MENU

HISTÓRIA DOS ARRECIFES E MANGUEZAIS // UM PEDAÇO DO PARAÍSO

Praias calmas de águas cristalinas e passeios por manguezais são alguns dos cartões-postais do litoral Sul

Rio Formoso

A pacata cidade, localizada às margens da PE-60, no Litoral Sul, é um excelente refúgio para quem quer passar alguns dias longe dos grandes centros urbanos. Ao andar pelas ruas do município, a impressão que se tem é de estar em uma típica cidadezinha do interior do estado, mas com um diferencial: a praia está a poucos minutos de distância.

Apesar de o município não ter contato direto com o mar, o rio que dá nome ao local e cruza boa parte do território oferece visuais e passeios incríveis pelos manguezais, um dos principais cartões-postais do município. A Praia da Pedra, única da cidade e fluvial, é um dos locais mais famosos da localidade, assim como o Reduto, na foz do Rio Formoso. Apesar de o banho não ser muito apropriado, devido à poluição, lá é possível ter uma visão esplêndida do encontro com o mar, no ponto que serve de limite entre Sirinhaém e Tamandaré.

No centro da cidade há diversas igrejas históricas, a exemplo da Igreja de São José (padroeiro), Nossa Senhora do Livramento e Nossa Senhora do Rosário. No entanto, elas não ficam abertas durante todo o dia, funcionando apenas nos horários de realização das missas. Para quem está de passagem para as praias do Litoral Sul uma parada obrigatória, se quiser fazer um lanche rápido, é o Rei das Coxinhas, que fica às margens da PE-60. Lá, pode-se comprar o típico queijo de manteiga.

Tamandaré

Opções são o que não faltam para quem quer aproveitar o que a cidade tem a oferecer. Com uma ampla infraestrutura de hospedagem, gastronomia e serviços, Tamandaré é um dos destinos mais procurados pelos turistas. Águas limpas e calmas, visuais indescritíveis e a hospitalidade dos moradores são alguns dos principais cartões de visita da cidade. A Praia de Carneiros – considerada a 12ª mais bonita do mundo, em 2014, pelo site de viagens TripAdvisor – é um daqueles lugares que precisam entrar no roteiro de qualquer pessoa que vá à cidade.

De lá, é possível pegar um barco e fazer um agradável passeio pela região: além das praias de Tamandaré e Carneiros, os barcos desvendam as paisagens do Rio Formoso, possibilitando uma visão única dos manguezais que compõem toda aquela região. O passeio pelo Rio Ariquindá também é parada obrigatória.

Há uma completa infraestrutura de bares e restaurantes, assim como de hospedagem, com opções para todos os bolsos: de simples pousadas a hotéis luxuosos. Para quem quer passar apenas um dia, há vários restaurantes em Carneiros que operam no formato day use, onde a pessoa paga um valor determinado e tem direito a usar os atrativos oferecidos. Também é possível sair de Tamandaré com várias lembrancinhas que podem ser adquiridas no Centro de Artesanato instalado no centro do município. Por todos esses motivos, a cidade é ideal para famílias ou grupos de amigos que queiram explorar um pouco mais da Zona da Mata Sul pernambucana.

Sirinhaém

Com pouco mais de 40 mil habitantes, o município está cravado na Zona da Mata Sul do estado e possui belezas de impressionar qualquer um. Seja em uma das quatro praias que fazem parte da faixa litorânea ou na região central, quem vai à cidade dificilmente sai com a impressão de não ter visto ou feito algo interessante. Belas praias, canaviais, manguezais, usinas de açúcar e antigos engenhos compõem a paisagem.

O passeio pelo Rio Sirinhaém é parada obrigatória. Os manguezais e os demais tipos de vegetação que margeiam o curso d’água estão completamente preservados e a impressão que se tem é de estar navegando em plena floresta. Devido à tranquilidade, as praias de Barra de Sirinhaém e de Guadalupe, as mais famosas do município, são procuradas por quem está em busca de um refúgio.

A Ilha de Santo Aleixo é um capítulo à parte. Localizada a pouco mais de dois quilômetros da Praia de Barra de Sirinhaém, o local é bastante procurado por amantes da pesca, praticantes de mergulho ou simplesmente por quem deseja descansar. Apesar de não ser um lugar voltado diretamente ao turismo (o local costuma receber grupos de estudantes locais ), a Usina Trapiche é um símbolo da tradição canavieira do município. Ao lado da usina, na vila de operários, há uma maria fumaça utilizada na década de 1930 para transportar o açúcar. O ateliê Jardim das Artes, sob o comando do artesão Nido, é outro lugar que vale a pena ser visitado.

A TRAVESSIA ATÉ A ILHA DE SANTO ALEIXO

Ideal para quem gosta de locais tranquilos e pouco movimentados, a Ilha de Santo Aleixo oferece uma visão única do litoral. Os interessados podem pegar os barcos que saem da praia de Barra de Sirinhaém com destino ao local no início da manhã, passar todo o dia e retornar no fim da tarde. A travessia dura em média 15 minutos e custa cerca de R$ 30 (ida e volta por pessoa).

