalhava o rendimento e as horas seguidas entre aulas e revisões em casa a deixava exausta, dificultando o aprendizado. Percebendo a dificuldade em acompanhar o ritmo dos professores e o menor rendimento, nesse segundo semestre ela decidiu organizar o tempo que passava no colégio, em casa e ainda separou um momento de lazer.

“No início do ano eu tinha tudo organizado, mas me sentia esgotada porque aproveitava até os intervalos entre as aulas para passar o conteúdo. Percebi que não estava relaxando e nem aproveitando bem o que os professores passavam. Era muita novidade no começo e eu pensava bastante no meu futuro. Aos poucos consegui estabelecer melhor meu tempo de estudo, separar um tempo para minha família e descansar”, conta a fera de psicologia.

Com a aproximação do Enem e os horários já estabelecidos, ela conta que ter cada momento estabelecido durante a semana promoveu mais tranquilidade e a organização refletiu no preparo emocional. “Atualmente o ritmo está corrido, mas aproveito cada aula, interajo mais na classe e respondo atividades em casa como forma de revisão. Me sinto preparada e apesar disso posso continuar investindo nos conteúdos sem prejudicar outras áreas da minha vida. Não deixo de almoçar com meus avós todos os fins de semana ou ter uma boa noite de sono”, diz.

Uma das coisas que Maria Cecília não abre mão é de participar do Só por hoje, que reúne os alunos para um momento de reflexão na Capela do Colégio e faz parte da programação pastoral. “Preciso de um tempo para me concentrar e saio mais tranquila. Apesar de estar abdicando de algumas coisas, como sair nos finais de semana, costumo ir aos encontros e cantar durante o recreio para me dedicar a algo além do vestibular”, argumenta.

Uma das principais dicas para os estudantes é criar uma grade de horários para cada dia da semana. É preciso levar em consideração as cargas horárias de cada matéria e separar as horas de estudo de acordo com a quantidade de conteúdo a ser revisado. Intercalar momentos de descanso a cada duas horas fazendo pausas para lanchar, separar as oito horas diárias de sono e respeitar os momentos com a família e amigos é o segredo para manter a rotina sem comprometer outros compromissos que fazem parte da vida do jovem.

“O planejamento pode ter flexibilidade porque é preciso encarar com leveza. Não há necessidade de ficar com sentimento de incapacidade se não cumprir algo que foi determinado. Estudar deve fazer parte de um hábito adquirido pelo aluno. As atividades de lazer não podem competir com as obrigações porque pode fortalecer para os momentos que precisa de concentração”, destaca a coordenadora pedagógica do colégio Damas, Ana Paula.

Para não se sobrecarregar em casa, o ideal é aproveitar o momento em sala de aula com mais interação, esclarecendo dúvidas e dialogando com os professores. “Quando uma aula é bem aproveitada, a discussão foi bem construída no colégio e aluno realmente se dedicou participando e aproveitando aquele momento, quando for estudar em casa vai ter um desempenho superior. Então se o conteúdo já foi passado é interessante começar a estudar em casa fazendo exercícios. Começa pela prática e em caso de dúvidas vai para teoria ou consulta os professores”, aconselha a coordenadora.

> Como se organizar
Criar uma grade de horários com as atividades diárias;
Separar tempo para o sono, descanso e todas as refeições;
Manter atividades física ou social durante a semana;
Fazer levantamento das disciplinas separando por dia de aula e carga horária;
Dedicar mais tempo para a matéria que tem mais assunto.
> Aproveitar as aulas
Manter atenção;
Participação ativa;
Manter diálogo com o professor;
Esclarecer dúvidas.
> Estudando em casa
Não acumular matéria. Estudar em casa o que foi dado em sala de aula no mesmo dia;
Começar pela prática fazendo exercícios;
Procurar a teoria em caso de dúvidas;
Consultar os professores sobre erros nos exercícios.