Governador autoriza contratação de 1000 PMs do concurso de 2009

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, assinou nesta quinta-feira dois atos relacionados à segurança pública. Um deles trata do Projeto de Emenda Constitucional, que altera o artigo 103 da Constituição Estadual: na prática, transformará a carreira de delegado de Polícia Civil em jurista.

O segundo, e mais esperado por uma legião de 12 mil pessoas, autoriza a convocação de 1.000 aprovados no último concurso da Polícia Militar, realizado em 2009, para recompletar o efetivo.

Aprovados sonham em usar a farda da PM e trabalhar. Foto: Carolina Braga/Esp. DP/D.A Press

Aprovados sonham em usar a farda da PM e começar trabalhar. Foto: Carolina Braga/Esp. DP/D.A Press

As assinaturas ocorreram na abertura da reunião do Comitê Gestor do Pacto pela Vida, que aconteceu na sede da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado. O governador agradeceu o empenho das equipes que trabalham no Pacto e parabenizou pelos resultados já alcançados. Ressaltou, ainda, benefícios das medidas para a segurança do estado. “O recompletamento do efetivo será direcionado às áreas de maior desafio do ano no Pacto pela Vida”, destacou Campos.

O chefe de Polícia Civil, Osvaldo Morais, comemorou a ação, que atende a um pleito antigo da categoria. “Isso não é só importante para os delegados, mas também para a sociedade. A sociedade vai ter um profissional motivado e qualificado”,  diz Morais.

Já os mil aprovados no último concurso da PM serão submetidos a segunda etapa do concurso, e, em seguida, ao curso de formação para serem nomeados. “Esses policiais que serão contratados vão repor os que estão saindo. Vamos procurar reforçar as áreas mais problemáticas, em termos de resultados, do Pacto pela Vida, para que possamos priorizar a distribuição desse efetivo para essas áreas”, afirma o comandante geral da Polícia Militar, Carlos Pereira.

Com informações da assessoria do governo do estado

SDS anuncia o reforço no policiamento para Semana Santa

Um total de 9.045 profissionais de segurança estão garantindo a tranquilidade da população local e dos turistas que procuram os municípios de Brejo da Madre de Deus (Nova Jerusalém), Gravatá e Recife durante o feriadão da Semana Santa. O incremento em relação ao ano passado foi de 7,8%. O esquema de segurança foi iniciado no dia 21 e seguirá até o Domingo (31).

A Polícia Militar utiliza um efetivo de 5.715 policiais nos principais pontos de grande concentração. Policiais das unidades especializadas como Regimento de Polícia Montada – RPMon, CIPMoto, Ciatur, BPtran, BPRv, Ciosac estão apoiando os batalhões e companhias das respectivas localidade. Em Fazenda Nova, o efetivo lançado foi de 3.828 PM´s distribuídos em 40 viaturas, um posto de comando, 33 patrulhas e sete plataformas.

Em Gravatá, 288 profissionais militares também foram destacados para garantir a segurança dos moradores e visitantes que participam dos shows realizados na cidade, além de 21 viaturas, um posto de comando, três plataformas e uma unidade especializada. No Marco Zero, no centro do Recife, 780 PM’s estão garantindo a segurança de quem irá assistir ao espetáculo da Paixão de Cristo, além de 20 viaturas, três plataformas e três unidades especializadas. As rodovias que dão acesso aos municípios onde ocorrem os espetáculos também estão contando com esquema especial.

A Polícia Civil conta com o policiamento total de 1.109 profissionais de segurança sendo 957 no Agreste, entre delegados, agentes, escrivães e motoristas, além de 34 viaturas. Serão quatro delegacias móveis atendendo em Fazenda Nova, Gravatá e Recife. Em Gravatá a Polícia Civil, conta com 120 policiais . No Marco Zero, Centro do Recife, a Polícia Civil empregou um efetivo de 152 policiais e 11 viaturas.

O Corpo de Bombeiros, está atuando, nas rodovias e nas praias além do município de Brejo da Madre de Deus, com um total de 2.221 homens. Em Fazenda Nova, são 1.077 homens, em Gravatá, 226 bombeiros, no Recife, 56 bombeiros. O efetivo também foi espalhado nas diversas rodovias que dão acesso aos locais da encenação com 539 homem em 19 postos avançados. Nas praias são 234 homens utilizando 13 embarcações e 8 viaturas. Neste ano o Corpo de Bombeiros está utilizando o total de 33 viaturas, 80 embarcações e 21 postos avançados.

Com informações da assessoria de imprensa da SDS

 

PMs farão vários plantões no São João

 

A Secretaria de Defesa Social (SDS), por meio da sua assessoria de comunicação, informa ao blog que o número de policiais militares que foi divulgado para o policiamento do São João do estado (33.763) foi bem maior que o total do efetivo (cerca de 20 mil homens) porque muitos PMs irão fazer plantões extras durante as festividades. No entanto, isso não quer dizer que um PM vai se transformar em dois! Serão os mesmos profissionais trabalhando mais. A SDS afirma ainda que a diária de R$ 94 paga no período é o grande atrativo para os policiais aceitarem as jornadas extras. O órgão diz ainda que está à disposição da população para apresentar os números do efetivo de policiais destacados para garantir a segurança no São João.

Confira a nota enviada ao blog pela assessoria de comunicação da SDS:

 

1. O número de 33.763 são escalas extras, três mil a mais do que no ano passado, isto significa dizer que o mesmo  policial pode tirar mais de uma escala no período junino, bem como os policiais civis com 9.557 plantões extras para suprir a demanda. Já os bombeiros contam com 4.159 plantões extras. No mesmo caso dos Policiais Militares,  os Policiais Civis e Bombeiros também tiram mais de um plantão.  Nestas épocas de festas muitos policiais se disponibilizam a tirar mais de um serviço, por este motivo o número de Policiais Militares aumentou 9,8%, Policiais Civis 49,1%, Bombeiros Militares 4,8%. Todos estes números foram contabilizados pelas Diretorias Gerais de Operações dos Órgãos Operativos  da Secretaria de Defesa Social.

2. Acrescentamos ainda que a diária nos finais de semana no período Junino passa de R$ 54 reais para R$ 94, contabilizando um investimento realizado pelo Governo do Estado de R$ 2,3 milhões, que serão pagos com diárias extras aos profissionais de segurança.

3. Finalmente, depois deste esclarecimento e das matérias bem elaboradas e postadas nos três principais jornais de circulação no Estado, achamos que não resta nenhuma dúvida ao internauta, que não houve nenhuma “mágica” realizada pela Secretaria de Defesa Social. Caso reste ainda alguma dúvida ao internauta, pedimos ao mesmo para entrar em contato com o Centro Integrado de Comunicação -31835324- que teremos o maior prazer em lhe mostrar as escalas extras dos quatro Órgãos Operativos da SDS.