Queimado com Rosca

a rosquinha de De Gea

O goleiro David de Gea, do Manchester United, passou por um momento constrangedor nesta sexta-feira. O espanhol foi detido pelos seguranças da loja ao tentar sair do estabelecimento sem pagar uma rosquinha, estimada no valor de 1,35 euro (aproximadamente R$ 3,40). O arqueiro foi pego em pleno balcão, levado a uma sala para registrar a ocorrência e apelou para ninguém chamar a polícia ou aplicar multa.

Um rápido resumo da notícia e logo surgem o sem-fim de possíveis comentários:

1) Ficou queimado com a rosquinha ou com a rosquinha queimada?
2) Quem nunca rapou um Sonho de Valsa das Americanas, levante o dedo lambuzado.
3) E chamam os jogadores daqui de pirangueiro só porque não pagam as fotos de Paparazzi.
4) Rosquinha por R$ 3,40?! E, depois, o ladrão é o De Gea…
5) Natural não ter chamado a polícia. Perder só um donut, ainda vai…

Y-M-C-A

"it's fun to stay at the... y-m-c-a!"

Os treinos do Santa Cruz estão cada vez mais lúdicos, intensos, alegres e dançantes. Um verdadeiro show, honey! Se a Série D não der certo, não vai faltar candidato para… sei lá… a Dança dos Famosos? Um rápido olhar para a foto e logo surge o sem-fim de possíveis legendas:

1) It’s fun to stay at the… Y-M-C-A!
2) Se depender do talento de Ludemar, a “boy band” vai longe.
3) O time está muito afinado e entrosado. Só falta jogar futebol.
4) Depois chamam os alvirrubros de Barbie…
5) Qual vai ser o nome do grupo? New Corais On The Block? Arruda’s Street Boys? Ou é somente o renascimento dos Menudos?

Foto: Celso Ishigami/DP/D.A Press

Timbu das Arábias

ula-ula!

Pronto. A foto é a piada.

Ok, certo. Não dá para se abster do sem-fim de possíveis legendas ao se deparar com a imagem, clicada em 2009, nos Aflitos, por Ricardo Fernandes. Era uma campanha de arrecadação de grana para as obras no CT. Ou coisa do tipo. Eis as sugestões:

1) Agora sim, o Náutico está com “gordura” para queimar nesta Série B.
2) A palavra “homem” e a seta são de sacanagem ou mero aviso?
3) O locutor, o PM e o boyzinho boquiaberto ali de trás em pleno concurso de “ali baba”.
4) Ali no chão, aos pés da moça, é o quê? Dinheiro ou devolução de ingresso?
5) E o povo ainda chama os alvirrubros de barbies. Seus maldosos…
6) Obras no CT ou obras do ET?

Quer bancar o editor de fotografia?

Fica Peixe!

aí, Peixe!

O lateral Dutra “pescou” durante o trajeto de ônibus, haja vista a idade avançada e a vista cansada, e em Cupira, onde o Santa Cruz realiza a mini-pré-temporada. Um olhar rápido sobre a foto e logo surge o sem-fim de possíveis legendas:

1) Tá vendo? Não é só o Santa Cruz que morre na beira da praia.
2) O mar coral está para peixe. Mas deixa começar a Série D…
3) Caiu na rede, é peixe. Mas, na de André Zuba, é frango.
4) “Ará! Encontrei alguém com mais escama!”, de Dutra para o peixe. E vice-versa.
5) Mal vestiu a camisa tricolor e Dutra já veio cheio de história de pescador.

Foto: Santa Cruz/Divulgação

Tiração de Onda do Clássico

o show das arquibancadas

Se o Clássico dos Clássicos não foi lá este jogo todo, as torcidas de ambos os times me fizeram desistir da ideia de pedir de volta o dinheiro do ingresso. Nestas fotos clicadas por Ricardo Fernandes, fotógrafo do Diario, um show de tiração de onda, criatividade e espontaneidade. Pensou em legendas para as fotos?

Fotos 1 e 2 (os “profetas”): O primeiro foi otimista (ou doido) demais para apostar em 5 x 1 para o Timbu. Enquanto o segundo palpitou 2 x 2 ou chamou o torcedor rubro-negro de “corno” (destaque para o gentil gesto do cara acima do que fez os dois chifrinhos).

Fotos 3 e 4 (as Barbies): Um convidou o mascot… ou melhor, o símbolo da chacota contra os alvirrubros para assistir ao jogo. O outro pegou uma boneca qualquer e a fantasiou com o uniforme timbu.

