MENU
COSTA NÁUTICA COROA DO AVIÃO // SOL, MAR E HISTÓRIAS PARA CONTAR
Litoral Norte é uma boa pedida para quem quer curtir a tranquilidade, além das atrações turísticas

Ilha de Itamaracá

Eternizada nas letras do saudoso Reginaldo Rossi, Itamaracá é um dos destinos mais tradicionais do litoral Norte pernambucano. As águas calmas que rodeiam a ilha e os atrativos oferecidos são bastante procurados por quem quer fugir da agitação das grandes cidades. Do Forte Orange ao Pontal, os visitantes se deparam com visuais deslumbrantes.

São pouco mais de 24 mil habitantes na ilha, segundo o IBGE. População essa que aumenta significativamente nos fins de semana, feriados e também durante o verão. Apesar da infraestrutura estar um pouco aquém no momento, Itamaracá possui alguns locais interessantes: a Lagoa Azul, localizada mais ao sul, é uma ótima pedida para quem gosta de esportes radicais, como tirolesa, e também é um excelente programa para toda a família.

A Vila Velha é um capítulo à parte. Cravado no lado sul de Itamaracá, o vilarejo parece ter parado no tempo. No caminho até lá, o visitante passa por um portão localizado às margens da estrada. A feira de artesanato que toma conta da praça do Pilar nos fins de semana é uma ótima opção para compras, assim como experimentar uma caldeirada ou peixada em um dos barzinhos da região.

O passeio para a ilhota de Coroa do Avião, outro destino bastante badalado do litoral Norte, é imperdível para quem visita Itamaracá. À noite, a pedida é curtir os bares e restaurantes da ilha, que oferecem música ao vivo. Como já diria Reginaldo Rossi, “Itamaracá é uma ilha encantada”, local “de sonho, de luz e de cor”. Graças a ele e à cirandeira Lia de Itamaracá, a cultura da ilha passou a ser conhecida nacional e internacionalmente.

Igarassu

Berço da igreja mais antiga do país (a Matriz dos Santos Cosme e Damião, construída em 1535), Igarassu é um daqueles municípios que impressionam à primeira vista. O coração turístico da cidade está localizado no centro histórico, onde a cada esquina é possível entender um pouco sobre a formação não apenas da própria cidade, mas também de Pernambuco e do Brasil. O local, que pode ser percorrido a pé, é rodeado de construções importantes.

Além da igreja Matriz, ainda há o Convento de Santo Antônio, que foi o terceiro convento franciscano a ser construído no país. A influência de Portugal pode ser percebida já na entrada: os famosos azulejos portugueses decoram as laterais da capela. No local também funciona o museu pinacoteca de Igarassu, um lugar que é parada obrigatória para quem pretende visitar o município: pinturas dos séculos 17 e 18, trazidas da Catedral da Sé, em Olinda, misturam-se aos quadros da própria cidade e levam os visitantes a uma viagem no tempo. Ainda na região está sediado o maracatu Estrela Brilhante, considerado o mais antigo do Brasil.

As belezas do município se estendem também ao litoral. Tanto os turistas quanto os próprios moradores podem aproveitar a Praia de Mangue Seco, onde é possível caminhar vários metros dentro d’água sem que o nível ultrapasse os joelhos. Ideal para crianças, o local possui um visual incrível da ilhota da Coroa do Avião e da Praia de Maria Farinha, localizada em Paulista.

Paulista

A cidade proporciona um pouco do agito típico de um município que faz parte da Região Metropolitana do Recife com a tranquilidade de locais mais afastados dos grandes centros urbanos. Com uma faixa litorânea de 14 quilômetros, o município é ideal tanto para quem quer passar vários dias descansando quanto para aqueles que preferem um bate-volta (são pouco mais de 20 quilômetros de distância até a capital pernambucana).

Já na PE-15 é possível avistar uma das chaminés das antigas fábricas de tecidos da família Lundgren (que exerceu grande importância para o município), assim como a torre da Igreja de Santa Isabel.Construído em tijolo aparente e inaugurada em 1950, o monumento chama a atenção de quem passa pelo centro da cidade devido à mistura de estilos arquitetônicos utilizados em sua construção.

O litoral é repleto de praias, sendo as mais famosas a do Janga, a de Pau Amarelo e a de Maria Farinha, essa última situada no extremo norte, no limite com o município de Igarassu. Lá, é possível ter uma visão deslumbrante da Praia de Mangue Seco, no município vizinho, e da Coroa do Avião. O local é democrático: há diversas marinas onde as pessoas podem deixar suas lanchas estacionadas, assim como um passeio de barco para aqueles que queiram atravessar para Mangue Seco.

Ainda em Maria Farinha está localizado o Veneza Water Park, o parque aquático mais conhecido do estado e visitado por diversas pessoas.

