SDS entrega bases do Programa Crack é Possível Vencer

Serão entregues nesta sexta-feira, pela Secretaria de Defesa Social (SDS), as Bases Móveis do Programa Crack é Possível Vencer. As bases serão entregues pela Secretária Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, Regina Miki, sendo três microônibus, seis veículos modelo Fiesta e seis motos modelo Yamaha Lander.

Os ônibus são equipados com câmeras e computadores e serão utilizados em ações de observação e investigação de inteligência nas cenas de uso de drogas. As bases móveis de videomonitoramento são adaptadas e auxiliam as ações de policiamento ostensivo de proximidade nas cenas de venda e consumo de crack e outras drogas.

O programa Crack, é Possível Vencer, é executado em parceria pelos ministérios da Justiça, da Educação da Saúde e do  Desenvolvimento Social e os governos estaduais e prefeituras. Desde 2012, o programa entrega equipamentos de segurança pública para as unidades da federação.

Da assessoria de imprensa da SDS

Assista ao vídeo sobre o especial Nascidos no crack

 

Recife terá mais 60 câmeras de monitoramento até o final deste ano

Mais 60 câmeras de monitoramento serão instaladas no Recife até o fim do ano. Essa é a previsão da Secretaria de Segurança Urbana da cidade, que inaugurou ontem o Centro de Operações da Prefeitura do Recife. A central, que está funcionando no 1º andar da PCR, monitora as 40 câmeras instaladas em 13 bairros da capital e em dois grandes parques – o Parque 13 de Maio recebeu seis (o maior número de equipamentos) e o da Jaqueira, cinco. O investimento para a compra dos equipamentos e a montagem da central foi de R$ 1,8 milhão.

Centro de Operações foi inaugurado nessa quinta-feira. Foto: Wagner Oliveira/DP/D.A.Press

Centro de Operações foi inaugurado nessa quinta-feira. Foto: Wagner Oliveira/DP/D.A.Press

De acordo com o prefeito do Recife, Geraldo Julio, a meta da prefeitura é ter 400 câmeras instaladas na cidade até o fim da gestão. “Essa é uma ação concreta da Pacto pela Vida do Recife, que mostra a força da integração da segurança entre a cidade e o estado, pois nessa central estamos visualizando as outras câmeras da Secretaria de Defesa Social (SDS)”, destacou o prefeito.

Além dos dois principais parques, as câmeras estão espalhadas pelos bairros do Cabanga, Ilha Joana Bezerra, Coelhos, Ilha do Leite, Boa Vista, Soledade, Graças, Jaqueira, Santo Amaro, Santo Antônio, Bairro do Recife, Espinheiro e Torrões. “Com a inauguração dessa central, estamos passando a monitorar não só a questão da segurança, mas também de defesa civil, controle urbano e mobilidade. A nossa previsão é chegar até o fim do ano com 100 equipamentos em operação. Para isso, devemos instalar mais 60 câmeras nos próximos três meses”, declarou o secretário de Segurança Urbana do Recife, Murilo Cavalcanti.