PMs e Bombeiros podem decretar greve nesta quarta-feira

Está marcada para esta quarta-feira a assembleia geral dos policiais e bombeiros militares de Pernambuco. As duas categoria podem decidir pela greve devido às negativas do governo do estado quanto ao reajuste salarial de 6,5% e à reposição salarial de 18,5%. A votação vai acontecer em frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco. De lá, os PMs prometem seguir em caminhada até o Palácio do Campo das Princesas. Os PMs e bombeiros reclamam que estão há dois anos sem reajuste salarial, sem hora extra, adicional noturno e insalubridade.

Foto: Jaqueline Maia/DP

Tropa está insatisfeita com o governo. Foto: Jaqueline Maia/DP/Arquivo

A possibilidade da deflagração de greve ganhou força depois de uma entrevista concedida pelo secretário de Administração, Milton Coelho, a um programa de rádio local. A categoria ficou insatisfeita ao ouvir críticas à pauta de reivindicações e a negativa de reajuste salarial que, segundo a classe, vem sendo discutidas há cerca de dois anos. Além do reajuste e da reposição, as categorias pedem a mudança do Código Disciplinar, a reestrutração do Hospital da PM e a implantação do plano de cargos e carreiras.

Segundo a Associação Pernambucanas de Cabos e Soldados (ACS-PE), a tropa está trabalhando em condições precárias, sem materiais básicos de profissão, como armamentos, coletes e viaturas. Os PMs dizem ainda que até o fardamento, que seria de responsabilidade do estado, eles estão tendo que comprar do próprio bolso. “Nossa corporação está em pleno abandono e sucateada. É um descaso com os pais de família que doam suas vidas em defesa da sociedade diariamente”, disse a nota enviada pela ACS-PE.

Fórum no Recife vai discutir assuntos polêmicos ligados à segurança pública

A Associação Pernambucana de Cabos e Soldados (ACS-PE) está promovendo desta quarta até a próxima sexta-feira (28), no Recife Praia Hotel, em Boa Viagem, o IX Fórum Nacional de Entidades Representativas da Polícia Militar e dos Bombeiros Militares.

O evento contará com a participação de 20 entidades de todo o Brasil que discutirão assuntos que estão sendo tratados pelas associações, como a desmilitarização da Polícia Militar, o ciclo completo da polícia, voto em trânsito, código de ética e a criação do Ministério de Segurança Pública.

Os dois primeiros dias do evento serão fechados para as associações participantes. “A nossa ideia é unificar a pauta de reivindicações nacional, além de trocar experiências de como está sendo realizado o trabalho em cada estado. No terceiro dia, vamos abrir para todos os policiais do estado. Esperamos mais de 300 participantes durante todo o dia”, comentou o presidente da ACS-PE, Alberisson Carlos.

Na sexta-feira, serão discutidas as Propostas de Emendas Constitucionais (PECs) 024 e 300. A PEC 024 cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Segurança Pública, que tem como objetivo melhorar as condições de atuação das forças policiais estaduais.

Cabos e Soldados querem reunião com novo titular da SDS

A Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados (ACS – PE) está preparando um documento a ser encaminhado ao novo secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, que acabou de assumir a pasta, constando solicitações antigas da tropa e que vinham sendo discutidas com o ex-secretário Wilson Damázio.

“Para nós que fazemos a Associação, não importa quem está à frente da SDS. Queremos o devido respeito à categoria, ouvindo nossos clamores e atendendo nossas solicitações. Sendo assim, não podemos perder tempo e devemos ter, o mais breve possível, reunião com o Carvalho”, afirmou Renílson Bezerra, presidente da ACS-PE.

Dentre às solicitações que devem ser apresentadas ao novo secretário e que estavam sendo discutidas, podemos citar:

– Mais mil vagas de promoção para cabos;

– Aprovação da nova Lei de Promoção (com promoções proporcionais para todos os postos e graduações, do soldado ao coronel);

– Pagamentos de diárias;

– Mudanças no Código Disciplinar (com o fim da prisão e inclusão de penas alternativas);

– Condições de trabalho (cargas horárias excessivas, viaturas sucateadas, coletes vencidos);

– Reestruturação do Hospital da PMPE (com a convocação de novos médicos);

– Convocação dos Aprovados 2009 (aumento do efetivo);

– Etapa de Alimentação para os Bombeiros;

– Aumento do Valor da Etapa de Alimentação;

– Aumento da Gratificação de Motorista.

Associação denuncia abandono da Polícia Militar no interior de Pernambuco

Uma comitiva da Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados da Polícia Militar (ACS–PE) viajou, na semana passada, para o interior do estado, com o objetivo de verificar as condições de trabalho dos policiais militares no Agreste e Sertão de Pernambuco. As visitas foram feitas nas cidades de Águas Belas, Itaíba, Manaíra, Inajá, Tacaratu, Carnaubeira, Nova Petrolândia, Floresta, Trevo do Ibó, Cabrobó, Orocó, Santa Maria da Boa Vista, Salgueiro, Bom Nome e Algodões.

