SDS promete convocar os 1.612 PMs aprovados em 2009

 

A longa espera dos 1.612 aprovados no último concurso da Polícia Militar do estado tem data certa para acabar. Pelo menos se a promessa do governo do estado for cumprida. A PM deve receber esse reforço no início do próximo ano. Durante coletiva de imprensa realizada na manhã dessa sexta-feira, o secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, anunciou a convocação de 1.612 aprovados no último concurso público da PM, realizado em 2009. Antes de ir às ruas, os convocados terão quer passar por curso de formação que começa em setembro e deve durar cinco a seis meses.

O secretário anunciou, ainda, que será aberto novo concurso público para oficiais da PM (120 vagas) e do Corpo de Bombeiros (20 vagas). A data de realização, no entanto, ainda não foi definida. Também serão nomeados 50 médicos legistas para atuar no Instituto de Medicina Legal do Recife e no complexo da Polícia Científica que será inaugurado em outubro, em Caruaru.

Outra novidade mexe no bolso de todos os envolvidos nas ações do Pacto pela Vida. O Prêmio de Defesa Social (PDS) foi reestruturado. Antes, a gratificação só era concedida caso o estado batesse a meta de redução de 12% dos crimes violentos letais intencionais. No primeiro semestre deste ano, a redução ficou em 10%, mas 16 das 26 áreas integradas (conjunto de bairros ou municípios) do estado alcançaram os 12%. Como o índice do estado ficou abaixo da meta, ninguém recebeu o prêmio. A partir deste semestre, isso muda. A premiação será concedida às áreas que chegarem aos 12%, independentemente do resultado geral do estado.

Delegados tirados da Corregedoria para fazer plantões

 

Uma portaria da Secretaria de Defesa Social (SDS) que deve ser publicada nesta quarta-feira já está causando polêmica desde o início desta semana. Por determinação do secretário Wilson Damázio, três delegados que estão lotados na Corregedoria Geral da SDS foram deslocados, temporariamente, para atuar em plantões de delegacias do Recife. A medida, segundo fontes do blog, seria contra a lei. A justificativa da SDS seria a de que como muitos delegados estão de férias neste mês, os delegados que estavam na Corregedoria poderiam suprir essas faltas.

Os profissionais que deixarão as atividades na Corregedoria Geral da SDS são os delegados Camila Figueredo, que passará a dar plantão na Delegacia da Mulher, Diogo Martins e Carlos Ferraz, que irão reversar os plantões da Delegacia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife.

A falta de delegados para atuar nas delegacias e nos plantões do estado é assunto que vem ganhando destaque desde o início deste ano. No mês passado, por exemplo, vários profissionais entregaram os plantões pelos quais estavam respondendo porque, além das precárias condições de trabalho, estavam acumulando duas ou mais delegacias.

Mortes no mês de junho apresentam redução no estado

 

O número de pessoas mortas de forma violenta não é algo que possa ser comemorado, afinal são vidas perdidas ou roubadas. Pernambuco, que já figurou entre os estados mais violentos do Brasil, sabe bem o que isso quer dizer. No entanto, a Secretaria de Defesa Social (SDS) está feliz por ter consigo reduzir o número de assassinatos no estado. O balanço do primeiro semestre foi fechado com o melhor resultado desde o lançamento do Pacto pela Vida, em maio de 2007. Em relação aos anos anteriores, o estado alcançou a melhor redução da série histórica do mês de junho, com a redução de 7,3% no número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). Segundo a SDS, foram 267 registros, 18 a menos se comparado ao mesmo mês do ano passado e 23 a menos que no mês de maio deste ano. Os melhores índices foram registrados em Jaboatão dos Guararapes, Igarassu e Limoeiro, cujos resultados foram os menores desde o lançamento do programa. O fim do primeiro semestre também significou uma redução de 10,02% na taxa de CVLIs e o alcance da marca de 37,3 homicídios para cada 100 mil habitantes. Enquanto isso, o município do Cabo de Santo Agostinho, ainda não conseguir reduzir seus índices de criminalidade. Veja matéria no link abaixo sobre a violência no local.