Goiana

Localizada a 60 km do Recife, quase na divisa com a Paraíba, a pacata cidade esconde verdadeiros paraísos para quem é apaixonado pelo turismo religioso e também em busca de um refúgio para veraneio.Ainda da BR-101 é possível observar as torres das igrejas coloniais que fazem parte da paisagem do local. Ao chegar ao centro da cidade, o visitante pode se sentir à vontade para caminhar tranquilamente pelas ruas e desbravar cada esquina do município.

O monumento mais famoso é o Conjunto Carmelita, datado de 1666, composto pelo Convento de Santo Alberto, Igreja de Nossa Senhora do Carmo e a Igreja de Santa Teresa da Ordem Terceira do Carmo. Em frente a elas há um imponente cruzeiro esculpido em pedra calcária. Lembranças das diferenças sociais típicas do período colonial, as igrejas de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Brancos e dos Homens Pretos, assim como a de Nossa Senhora do Amparo dos Homens Pardos são outros locais que merecem ser visitados.

Quem passa pela PE-049 em direção às belas praias do município não imagina que o distrito de Tejucupapo, às margens da rodovia, é um local de importância histórica imensurável. Foi lá que, no século 17, as mulheres do vilarejo travaram uma batalha contra os holandeses que tentaram invadir o local. Ao vencer a disputa, tornaram-se símbolo da resistência feminina e ficaram conhecidas como as heroínas de Tejucupapo. As praias de Ponta de Pedras, Carne de Vaca, Barra de Catuama, Tabatinga e Atapuz são ideais para curtir com a família.

[ FICA A DICA
GOIANA

 

  • Onde comer?
    O município possui diversos bares e restaurantes, sobretudo nas praias, onde é possível experimentar pratos típicos da região, como a caldeirada e a peixada. Outras iguarias bastante consumidas na cidade são o guaiamum cozido em pirão, a galinha à cabidela e o muçum de coco frito. O Buraco da Gia é um dos estabelecimentos mais tradicionais, conhecido pelos guaiamuns adestrados. Personalidades como Juscelino Kubistcheck, Gilberto Freyre, Assis Chateaubriand e Chacrinha já estiveram no local.
  1. Restaurante Buraco da Gia
    Rua Padre Batalha, 100, Centro. Informações: (81) 3626-0150

 

  • Lazer
    Há diversas opções de lazer, tanto no centro quanto no litoral. Além de conhecer as igrejas seculares, os visitantes podem fazer um roteiro pelos engenhos do município. No Engenho Massaranduba do Norte há a reserva ecológica Arapuá, um local voltado à prática do turismo rural. As praias são convidativas à prática de esportes como o kite-surf.
  1. Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário dos Homens Brancos
    Praça do Rosário, s/n, Centro
  2. Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos
    Praça do Rosário dos Pretos, s/n, Centro
  3. Igreja de São Lourenço
    Praça João Bandeira, Povoado de São Lourenço
  4. Arapuá Ecoaventura
    Rodovia PE-049, km 20. Informações: (81) 3224-4324

 

  • Compras
    É possível comprar peças de artesanato feitas de barro e de renda. A cidade possui vários artesãos, cujos ateliês estão espalhados por diversos locais.

 

  • O que fazer à noite?
    Apesar de pacata, a cidade possui algumas opções para quem gosta de curtir a noite. Visitantes e moradores se concentram na Rua Augusta, localizada no centro, para jogar conversa for a. Os principais points são o Botequim Tô Em Casa, que é preferido pelo público jovem, e o Bar do Japonês, frequentado por jovens e adultos.

 

  • Vale a pena conhecer
  1. Praia de Ponta de Pedras
  2. Praia de Catuamã
  3. Praia de Carne de Vaca
  4. Povoado de Tejucupapo

 

PAULISTA

 

  • Onde comer?
    São vários barzinhos e restaurantes espalhados pela cidade, sobretudo nas praias. Assim como acontece em outros municípios da região, os pratos à base de frutos do mar são os mais consumidos.

 

  • Lazer
    Os 14 quilômetros de costa fazem do município um local propício para quem quer descansar. Na praia de Maria Farinha está localizado o Veneza Water Park, o mais famoso parque aquático do estado, que possui mais de trinta atrações. O Paraíso das Águas, localizado na praia de Conceição, é outro local ideal para quem quer se divertir com a família (há piscinas rasas, ideais para criança, além de espaço para a prática de futebol, vôlei e outros esportes). O visual do pontal de Maria Farinha faz com que a praia seja bastante procurada por casais ou gestantes, que escolhem o local para realizarem sessões de foto. Os locais históricos do centro da cidade também são excelentes opções.
  1. Veneza Water Park
    Avenida Dr. Claudio José Gueiros Leite, 10.050, Maria Farinha. Informações: (81) 3436-6363 | (81) 9 9748-6022
  2. Paraíso das Águas
    Av. Dr. Cláudio José Gueiros Leite, 8600 – Nossa Sra. do Ó, Paulista. Informações. (81) 9507-2002
  3. Igreja de Santa Isabel
    Rua da feira, centro

 

