Privada apresentada como “trono de Damázio” é apreendida e levada em camburão: ganhou status de símbolo-fetiche do Baile de Máscaras

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

Em meio a mascarados de todas os níveis, máscaras postas, máscaras que caem, máscaras proibidas, o humor nos redime.

Diario

Diario

Esse I Baile de Máscaras Damázio, uma crítica debochada à proibição do uso de máscaras em protestos pelo governo do estado (Damázio é o sobrenome do  secretário de Defesa Social de Pernambuco), é a prova.

Diario

Diario

O evento, realizado na tarde desta quinta-feira (29) em frente ao prédio da secretaria, em Santo Amaro, foi um contraponto divertido ao clima tenso que tem marcado protestos em Pernambuco.

A iniciativa, da Frente de Luta pelo Transporte Público fechou ruas, mas tudo correu pacificamente com muita gente mascarada e policiais a postos.

diario

diario

O clímax foi a “prisão”, com direito a camburão, de uma privada.

O utensílio, de muita valia em banheiros, foi apresentada pelos manifestantes como o trono de Damázio. Como se diz por essas bandas: foi greia até uma horas.

diario

diario

Com informações e fotos do repórter e blogueiro Jailson da Paz.