A Comissão Permanente para os Vestibulares da Universidade Estadual de Campinas (Comvest/Unicamp) liberou nesta quarta-feira (10) a consulta da situação das inscrições para o Vestibular Indígena Unicamp 2019. Para consultar se a inscrição foi deferida ou não, os candidatos devem utilizar a senha pessoal. Para ter o pedido de inscrição aceito, os candidatos precisavam anexar, no Formulário de Inscrição, a Declaração de Etnia e de Vínculo com Comunidade Indígena assinada por lideranças indígenas e pela FUNAI. Estão homologadas 610 inscrições.

O próximo passo é entregar a via original da Declaração (que foi enviada em formato digitalizado durante a inscrição) no dia da prova, em 2 de dezembro. Em alguns casos, os estudantes estão sendo informados das correções que precisam ser feitas no documento. O candidato que não entregar a Declaração em papel, devidamente preenchida e com as assinaturas indicadas, terá que assinar Termo de Compromisso, se comprometendo a enviar o documento à Unicamp, no prazo de até 10 dias úteis após a aplicação da prova, por carta registrada ou Sedex, para o endereço:

O candidato que descumprir essas instruções não terá sua prova corrigida e será automaticamente eliminado do Vestibular Indígena.

A prova será realizada no dia 2 de dezembro, nas seguintes cidades: Campinas (SP), Dourados (MS), Manaus (AM), Recife (PE) e São Gabriel da Cachoeira (AM). A prova será em língua portuguesa, composta de 50 questões de múltipla escolha e uma Redação, da seguinte maneira: Linguagens e códigos (14 questões); Ciências da Natureza (12 questões); Matemática (12 questões); Ciências Humanas (12 questões); e uma Redação. O programa de estudos para a prova já está disponível na página da Comvest. Ficam desclassificados os candidatos que não acertarem, no mínimo, 10 questões de múltipla escolha e não obtiverem, no mínimo, cinco pontos na prova de Redação (de um total de 25 pontos).

A prova terá início às 13 horas (horário de Brasília) e os candidatos deverão chegar com antecedência, pois o acesso aos locais de prova será permitido somente até as 13 horas, impreterivelmente. A duração da prova é de cinco horas. O que levar: o original do documento de identidade indicado na inscrição, caneta de cor preta em material transparente, lápis preto, borracha. O candidato poderá usar relógio para controlar o tempo, mas todos os relógios deverão ficar no chão, ao lado da carteira. Água e pequenas embalagens de alimentos deverão ficar no chão, junto à carteira. É vedada a utilização de aparelhos celulares ou quaisquer outros equipamentos eletrônicos, relógios digitais, corretivos de qualquer tipo, lapiseira, caneta marca-texto, bandana/lenço, boné, chapéu, ou outros materiais estranhos à prova.