  • Compras
    O centro da cidade possui uma vocação comercial muito forte, e é repleto de lojas de calçados, roupas, acessórios, entre outros. Há também o Paulista North Way Shopping, onde é possível encontrar peças de artesanato da cidade
  1. Paulista North Way Shopping
    Rodovia PE-15, km 16,5, nº242. Informações: (81) 3334-6000

 

  • Vale a pena conhecer
  1. Praia do Janga
  2. Praia de Pau Amarelo
  3. Praia de Conceição
  4. Igreja de Santa Isabel
  5. Parque do Janga

 

IGARASSU

 

  • Onde comer?
    O município possui opções de bares e restaurantes para quem gosta de frutos do mar e outros tipos de pratos típicos da região. A fritada de aratu (tipo de caranguejo) e caldeirada são marcas típicas da gastronomia local. O bairro de Saramandaia
  1. Natrielli Restaurante
    Av. Barão de Vera Cruz, rodovia BR-101 Norte, Km 24. Informações: (81) 99201-2448
  2. Restaurante Caminho da Ilha
    Rodovia PE-35, km 02, Nº 02, Centro. Informações: (81) 2626-7010 | 3543-1298
  3. Restaurante e Pizzaria Braseiro
    Avenida Alfredo Bandeira de Melo, rodovia BR-101. Informações: (81) 3545-3838

 

  • Lazer
    Quem for à cidade pode se divertir na praia de Mangue Seco, de onde é possível aproveitar o visual para fazer passeios de barco. No Centro, a dica é aproveitar os locais históricos, como as igrejas. Para quem gosta de um maior contato com a natureza, há locais específicos para a prática do camping, a exemplo do Zumbi Safari, local onde também ocorre festas rave. Ainda é possível conhecer um pouco mais sobre a fauna e a flora do município no Refúgio Ecológico Charles Darwin.
  1. Igreja Matriz dos Santos Cosme e Damião
    Rua Barbosa Lima, centro
  2. Convento de Santo Antônio (onde também fica localizado o Museu Pinacoteca)
    Rua Dom Barreto, Centro
  3. Praia de Mangue Seco
    Seguindo pela BR-101 Norte, sentido João Pessoa, dobrar na PE-014. A praia fica no fim da rodovia.
  4. Zumbi Safari
    Estrada de Nova Cruz, s/n, Nova Cruz
  5. Refúgio Ecológico Charles Darwin
    Rua Professor Bruno Maia, Zona Rural. É preciso fazer um agendamento prévio antes de ir ao local (grupos mínimos de dez pessoas). Informações: (81) 99671-6965

 

  • Compras
    A Casa do Artesão de Igarassu é o lugar ideal para quem quer fazer compras. Lá, é possível encontrar vários objetos produzidos por artistas da própria região. A casca da cajazeira é bastante utilizada para esculpir o centro histórico do município. No local ainda há licores e outros tipos de bebida.

 

  • Vale a pena conhecer
  1. Centro Histórico de Igarassu
  2. Praia de Mangue Seco
  3. Refúgio Ecológico Charles Darwin

 

ITAMARACÁ

 

  • Onde comer?
    Há várias opções para quem quer aproveitar o melhor da culinária local. Pratos à base de frutos do mar, a exemplo da peixada e do peixe grelhado ao molho de camarão, são alguns dos preferidos de turistas e moradores. Entre os estabelecimentos instalados na ilha, os mais procurados são o restaurante do Iate Clube, além do famoso Bar do Barriga e seus imperdíveis camarões crocantes.
  1. Iate Clube de Itamaracá
    Av. Beira Mar, s/n, Praia do Rio do Âmbar. Informações: (81) 3221-2648 | 99182-2648
  2. Bar do Barriga
    Rua Assunção, 30, Pilar,

 

  • Lazer
    Em Itamaracá, é possível curtir a tranquilidade do mar, praticar esportes radicais e conhecer um pouco mais sobre a história local. As praias do Forte Orange, Sossego e Pontal da Ilha são ótimos lugares para descanso e para a praticar o kite-surf. A lagoa azul e seus pedalinhos e tirolesas são ideais para crianças. Para quem gosta de locais históricos, a Vila Velha é um excelente local para visitar.
  1. Forte Orange
    Acesso ao Forte Orange, s/n, extremo sul da Ilha
  2. Lagoa Azul
    Na PE-035, pegar a primeira à direita após o acesso para a Penitenciária Agroindustrial São João. Há placas indicando o caminho
  3. Vila Velha
    Na PE-035, pegar a primeira à direita após o acesso para a Penitenciária Agroindustrial São João e seguir até o fim da estrada.
  4. Ilhota de Coroa do Avião
    Há barcos saindo do Forte Orange para o local. A travessia custa R$ 13 (ida e volta)

 

  • Compras
    Quem quiser sair da ilha com alguma lembrancinha do local pode aproveitar para ir à Praça do Pilar, onde há, nos fins de semana, barraquinhas avulsas comercializando peças de artesanato.

 

  • Vale a pena visitar
  1. Forte Orange
  2. Praia Pontal da Ilha
  3. Praia do Sossego
  4. Ilhota de Coroa do Avião
  5. Vila Velha