 

Saiba mais

285 CVLIs registrados em junho de 2011
267 CVLIs registrados em junho de 2012

3,21 CVLIs para cada 100 mil habitantes em junho de 2011
2,97 CVLIs para cada 100 mil habitantes em junho de 2012
7,3% de redução

Mês de junho dos anos anteriores

2007 – 362 homicídios
2008 – 373 homicídios
2009 – 304 homicídios
2010 – 286 homicídios

3 cidades alcançaram a menor taxa de CVLIs da série histórica
Jaboatão dos Guararapes – 49,4 para cada 100 mil habitantes
Igarassu – 40,9 para cada 100 mil habitantes
Limoeiro – 21,6 para cada 100 mil habitantes

5.059 vidas foram salvas desde a implantação do Pacto Pela Vida
14 é a quantidade de meses que o estado fecha o mês com menos de 300 CVLIs
registrados

PRIMEIRO SEMESTRE  DE 2012
10,02% foi a redução na taxa de CVLI por 100 mil habitantes no primeiro
semestre do ano, em relação ao mesmo período do ano passado

1.702 CVLIs foram registrados no primeiro semetre de 2012
1.875 CVLIs foram rgistrados no primeiro semestre de 2011

Fonte: Secretaria de Defesa Social (SDS)

 

*Colaboração da repórter Alice de Souza


Clique aqui e leia matéria sobre a criminalidade no Cabo de Santo Agostinho:


A única mulher entre os 100 criminosos mais procurados

 

Janaína Maria Cardoso da Silva, 30 anos, está sendo “procurada” pela polícia há quase um ano. No dia 2 de abril do ano passado, por volta das 19h, segundo a Justiça, Janaína matou uma mulher identificada como Samira Maria da Conceição, utilizando uma arma de fogo. O crime aconteceu no bairro de Amaro Branco, em Olinda, no Grande Recife, e desde de então ela não foi encontrada pela polícia. No dia 21 de julho de 2011, Janaína teve a prisão preventiva decretada pela juíza Simone Cristina Barros. Como não foi localizada até agora, passou a fazer parte do livro Alvos Procurados, material desenvolvido pela Secretaria de Defesa Social (SDS) onde estão reunidos os nomes das pessoas acusadas de crimes de homicídios e tentativas de homicídios que estão com as prisões decretadas e ainda não foram presas. Atualmente, Janaína é a única mulher entre os cem primeiros nomes mais procurados. A lista completa com fotos e informações sobre os crimes e criminosos, além dos mandados de prisão podem ser acessados através do site: www.sds.pe.gov.br. A população pode e deve ajudar a capturar esses foragidos. Quem tiver informações sobre o paradeiro de algum deles, basta telefonar e fazer a denúncia. O anonimato é garantido. Os telefones são: 0800.081.5001, da Ouvidoria da SDS, e (81) 3421.9595, do Disque-Denúncia.

 

 

O mandado de prisão expedido contra Janaína determina que um oficial de Justiça ou qualquer outro agente da força pública prenda e recolha à Colônia Penal Feminana do Recife ou outra unidade destinada ao mesmo fim a denunciada Janaína Maria Cardoso da Silva. Entre os 100 mais procurados pela SDS estão ainda dois acusados de homicídios de grande repercussão em Pernambuco. O primeiro deles é o comerciante José Ramos Lopes Neto. Em 1989, segundo a Justiça, Ramos matou a ex-esposa Maristela Ferreira Just e ainda atirou contra os dois filhos de 2 e 4 anos e no ex-cunhado. Após ser condenado, o comerciante teve a prisão decretada no dia 2 de junho de 2010. Desde então, encontra-se foragido. Outro acusado de crime que ainda estão solto é o ex-comissário da Polícia Civil de Pernambuco Eduardo Moura Mendes, 50. Ele foi acusado de assassinar com vários tiros a companheira Izaelma Cavalcante Tavares, em dezembro do ano passado. Izaelma ainda passou seis dias internada no Hospital da Restauração, mas não resistiu aos ferimentos. Se você tiver alguma pista que ajude a polícia a encontrar um desses criminosos ou qualquer outro da lista, faça a denúncia a ajude a diminuir a impunidade.

 

SDS espera que governo convoque aprovados

O secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, disse na manhã de hoje, em entrevista na Rádio Clube AM, no programa de Jota Ferreira, que o governo do estado ainda está estudando de que forma vai convocar os 1.612 aprovados no concurso da Polícia Militar e os aprovados no concurso da Polícia Civil. “Já encaminhamos o pedido para a Secretaria de Administração (SAD) que está analisando essa situação. Eu mesmo propus que não fosse realizado um novo concurso enquanto essas pessoas que foram aprovadas não sejam chamadas para trabalhar”, destacou Wilson Damázio.

