19 de agosto de 2022
Foto: PSB/Divulgação

Foto: PSB/Divulgação

Compartilhar:

Coluna Diario Político 18/06/2022

A Frente Popular voltou a endurecer o tom com os correligionários que optarem por não apoiar a chapa majoritária, formada por Danilo Cabral (PSB) e Teresa Leitão (PT), pré-candidatos a Governo e Senado, respectivamente. Após a decisão do Partido dos Trabalhadores em Pernambuco de expulsar todo e qualquer membro do partido que fosse apoiador de outros candidatos fora da chapa, conforme noticiado anteriormente na coluna, o PSB estadual adotou a mesma decisão. O anúncio foi feito pelo presidente do Partido Socialista em Pernambuco, Sileno Guedes, que disse que a medida serve para manter a “unidade histórica da Frente Popular de Pernambuco ao redor dos nomes escolhidos pelo grupo”. É um projeto sólido, construído sob um princípio fundamental que Arraes e Eduardo nos ensinaram, que é a lealdade. Quem quer seguir uma aventura que não propõe nada de concreto para Pernambuco deve procurar outro partido para militar”, declarou Sileno”.

Movimento

Os pré-candidatos na disputa pelo Governo de Pernambuco continuam com as agendas neste final de semana. O ex-prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (UB), visitou o município na última sexta-feira e segue, neste sábado, para reuniões com lideranças no Sertão e no Agreste do estado. Marília Arraes (Solidariedade) também participa de agendas no sertão. A pré-candidata realizará uma coletiva de imprensa junto ao pré-candidato ao Senado pela sua chapa, André de Paula (PSD). Ainda não se sabe o que será anunciado, mas se especula que seja algo em torno do apoio do deputado federal Sebastião Oliveira (Avante), ou da definição do (a) vice que fechará a chapa majoritária. Anderson Ferreira (PL) visita neste final de semana os municípios de São Bento do Una, Lajedo, Itaíba, Paranatama e Arcoverde.

Saga

Um dos temas que mais tem gerado discussão Brasil afora passou por novas movimentações ao longo de toda a semana. Após os sucessivos aumentos, a Câmara aprovou, na última quarta-feira, uma medida que limita de 25% para 17% a arrecadação do ICMS para serviços essenciais, como combustíveis, energia e gás. O PL também defende que o Governo Federal dê uma compensação, para diminuir o impacto causado nos estados. Em contrapartida, a Petrobras anunciou, ontem, um novo aumento, de cerca de 5% na gasolina e 14% no diesel. Os valores entram em vigor a partir de hoje. Também ontem, o ministro do STF André Mendonça, determinou que as alíquotas do ICMS sejam únicas a partir do dia primeiro de julho. A decisão ainda será julgada pela corte.

Homenagem I

Em comemoração aos 131 Anos do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), foi reinaugurada a galeria de Procuradores Gerais de Justiça, com restauração das fotos e molduras dos ex-chefes administrativos do órgão. Foi incluído também o retrato do ex-procurador, Francisco Dirceu Barros, que esteve à frente do MPPE entre 2017 e 2021.

Homenagem II

O evento de comemoração também inaugurou uma nova edificação da repartição pública, batizada com o nome da Procuradora de Justiça Helena Caúla, que faleceu em janeiro deste ano. Servidores do MP foram condecorados com medalhas por tempo de serviço.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.