Policiais e bombeiros de Pernambuco sem férias neste mês de janeiro

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco suspendeu as férias de todos os policiais militares e civis, e também dos bombeiros que atuam no estado neste mês de janeiro. Os PMs tiveram o benefício suspenso desde o período de 15 a 31 de dezembro do ano passado. Como no mês de fevereiro os policiais não saem de férias por causa do carnaval, só será possível retomá-las a partir de 2 de março.

Foto: Julio Jacobina/DP/D.A Press

PMs foram convocados para garantir o policiamento ostensivo nas ruas. Foto: Julio Jacobina/DP/D.A Press

A intenção é garantir o policiamento ostensivo durante a operação padrão deflagrada pelos policiais militares e bombeiros desde o dia 6 de dezembro, além de assegurar que as investigações para elucidar os crimes sejam cumpridas. Apesar disso, a população tem sentido na pele os efeitos da insegurança no estado. Nem mesmo a presença do Exército nas ruas tem feito os criminosos deixarem de agir. Pelo contrário, os relatos de assaltos têm aumentado a cada dia.

A SDS também já determinou a aplicação de punição para os policiais que deixaram de cumprir o Programa Jornada Extra de Segurança (PJES). A recusa em participar deste programa vem comprometendo o policiamento ostensivo, já que houve redução no efetivo. A Associação de Cabos e Soldados (ACS) diz que a prorrogação da suspensão das férias é uma retaliação da SDS contra a categoria.

Equipe formada por PMs leva alegria a pessoas hospitalizadas

Quem está hospitalizado, além de cuidados médicos precisa da atenção de familiares e dos amigos. Isso ajuda na recuperação dos pacientes. Pensando nisso, um grupo de policiais militares do 19º BPM resolveu arregaçar as mangas para levar alegria aos leitos de hospitais. O grupo batizado de Equipe da Felicidade tem realizado várias visitas a colegas de farda e até a familiares deles.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A foto acima mostra a visita realizada pelo grupo à soldado Andrea, que teve seu primeiro filho recentemente. Os PMs fazem visitas a crianças doentes, levam presentes e fazem brincadeiras. Um verdadeiro exemplo de cidadania e respeito ao próximo. São de ações como essa que precisamos para deixar o mundo melhor. E não falo somente que devam partir de policiais militares, que muitas vezes são vistos apenas como opressores, mas é uma atitude que deve ser praticada por todos.

Foto: Polícia Militar/Divulgação

Foto: Polícia Militar/Divulgação

FESTA
No início deste mês, o sonho de princesa se realizou para uma menina impactada por uma dura realidade. Policiais do 12° Batalhão da Polícia Militar, localizado na Várzea, no Recife, realizaram uma festa de aniversário para Emily, que perdeu a mãe em fevereiro deste ano e, em seguida, foi separada do irmão. Os sete anos de vida foram festejados às 19h, no Buffet Cometa Kids, na Cidade Universitária, com direito a bolo, doces, salgados, decoração, animação, pula pula, piscina de bolinha, carrinho de pipoca e algodão, tudo com a colaboração de parceiros tocados pelo drama.

No último dia 14 de fevereiro, domingo após o carnaval, ela e o irmão, de oito anos, chamaram a atenção dos policiais ao chegarem à sede do batlhão de mãos dadas e chorando, pedindo ajuda para socorrer a mãe, que estava em casa passando mal e que havia desmaiado. O mais velho, Wellington, contou à soldado Josélia que ouviu os gemidos da minha mãe e, ao olhar pelo buraco da janela, a viu se contorcendo e passando mal. Com a irmã caçula pelo braço, o menino fechou a porta da casa e foi à procura de socorro.

Policiais e bombeiros protestam em Brasília por melhores condições de trabalho e reajuste salarial

Policiais militares, civis, agentes das polícias Federal e Rodoviária Federal, além de bombeiros de todo o país promoveram nesta quinta-feira uma manifestação, no centro de Brasília, por melhores condições de trabalho, reajuste salarial e a criação de um ministério da segurança pública.

Segundo os organizadores do movimento e a Polícia Militar do Distrito Federal, cerca de 15 mil pessoas participaram do protesto, que interrompe o tráfego no sentido Congresso Nacional – Rodoviária do Plano Piloto. Antes disso, os manifestantes bloquearam as duas vias de acesso à Esplanada dos Ministérios. Eles vão se concentrar em frente ao Palácio do Buriti, sede do governo local. O ato é acompanhado por centena de carros.

Segundo o presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis, Janio Gandra, o ato quer chamar a atenção das autoridades públicas e da população para os problemas das polícias em todo o país.

“Entregamos um documento com as nossas insatisfações. A polícia não consegue mais investigar e cumprir o seu papel e não é por culpa dos policiais. Mas pela má gestão”, disse Janio Gandra à Agência Brasil.