Foto: Ricardo Fernandes/DP

Foto: Ricardo Fernandes/DP

[ FICA A DICA
SIRINHAÉM

 

  • Onde comer?
    A cidade possui algumas opções de bares e restaurantes, sobretudo na orla. A maioria se concentra na praia de Barra de Sirinhaém, já que as demais (Guaiamum, Gamela e Guadalupe) são mais afastadas, com pouco movimento. Os pratos à base de frutos do mar são os mais tradicionais.

 

  • Lazer
    As principais opções encontradas na cidade são os passeios de barco pelo Rio Sirinhaém e também para a Ilha de Santo Aleixo, distante 2 quilômetros da praia de Barra de Sirinhaém. O passeio pelo rio dura em média XX minutos, e é possível admirar os manguezais, que estão em excelente estado de conservação. No trajeto há ainda ruínas de um cais que foi bastante utilizado nos séculos 17 e 18 para o transporte de açúcar. Os amantes de artesanato não podem deixar de ir no Jardim das Artes, localizado no centro da cidade. Sob o comando do artesão Nido, o lugar é repleto de esculturas de madeira.

 

  • Jardim das Artes
    Avenida Marquês de Olinda, n° 671, centro. (ao lado do posto de gasolina, na entrada do município). Funciona de 7h às 18h, de segunda à sábado, e das 7h às 15h aos domingos e nos feriados. Informações: (81) 99350.6422

 

  • Passeio de barco pelo Rio Sirinhaém
    Duração: 1h30 a 2 horas. Preço: R$ 400 (para grupos de dez pessoas). Informações: (81) 9.8331.5554 (falar com Ezequiel). Devido à maré, o ideal é ligar um dia antes

 

  • Vale a pena conhecer
  1. Ilha de Santo Aleixo
  2. Praia de Barra de Sirinhaém
  3. Praia de Guadalupe
  4. Praia de Gamela

 

RIO FORMOSO

 

  • Lazer
    A principal opção de lazer do município é o passeio de barco pelos manguezais. Os barcos saem da própria cidade, mas o principal ponto de embarque fica na praia de Carneiros, em Tamandaré. A cidade ainda possui a praia da Pedra, localizada às margens do rio que dá nome à cidade. O reduto, outro local bastante conhecido, é inapropriado para banho, mas é um excelente local para se admirar a paisagem e tirar excelentes fotos.

 

  • Compras
    Quem quiser sair de Rio Formoso com alguma lembrancinha pode ir à Galeria Deolinda, localizada no centro, onde há o ateliê do Tiê. Ele confecciona diversas peças e é bastante conhecido na região.

 

  • Vale a pena conhecer
  1. Praia da Pedra
  2. Reduto
  3. Manguezais (passeio de barco)
  4. Igrejas do centro da cidade

 

TAMANDARÉ

 

  • Onde comer?
    Há diversas opções de bares e restaurantes no município, que é tradicionalmente conhecido pela sua variedade gastronômica. Há opções para quem gosta de frutos do mar, cozinha contemporânea ou regional. Os licores, doces e as frutas da estação também fazem parte do cardápio do município.
  1. Restaurante da Fafá
    Rua João Salgado Pimentel, s/n, Praia dos Carneiros (dentro do Apart Hotel Marinas)
  2. Submarino Amarelo
    Av. Dr. Leopoldino Lins, 1185
  3. Tapera do Sabor
    Rua Sergipe, centro. Informações: (81) 3676-1509
  4. Bora-Bora
    Praia dos Carneiros. Informações: (81) 3676-1482

 

  • Lazer
    Há diversas opções do que fazer na cidade. Os passeios de barco pelas praias de Tamandaré, dos Carneiros e pelos manguezais de Rio Formoso são os preferidos dos turistas. É possível, ainda, praticar esportes, como caiaque, stand up paddle ou surf. Um dos principais points é o Bora-Bora, que além de ser um restaurante, oferece uma série de outros serviços aos visitantes. O passeio pelo rio Ariquindá e a visita ao Mirante do Oitizeiro, de onde é possível ter uma ampla visão do litoral.

 

  • Compras
    Tamandaré é repleta de lojinhas onde é possível adquirir lembrancinhas da cidade. O melhor lugar é o centro de artesanato, localizado no centro do município. Vinte quiosques de artesãos locais funcionam no local.
  1. Centro de Artesanato de Tamandaré
    Avenida José Bezerra Sobrinho, Centro. (ao lado do pátio da feira)

 

  • O que fazer à noite?
    Locais como o quiosque Copacabana e o restaurante Submarino Amarelo são alguns dos points durante à noite. Há várias lanchonetes, sorveterias e também o Café Degutti. Os locais são ideais para quem quer jogar conversa fora e se divertir com os amigos ou com a família. Outro estabelecimento bastante famoso é o Arena Bar, que costuma realizar eventos temáticos e é bastante procurado pelos visitantes.

 

  • Vale a pena conhecer
  1. Praia de Tamandaré
  2. Praia de Carneiros
  3. Rio Ariquindá
  4. Centro de Artesanato