Fotos 5 e 6 (o ‘chiqueirão’): A gatinha do Náutico quis chamar a atenção com a máscara, mas só fez a marmanjada inclinar a cabeça para ver o shortinho. O outro deu sinais do suposto mau cheiro do estádio da Ilha.

Fotos 7 e 8 (os caixões): Os velhos caixões com as cores do rival, ou seja, branco e rosa para o Náutico, segundo a galera do Leão. Teve gente chamando o adversário de “Clube Barbie de Calcinha”.

Fotos 9 e 10 (os “criativos”): As aspas são propositais. Afinal, esta história de “quer ser hexa… pergunte-me como” é velhinha, velhinha. E esta bonequinha de pano da torcida do Sport ficou meio fuleira. Mas valeu a intenção, pessoal!

A Futura Cova do Leão?

Geninho, de "olho gordo"

O duelo entre Salgueiro e Santa Cruz desta segunda-feira, com vitória dos tricolores por 1 x 0, contou com a audiência de um torcedor “de peso”. Após se acomodar em um assento especial do estádio Cornélio de Barros, o técnico rubro-negro “Geninhonho” (Geninho, para os íntimos) acompanhou a partida do Carcará, o próximo adversário do Sport neste Estadual.

Um olhar rápido sobre a foto e surge o sem-fim de possíveis legendas:

1) Com o cargo ameaçado, Geninho já vislumbra novo emprego.
2) Geninho conhece a futura cova do Leão.
3) Quem diria, hein? Ver jogo do Santa Cruz para aprender sobre futebol.
4) “E por aqui não passa o cara do salsichão e do churrasco não, é?”
5) “Aquele gandula parece ter mais mobilidade do que o Renato…”
6) “Peidaram, legal. Se não foi o careca, eu ‘estoure’. Ops!”

Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

Comentários Cretinos

bom é o aviso: "acesso só para pessoas autorizadas".

Cobertura do resgate dos mineiros submersos em terras chilenas, nada para fazer… por quê não cavar ideias e fazer comentários pseudo-engraçados a respeito do assunto?

  1. - E os jogadores do Santa Cruz, hein? Doidos por uma cápsula capaz de os resgatar lá do Arruda, coitados…
  2. - Todos sabiam que o resgate no Chile daria certo após verem Joelson e Geílson darem a vitória ao Náutico…
  3. - Segundo fontes de Águas Compridas, o meia chileno “Chucky” González estaria escondido junto aos mineiros, após o fiasco aqui nos Aflitos…
  4. - De acordo com o presidente do Chile, a partir de hoje, 33 (a quantidade de mineiros) é um número mágico. Sei não, viu? Os rubro-negros não parecem muito animados com o tal do 3 (vide o duelo contra a Ponte Preta)…
  5. (pausa da cobertura, com propaganda da Amanco, aquela dos gritos através dos tubos de conexão, é deveras estratégica)
  6. - O cara reencontra a família após meses e traz pedras. Um exemplo! Esqueça a camisa “Fui a Maceió e Lembrei de Você”, viu, mãe?
  7. - Na boa? É melhor ser mineiro do Chile que mineiro do Atlético. (via @kibeloco)
  8. - Curiosa é a placa da foto acima: “Acesso solo personal autorizado”. O cidadão passa e pensa: “Pô, que droga. E eu vim de longe só para dar uma entrada neste buraco…”.
  9. Só para ser do contra e fechar em número ímpar. Noves fora!

Foto: Gobierno de Chile/EFE

Da Série “Coisas Que Não Vemos Todo Dia Por Aí”

Val Baiano é brasileiro!

Val Baiano marcou o gol da vitória do Flamengo, última quinta-feira, contra o Atlético/GO. Algo inimaginável. Digno de brasileiro (o tal do “não desisto nunca”). Assim como a capacidade de “Val Bulani” provar que o raio pode atingir o mesmo local duas vezes, temos outros exemplos de fenômenos raros.

Olha o sorriso meio amarelado da garotinha... aí, é para tomar no "kuki"...
Torcedor do Santa Cruz todo sorridente              Kuki com a verde e amarela

tubarão, Recife... tudo a ver animal em extinção
Pernambuco como sede de evento importante    Soldadinho

limonada ao leite vaca avoando
Limonada servida assim, ó                                 Vaca avoando