Concorrência no sistema de cotas da UFPE

Nesta sexta-feira (28), durante a manhã, a Comissão do Vestibular (Covest) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) divulgou a concorrência do processo seletivo 2013 da instituição. Somando todos os candidatos inscritos, livres concorrentes e cotistas, o curso mais disputado é o de medicina, com 35,3 inscritos por vaga.

Confira a concorrência completa do Vestibular 2013 da UFPE

E a concorrência parece ainda mais acirrada quando se observa o quadro específico para os candidatos cotistas, subdivididos em quatro grupos. Nessa relação, alguns cursos chegam a registrar mais de 100 candidatos por vaga, como é o caso de engenharia civil (Caruaru) para o grupo C – referente aos que se autodeclaram de outras etnias além de pretos, pardos ou indígenas e com renda menor ou igual a 1,5 salário mínimo per capita – , que possui 155 candidatos para uma vaga e o curso de serviço social (Recife), também do grupo C, com 110.5 pessoas por vaga.

Mas não há motivos para pânico. O presidente da Covest, Armando Cavalcanti, esclarece que todos os candidatos que se enquadram na Lei de Cotas também disputam as vagas da livre concorrência, ou seja, concorrem nos dois sistemas. Após a correção das provas da segunda fase da UFPE, marcadas para os dias 13 e 14 de janeiro, a primeira relação dos aprovados será formada pelas melhores notas, independentemente das cotas. “Serão selecionados os candidatos donos das maiores notas nos seus respectivos cursos, sendo eles cotistas ou não”, explica Armando.

Após essa primeira seleção, começa o preenchimento das vagas destinadas aos estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas. Em 2013, das 6.556 vagas oferecidas pela UFPE, 1.083 são reservadas para cotistas, o que gera o índice de 16,65%, número acima do mínimo exigido pela lei federal 12.711/2012 para o primeiro ano de aplicação. A lista levará em consideração os melhores resultados obtidos nos cursos dentro de cada uma das categorias de cotas. “É importante lembrar que todos os candidatos estão sujeitos a receber ponto de corte”, diz.

Para atender determinações da lei, os candidatos foram subdivididos em grupos. Conheça-os.

Grupos Descrição
Grupo A Livre concorrência
Grupo B Pretos, pardos, indígenas com renda menor ou igual a 1,5 salário mínimo per capita
Grupo C Outras etnias com renda menor ou igual a 1,5 salário mínimo per capita
Grupo D Pretos, pardos, indígenas com renda maior que 1,5 salário mínimo per capita
Grupo E Outras etnias com renda menor que 1,5 salário mínimo per capita
Esta entrada foi publicada em Geral, UFPE e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

5 respostas a Concorrência no sistema de cotas da UFPE

  1. Josenaldo Perreira De Assunção disse:

    desculpe mais nao acho bom esse sistema e horrivel a concorrencia livre e mais facil de que a cota o governo so faz a besteira e tambem por favor a ufpe nao deu mais vagas como fica si tem menos candidatos e mais vaga em alguns curso eles vao dividir por acaso

  2. Jaílson Ferreira de Carvalho disse:

    AS VAGA QUE SOBRA ELES VÃO MANDAR PARA OS OUTROS GRUPOS POR EXEMPLO O COTISTAS

  3. Ludymilla Santos disse:

    Não estou achando o local de acesso do candidato e por isso não consigo imprimir meu cartão de inscrição. Alguém está tendo esse problema ou poderia me ajudar? Grata.

  4. Amanda Martins disse:

    Também não consigo encontrar o local de acesso do candidato e preciso imprimir meu cartão de inscrição.
    Preciso de uma resposta urgente.Obrigada desde já!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>