 

No dia 5 deste mês, postei aqui no blog a resposta do governo sobre as contratações. Veja a resposta:

Se depender do governo do estado, os aprovados para os concursos da Polícia Militar e da Civil de Pernambuco ainda não serão nomeados de imediato. A Secretaria de Administração (SAD) esclarece ao blog que o governo cumpriu o que determina a Lei, nomeando o quantitativo correspondente ao número de vagas oferecidas no edital. “Respeitando a validade do concurso foram nomeados os 2.100 aprovados, o que corresponde ao número total de vagas previstas no edital. Assim, o governo do estado vem cumprindo a rigor a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), nomeando dentro do prazo, o quantitativo de aprovados conforme vagas oferecidas. Com relação ao concurso para agente de polícia da Policia Civil, a Administração afirma que também foram convocados um número acima do previsto em edital que foi de 800. Neste caso, o governo convocou 1.530 aprovados neste certame, respeitando, portanto, o que prevê a lei.  A SAD reforça que a convocação dos candidatos classificados além das vagas previstas no edital pode ocorrer respeitando o equilíbrio fiscal do Estado.” Diz a nota encaminhada pela assessoria de comunicação.

A “mágica” do número de policiais militares

 

Ao anunciar o esquema de policiamento para o São João do estado, o secretário de Defesa Social, Wilson Damázio informou um número muito estranho e que está chamando a atenção de muita gente. Tanto Damázio, como o comando da Polícia Militar sempre têm dito que o efetivo de policiais militares nas ruas em Pernambuco é de 20 mil homens. Porém, surpreendentemente, um total de 33.763 militares será o efetivo que vai atuar nas festividades deste ano, segundo a SDS. Uma conta que não fecha. Como pode mais de 13 mil homens terem aparecido nos batalhões do estado do dia para a noite? E os 1.612 aprovados no concurso de 2009 que ainda não foram nomeados?

Maior parte do efetivo da polícia vai atuar em Caruaru

Maior parte do efetivo da polícia vai atuar em Caruaru

Durante entrevista coletiva, a cúpula da segurança pública tratou de dizer que houve um aumento de 16% em relação ao número de policiais que trabalharam no São João do ano passado. Além da quantidade generosa de militares que estará nas ruas, a SDS prometeu ainda 9.557 policiais civis, 1.102 profissionais da Polícia Científica e 4,159 homens do Corpo de Bombeiros trabalhando para garantir um São João tranquilo para toda a população do estado.

 

Aprovados da PM “cozinhados” pelo governo

Um grupo de 1.612 pessoas aprovadas no concurso da Polícia Militar do estado no ano de 2009 quer saber do governo do estado quando serão nomeados para assumir os cargos para o qual foram aprovados. A lenga-lenga tem deixado os concursados revoltados, pois já houve várias promessas de nomeação e até agora nenhuma delas saiu do papel. Como forma de protesto, nesta sexta-feira (01), às 10h, o grupo fará a entrega de alimentos e donativos para os pacientes do Hospital do Câncer. Integrantes da Comissão de Reservas informaram ao blog que desde 2010 o grupo espera pela nomeação. Eles ressaltaram que o governador Eduardo Campos chegou a afirmar em campanha que a política do Pacto pela Vida seria de contratação todos os anos. “Até agora não vimos essa promessa ser posta em prática”, disse um dos jovens.

 

Aprovados no concurso de 2009 sonham com o momento da aula inaugural

Aprovados no concurso de 2009 sonham com o momento da aula inaugural

 

Os aprovados no concurso lembraram que o secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, chegou a afirmar em entrevista no ano passado que seriam contratados cerca de 2.500 policiais, o que não aconteceu. “Eduardo Campos afirmou que em janeiro deste ano seríamos convocados, mas até agora nada andou. Sabemos que vários municípios do interior estão precisando de policiais e nós estamos querendo trabalhar. Falta apenas o governo do estado nomear os aprovados”, ressatou um dos concursados. O grupo de 1.612 pessoas já realizou todos os testes físicos, exames médicos, psicológicos e foram considerados aptos para iniciar o curso de formação.

