A abstenção do segundo dia de provas da segunda fase do Sistema Seriado de Avaliação (SSA 2) da Universidade de Pernambuco (UPE), cujas provas foram realizadas nesse domingo (1º) e nesta segunda-feira (2), foi de 7,182%. Dos 19.704 candidatos inscritos, 1.311 não compareceram aos locais de prova. Não houve eliminação por porte de celular.

O polo com o maior índice de abstenção no SSA 2 foi Caruaru, no Agreste do estado. Dos  1.415 inscritos para fazer provas no município, 155 (10,95% do total) faltaram no primeiro dia e mais 154 no segundo dia (1,88%). Já o menor índice de abstenção foi registrado no Recife. Dos 9.412 inscritos na capital pernambucana, 314 (3,34%) faltaram no primeiro dia e 374 no segundo, finalizando o exame com 3,97% de abstenção nos polos da cidade.

No primeiro dia de provas, os candidatos responderam questões das disciplinas de língua portuguesa, matemática, física, língua estrangeira (inglês ou espanhol) e filosofia. Nesta segunda, foi dia de provas de biologia, química, história, geografia e sociologia.

O desempenho individual dos estudantes nas duas fases do seriado (SSA 1 e SSA 2) será divulgado até o dia 15 de março de 2020, apenas no sistema de inscrição. O Sistema Seriado de Avaliação é composto por três fases. No primeiro ano do ensino médio, os estudantes participam do SSA 1. O SSA 2 e SSA 3 são voltados para alunos do segundo e terceiro anos do ensino médio, respectivamente. Para conseguir uma boa nota ao final do processo, os estudantes precisam ter conquistado bons índices de rendimento nos três anos de provas.

A nota para concorrer a uma vaga da universidade pelo SSA só é obtida ao concluir todo o processo, ou seja, da realização das três etapas. Para o cálculo da nota final, os resultados do SSA 1 e do SSA 2 são multiplicados por três. Já a nota do SSA 3 é multiplicada por quatro. Os resultados dessas três contas são somadas e divididas por dez. O cômputo dessa operação é a nota final do candidato, com a qual ele concorre a uma vaga na UPE.