Ele defendeu a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 51 que, entre outros pontos, trata da desmilitarização da polícia. “No estado democrático de direito uma Polícia Militar é para guerra e não lidar com o povo”, acrescentou.

Já o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar e Bombeiros do DF, Ricardo Pato, disse que a manifestação reivindica a modernização das policias e a unificação delas. “Queremos o ciclo único das policias. As polícias do Brasil estão pedindo socorro. Há muitos anos que estamos sendo deixado de lado”, disse Pato.

Da Agência Brasil

Policiais civis fazem assembleia nesta quinta-feira

Esta prevista para a noite desta quinta-feira a assembleia dos policiais civis de Pernambuco, que podem deflagrar estado de greve. O encontro irá acontecer no auditório do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), às 19h, no bairro de Santo Amaro.

Durante a reunião, vai ser definido um calendário de mobilizações. A categoria pede, entre outras coisas, o aumento do efetivo, aumento salarial e a diminuição da carga horária de trabalho. Segundo o presidente do Sinpol, Cláudio Marinho, uma pauta de reivindicações já foi entregue ao governo do estado, mas, até o momento, não houve resposta.

De acordo com ele, as últimas contratações da PC aconteceram em 2007, quando 600 policiais foram integrados ao efetivo. De lá para cá, 38% dessas pessoas já pediram exoneração. “O excesso de carga horária e o acúmulo de serviço para atingir as metas do Pacto pela Vida está comprometendo a saúde dos policiais”, comentou o presidente do Sinpol.

Na pauta de reivindicação dos policiais também consta a recomposição da grade remuneratória, em que eles pedem o aumento de 70%, descongelamento do plano de cargos e carreiras e recomposição do quadro efetivo. Cláudio Marinho afirma que em Pernambuco existem 6,8 mil policiais civis e que eles trabalham 44h semanais.

O titular da pasta de Defesa Social, Wilson Damázio, afirmou que os policiais civis estao recebendo os reajustes anuais que foram acertados no ultimo acordo com o governo e que para 2014 a categoria receberá um novo reajuste de 14%.

 

SDS divulga esquema de segurança para o São João

São João com segurança. A Secretaria de Defesa Social (SDS) anunciou o esquema que começa a funcionar neste sábado e segue até o dia 30 deste mês. Nesse período, 47.318 policiais militares, civis e bombeiros vão garantir a tranquilidade dos forrozeiros em todo o estado. Esse número representa o reforço de cerca de 30 mil profissionais nos polos de animação na capital e cidades do interior. A SDS suspendeu as férias dos policiais e bombeiros. Com a medida, obteve um adicional de 10% do efetivo.

Secretaria de Defesa<br />
Social destacou a atenção<br />
maior também a Caruaru,<br />
no Agreste (ELISA JACQUES. ESP DP/ D. A PRESS)

“O foco principal é Caruaru, onde há mais movimento”, destacou o secretário de Defesa Social, Wilson Damázio. Em parceria com a prefeitura da cidade do Agreste, a SDS também vai instalar 20 câmeras de monitorameno de segurança no entorno do Pátio do Forró. “Estamos nos dedicando de forma especial neste São João pois, durante as festas juninas, teremos a Copa das Confederações e precisaremos desses reforços”, acrescentou o secretário.

Para ampliar o trabalho de segurança em Caruaru, os PMs vão utilizar, pela primeira vez, aparelhos de GPS e smartphones com aplicativos para ter maior controle no meio do público. “As gravações de vídeos e chamadas vão facilitar o trabalho de policiais, que poderão localizar as infrações nos pontos mais críticos da festa”, explicou o comandante geral da Polícia Militar de Pernambuco, coronel Carlos Pereira. A cidade também terá uma unidade móvel de ouvidoria funcionando no Pátio do Forró de 22 a 24 deste mês, das 20h às 3h.

No Recife
No Sítio da Trindade, maior polo do Recife, cerca de 1,2 mil PMs vão estar presentess. Os polos do Pátio de São Pedro, Praça do Arsenal e Parque Dona Lindu somam o reforço de 724 policiais, enquanto outros 1,2 mil PMs vão reforçar os principais polinhos, entre eles, o do Nascedouro de Peixinhos, Várzea e Rua da Moeda no Recife Antigo.

A SDS vai disponibilizar, também, uma delegacia virtual com uma unidade fixa no Sítio da Trindade, no Recife. A delegacia terá computadores disponíveis para que os usuários possam registrar as ocorrências da festa a partir de hoje. A população também vai receber dicas de prevenção de acidentes e de segurança em 10 mil panfletos que serão distribuídos durante a festa.

Do Diario de Pernambuco