Unidade policial da cidade de Águas Belas foi visitada. Foto: Wagner Oliveira/DP/D.A Press

Unidade policial da cidade de Águas Belas foi visitada. Foto: Wagner Oliveira/DP/D.A Press

O coordenador Renílson Bezerra, os diretores Romero Galindo e Luiz de Melo e o advogado Maurício Gomes puderam constatar que a tropa está abandonada. Segundo a ACS, em algumas localidades, apenas dois homens trabalham para garantir a segurança de uma população de 22 mil pessoas. Foram encontrados postos de policiamento sem água ou banheiro, trailers à beira da estrada sem nenhuma proteção para praças, poucas viaturas e escalas abusivas.

A ACS-PE pede que “as autoridades competentes mudem o tratamento dado a esses profissionais, voltando à atenção para a garantia da proteção primeiro do policial para que ele possa realizar seu serviço em defesa da sociedade. Afinal, o Pacto pela Vida também deve ser para os PMs. Deve ser pela vida e dignidade do policial militar e bombeiro.”

ACS-PE faz manual para orientar novos PMs na atuação durante o carnaval

A associação Pernambucana dos Cabos e Soldados (ACS – PE) elaborou um panfleto com dicas para os 1.390 alunos do Curso de Formação de Soldados (CFSd) que estarão estagiando durante a folia de momo em todo o estado (confira as dicas abaixo). A idéia é minimizar as possibilidades de riscos de vida para os mesmos, já que eles estarão fardados e sem armamento. O material já está no ar no site da entidade e será distribuído nos principais focos de animação.

“Além disso, disponibilizamos para todos os policiais e bombeiros militares (antigos e novinhos associados da ACS – PE) uma equipe de advogados”, conta o coordenador Renílson Bezerra. Esses profissionais estarão à disposição da tropa, 24 horas por dia, durante todo o carnaval. Das 18h da sexta- feira (08/02) até as 18h da Quarta-feira de Cinzas. As dicas a seguir são direcionadas ao efetivo militar, porém, algumas delas, servem também como orientação para o folião que vai aproveitar o carnaval.

Veja o que diz o panfleto que será entregue aos novos PMs:

NOVINHO, FIQUE LIGADO!

– EVITE ANDAR SOZINHO. ANDE SEMPRE EM GRUPO;
– NUNCA HAJA SOZINHO E NÃO TENHA VERGONHA DE PEDIR APOIO AOS ANTIGOS. LEMBRE-SE: VOCÊ NÃO É HERÓI, É DE CARNE E OSSO E NEM TEM EXPERIÊNCIA EM OCORRÊNCIAS;
– NÃO HAJA COM EMOÇÃO. NÃO LEVANTE A TONFA PARA AGREDIR ALGUÉM. HAJA SEMPRE COM CAUTELA AO USAR TAL EQUIPAMENTO;
– NEM SEMPRE O ATAQUE É A MELHOR DEFESA. GARANTA PRIMEIRO A SUA PROTEÇÃO E A DO SE COMPANHEIRO;
– ESTEJA SEMPRE ATENTO. CASO ALGUÉM LHE CHAME PARA ALGUMA OCORRÊNCIA FORA DO FOCO DA FOLIA, CHAME SEMPRE OUTRA PATRULHA;
– CASO HAJA OCORRÊNCIA COM TIROS, DEIXE QUE A POLÍCIA ESPECIALIZADA OU GRUPO DE POLICIAIS COM ARMAS CHEGUE AO LOCAL E ASSUMA OS RISCOS;
– SE HOUVER VÍTIMA, FAÇA O ISOLAMENTO DO LOCAL, POR PRECAUÇÃO;
– AO TERMINAR O SERVIÇO, TROQUE IMEDIATAMENTE DE ROUPA. NÃO SAIA FARDADO;
– SE PUDER, AO SAIR DO LOCAL DA FOLIA, PEGUE UM TAXI ATÉ PELO MENOS DOIS QUILÔMETROS LONGE DO LOCAL ONDE ESTAVA ATUANDO;
– SE FOR PEGAR ÔNIBUS, NÃO FIQUE EM PARADAS COM AGLOMERAÇÕES DE PESSOAS. AGUARDE AFASTADO E OBSERVE O AMBIENTE E EVITE ANDAR EM ÔNIBUS LOTADOS;
– ANDE COM POUCO DINHEIRO NA CARTEIRA. O SUFICIENTE PARA O TÁXI DA VOLTA PARA CASA;
– LEVE SEMPRE RG E CÓPIA DE CONTRA-CHEQUE OU QUALQUER DOCUMENTO QUE COMPROVE SUA PARTICIPAÇÃO NO CFSD.
– USE CELULARES SIMPLES, POUCO ATRATIVOS;
– EM CASO DE EMERGÊNCIA, LIGUE PARA O PLANTÃO JURÍDICO DA ACS- PE. ESTAREMOS FUNCIONANDO 24 HORAS.