Ações das polícias na rua serão monitoradas

Telões e mesa digital substituíram os papeis e os velhos mapas que eram usados

 

Planejar as ações e operações das polícias civil e militar do estado agora ficou um pouco mais fácil. É que todo o esquema de atuação que antes era feito em papel e com a ajuda de mapas passou a ser montado por computador. Isso nos traz a esperança de eliminação ou diminuição de erros durante os procedimentos. Após o planejamento, tudo o que é feito na rua é monitorado pelos departamentos de Operações Gerais das duas instituições, o que implica dizer ao policial que não ande fora da linha, pois está sendo monitorado por todos os lados. A novidade faz parte do projeto de Modernização dos Centros de Planejamento das Polícias Civil e Militar de Pernambuco e deve começar a funcionar, na prática, no início do mês de julho.

 

Todas as ações da rua serão monitoradas em tempo real nas salas de planejamento

 

De acordo com o gerente técnico de Programas e Projetos da Secretaria de Defesa Social, capitão David Gonzaga, as duas salas de planejamento e monitoramento da Civil e da PM estão passando pelos últimos ajustes para começarem a funcionar. O blog visitou a unidade da Polícia Civil, na Rua da Aurora, onde um grupo de policiais estava sendo treinado para montar uma operação. Uma mesa digital grande e dois telões são utilizados para demarcar as áreas onde os policiais devem estar e como eles irão atuar no momento das operações, além de mostrar imagens das ações em tempo real. Uma das ações a ser montada efetivamente com o novo sistema será o planejamento do São João do município de Caruaru, no Agreste do estado.

 

Viaturas estão equipadas com terminais e duas câmeras de monitoramento

 

“Nós conseguimos mapear toda a área onde vamos trabalhar utilizando a tecnologia de localização com o auxílio do Google e, além disso, todas as imagens das câmeras de segurança da SDS podem ser acessadas por aqui. Para conseguirmos ter as imagens mais precisas das ações, implantamos 35 terminais embarcados nas viaturas da PM com câmeras na parte dianteira e traseira do veículo”, explicou Capitão David. Os policiais que estão participando dessas operações também estarão com localizadores pessoais. A SDS comprou 200 equipamentos para colocar nas ruas. Com tanto investimento em tecnologia na área de segurança, espera-se que as operações sejam sempre positivas, a partir de agora.

 

Titular da SDS destaca importância do blog

 

O mais novo canal de comunicação do Diario de Pernambuco para discutir o tema Segurança Pública foi visto como uma boa iniciativa pelo secretário de Defesa Social, Wilson Damázio. Depois de chefiar o Departamento de Narcotráfico, ocupar por duas vezes a superintendência da Polícia Federal de Pernambuco e ter cargo de destaque na PF também em Brasília, o delegado federal voltou ao estado para comandar a SDS. Damázio disse que o trabalho da imprensa é de extrema importância para que a população saiba o que a polícia está fazendo para garantir a segurança de todos e parabenizou o grupo pela abertura do blog que nasceu com a proposta de discutir as ações de segurança pública desenvolvidas no estado.

 

O secretário ressaltou ainda que em cinco anos de execução, o programa Pacto pela Vida conseguiu reduzir os índices de mortes no estado em torno de 38%. Ainda segundo ele, na capital, a redução chegou a 44%. “Além de conseguir diminuir o número de assassinatos, estamos combatendo também o crime contra o patrimônio”, afirmou Wilson Damázio. Um dos grandes desafios do governo agora é o problema das drogas, principalmente, o crack. Muitas mortes acontecem em decorrência da disputa ou dívidas de drogas.

Vinte e uma mortes em apenas um dia

 

O secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, ficou preocupado com o número de assassinatos registrados em Pernambuco no último domingo. De acordo com dados da própria SDS, 21 pessoas foram mortas no estado no dia 27 deste mês. Foram seis crimes a mais que o mesmo dia 27 de maio do ano passado. A “alegria” do titular da pasta de segurança pública, que contabilizava o número de seis assassinatos no último sábado, durou apenas até ele saber que 21 vidas foram perdidas para a criminalidade. Número esse que pode comprometer o resultado final do mês. Apesar disso, o secretário segue dizendo que o Pacto pela Vida conseguiu reduzir em 44% o número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) na capital. “Obtivemos resultados melhores que Nova Iorque e Bogotá, que são exemplos na redução de crimes de homicídios”, destacou Damázio.