Confira os gabaritos oficiais do Enem 2019

Confira os gabaritos oficiais do Enem 2019

Por Agência Brasil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou, na tarde de hoje (13), os gabaritos com as respostas do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, de 2019. O instituto disponibilizou também as versões digitais dos cadernos de prova.

Apesar da possibilidade de conferência do gabarito, as notas dos estudantes ainda serão reveladas. Elas serão calculadas usando uma metodologia chamada de “Teoria de Resposta ao Item” (TRI), que leva em consideração a média de acertos total em determinadas questões para calcular a probabilidade de “chutes” em questões mais difíceis. O método, apelidado de “sistema antichute” cria um cálculo variável das notas. A previsão é que o resultado final seja divulgado em janeiro de 2020.

Confira os gabarito oficiais:

Gabaritos oficiais do Enem 2019 já podem ser consultados

Gabaritos oficiais do Enem 2019 já podem ser consultados

Os gabaritos oficiais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 já estão disponíveis para consulta. O material pode ser acessado em três meios: no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no site do Enem e no aplicativo do exame. Os Cadernos de Questões e as videoprovas em Libras também foram publicados. Os materiais são acessíveis por download. As questões das videoprovas estão no canal do Inep no YouTube.

Considerando os dois dias de exame, 3 e 10 de novembro, são 16 gabaritos e 16 cadernos de questões, incluindo os formatos para atendimento especializado. Os participantes devem ficar atentos para conferir o gabarito relativo à cor e ao formato da prova realizada em cada domingo.

No primeiro dia, 3 de novembro, foram avaliados os conhecimentos em ciências humanas e linguagens, códigos e suas tecnologias, além da redação. No último domingo, dia 10, as provas foram de ciências da natureza e matemática e suas tecnologias. Os resultados do Enem 2019 serão publicados em janeiro de 2020. Para os treineiros, aqueles que não irão concluir o ensino médio em 2019, o boletim individual será publicado em março de 2020.

Confira o material disponibilizado:

1º Domingo – 3/11/2019

  • Gabarito 1º Dia Caderno 1 – Azul
  • Caderno de Questões 1º Dia Caderno 1 – Azul
  • Gabarito 1º Dia Caderno 2 – Amarelo
  • Caderno de Questões 1º Dia Caderno 2 – Amarelo
  • Gabarito 1º Dia Caderno 2 – Amarelo (Ampliada)
  • Caderno de Questões 1º Dia Caderno 2 – Amarelo
  • Gabarito 1º Dia Caderno 2 – Amarelo (Superampliada)
  • Caderno de Questões 1º Dia Caderno 2 – Amarelo (Superampliada)
  • Gabarito 1º Dia Caderno 3 – Branco
  • Caderno de Questões 1º Dia Caderno 3 – Branco
  • Gabarito 1º Dia Caderno 4 – Rosa
  • Caderno de Questões 1º Dia Caderno 4 – Rosa
  • Gabarito 1º Dia Caderno 9 – Laranja (braile e ledor)
  • Caderno de Questões 1º Dia Caderno 9 – Laranja (braile e ledor)
  • Gabarito 1º Dia Caderno 10 – Verde (Libras)
  • Caderno de Questões 1º Dia Caderno 10 – Verde (videoprovas em Libras)

2º Domingo – 10/11/2019

  • Gabarito 2º Dia Caderno 5 – Amarelo
  • Caderno de Questões 2º Dia Caderno 5 – Amarelo
  • Gabarito 2º Dia Caderno 6 – Cinza
  • Caderno de Questões 2º Dia Caderno 6 – Cinza
  • Gabarito 2º Dia Caderno 6 – Cinza (Ampliada)
  • Caderno de Questões 2º Dia Caderno 6 – Cinza (Ampliada)
  • Gabarito 2º Dia Caderno 6 – Cinza (Superampliada)
  • Caderno de Questões 2º Dia Caderno 6 – Cinza (Superampliada)
  • Gabarito 2º Dia Caderno 7 – Azul
  • Caderno de Questões 2º Dia Caderno 7 – Azul
  • Gabarito 2º Dia Caderno 8 – Rosa
  • Caderno de Questões 2º Dia Caderno 8 – Rosa
  • Gabarito 2º Dia Caderno 11 – Laranja (braile e ledor)
  • Caderno de Questões 2º Dia Caderno 11 – Laranja (braile e ledor)
  • Gabarito 2º Dia Caderno 12 – Verde (Libras)
  • Caderno de Questões 2º Dia Caderno 12 – Verde (videoprovas em Libras)

Enem – Com a nota obtida no Enem, os estudantes poderão cursar a graduação em universidades públicas e privadas. É possível requerer financiamento estudantil e participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade para Todos (ProUni). Quem faz o Enem pode ainda usar a nota para ingressar em cursos de 42 instituições de Portugal, pelo programa Enem Portugal.

Acesse os gabaritos e cadernos de questões do Enem 2019 no site do Inep

Candidatos que se sentiram prejudicados no Enem podem pedir nova prova até o dia 18

Candidatos que se sentiram prejudicados no Enem podem pedir nova prova até o dia 18

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 que se sentiram prejudicados por problemas logísticos durante a realização da prova tem até o próximo dia 18 para solicitar a reaplicação do exame.

O pedido deve ser feito pela Página do Participante, no Enem. Ainda em novembro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC) e responsável pela aplicação do exame, vai conceder ou negar o direito à nova oportunidade de realizar a prova. A reaplicação será nos dias 10 e 11 de dezembro.

O presidente do Inep, Alexandre Lopes, ressalta a importância de o candidato entrar com a solicitação. “O participante pode ficar em dúvida se o caso dele vale ou não. A minha dica é: solicite. O Inep vai avaliar os pedidos caso a caso”, explica.

Para o Inep, problemas logísticos são casos excepcionais, como desastres naturais que prejudiquem a aplicação do exame, devido ao comprometimento da infraestrutura do local); falta de energia elétrica: que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural) e falha de procedimento de aplicação que cause comprovado prejuízo ao participante.

Gabaritos do Enem 2019 podem ser consultados a partir de amanhã

Gabaritos do Enem 2019 podem ser consultados a partir de amanhã

Por Estado de Minas

Passados os dias de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, o gabarito do exame é um dos momentos mais aguardados pelos participantes. Quem leva o caderno de questões para casa tem a oportunidade de conferir o número de questões que conseguiu acertar, muitos na tentativa de calcular a nota. Mas afinal, é possível saber a nota do Enem com o gabarito?

O método de correção tem como base o TRI, a chamada Teoria de Resposta ao Item, que leva em conta o grau de dificuldade das questões durante a correção. Essa teoria analisa a coerência das respostas marcadas, atribuindo peso diferenciado para as respostas aleatórias e para os acertos garantidos por conhecimento. Por isso, não é possível saber a nota exata quando sai o gabarito, mas, dá para se ter uma ideia de como foi o desempenho geral na prova.

Atenção: os candidatos que fizeram essa edição do Enem e querem ter uma ideia do desempenho devem ficar atentos. Os gabaritos e os cadernos de questões estarão disponíveis amanhã, quarta-feira, 13 de novembro. São três locais para consulta: site do Enem; portal do Inep e aplicativo do Enem disponível nas lojas virtuais de celular.

Com a nota obtida no Enem, os estudantes poderão cursar a graduação em universidades públicas e privadas. É possível também conseguir financiamento estudantil e participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade Para Todos (ProUni). Quem tem o sonho de estudar fora do Brasil pode, ainda, usar a nota para ingressar em cursos de 42 instituições de Portugal, pelo Enem Portugal.

Com o fim da aplicação do Enem, começa a logística de correção

Com o fim da aplicação do Enem, começa a logística de correção

Com a conclusão da logística de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, teve início uma nova fase: a logística de correção das provas. Quando o último participante deixa a sala de provas do Enem, o chefe de sala inicia o procedimento de checagem e segurança que garante o sigilo e a isonomia do exame. No último domingo (10), não foi diferente. Cada um dos chefes das 147 mil salas de aula onde foram aplicadas as provas do Enem 2019 fez a conferência dos cartões-respostas, das folhas de redação e de rascunho de presentes e ausentes. O material foi ordenado em ordem alfabética e as atas de ocorrências, preenchidas.

Todo esse material saiu em malotes dos 10.133 locais de provas, em 1.727 municípios de todo o país, e estão sendo encaminhados para o Rio de Janeiro (RJ), rumo aos galpões do consórcio aplicador, composto pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e pela Fundação Cesgranrio. Quase 10 milhões de Cartões-Resposta passam por triagem e digitalização, que envolve o trabalho de dezenas de profissionais.

O consórcio é o responsável pela computação dos dados constantes nos Cartões-Respostas. É utilizado um sistema de reconhecimento automatizado que extrai os dados com as respostas das questões objetivas de cada participante, que em seguida são encaminhados ao Inep. Ao instituto, cabe processar os resultados do Enem, com base na Teoria da Resposta ao Item (TRI), e gerar o boletim de desempenho com as notas das quatro provas objetivas.

Redação

As folhas de redação serão corrigidas digitalmente, por mais de 5 mil avaliadores selecionados e capacitados para o trabalho. Cada redação é corrigida por, pelo menos, dois corretores, que atribuem uma pontuação, sem saber a do outro. Se houver uma diferença na nota final superior a 100 pontos, ou maior que 80 pontos em qualquer uma das competências, a redação será avaliada, de forma independente, por um terceiro avaliador. Neste caso, a nota final será a média aritmética das duas notas totais que mais se aproximarem. Se a divergência ainda continuar após a terceira correção, o texto será avaliado por uma banca presencial composta por três professores, que atribuirá a nota final do participante.

Em Pernambuco, quase 70 mil candidatos faltam o Enem 2019

Em Pernambuco, quase 70 mil candidatos faltam o Enem 2019

O segundo e último dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 terminou ontem com o menor índice de abstenção da história do maior exame de acesso ao ensino superior do país. Em Pernambuco, a taxa de faltosos foi de 25,1%, isto é, um em cada quatro inscritos não compareceu às provas. Dos 275.327 inscritos no estado, 206.220 estavam presentes e 69.107 faltaram. Na edição do ano passado, a abstenção em Pernambuco foi de 29,5%. Nesse domingo, os candidatos fizeram provas de matemática e ciências da natureza.

No país, a taxa de comparecimento no Enem 2019 foi de 72,9%, superando a edição de 2015, quando foi registrado um índice de 72,67%. O exame foi, portanto, concluído por 3,7 milhões dos 5,1 milhões de inscritos. O gabarito oficial do exame será publicado nesta quarta-feira. Já o resultado individual do Enem será divulgado em janeiro do próximo ano, em data a ser definida.

Considerando os dois dias do Enem, 747 candidatos foram eliminados. Nesse domingo, foram realizadas 371 eliminações. Na semana passada, outros 376 participantes já haviam sido desclassificados. O Enem de 2019 foi realizado com novas regras de segurança. A principal mudança foi em relação à proibição de emissão de sons por aparelhos eletrônicos, mesmo dentro do envelope porta-objetos fornecido pelos fiscais de prova. Também foram eliminados candidatos que se negaram a ser identificadas por biometria; se ausentaram antes do horário permitido; utilizaram impressos ou não atenderam às orientações dos fiscais.

O segundo dia teve 76 ocorrências de logística. A lista inclui emergências médicas, queda de energia elétrica, interrupção no abastecimento de água, desastres naturais e outros problemas. Participantes que se sentiram prejudicado podem solicitar a reaplicação do exame. O pedido deve ser feito de hoje ao próximo dia 18, no site do Enem. A resposta do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do Ministério da Educação (MEC) responsável pelo exame, sobre os pedidos será divulgada no dia 27 deste mês. A reaplicação do Enem está marcada para 10 e 11 de dezembro.

Vazamento

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, avaliou positivamente a edição deste ano do exame. “O objetivo, que era selecionar as pessoas em melhores condições para ocupar as vagas no ensino superior e se tornar os melhores profissionais, foi cumprido”, afirmou, em coletiva de imprensa realizada em Brasília (DF) na noite de ontem. Weintraub garantiu que os casos de vazamento da prova nos dois dias de aplicação foram pontuais e não prejudicaram os estudantes.

Depois de ter afirmado, no primeiro domingo do Enem, que a divulgação do tema da redação em uma foto que circulou nas redes sociais antes do horário permitido para os candidatos saírem com as provas teria ocorrido em Pernambuco, o ministro revelou que o caso foi registrado no Ceará. “Identificamos um homem de 18 anos e uma aplicadora no Ceará que fizeram esse ato de terrorismo. Fizemos o boletim de ocorrência e, daqui em diante, é com a polícia e o Ministério Público. Mesmo com esses terroristas, o Enem foi um enorme sucesso”, disse. Segundo ele, os casos não configuram vazamento porque aconteceram depois do início das provas.