19 de agosto de 2022
Foto: Alan Santos/PR

Foto: Alan Santos/PR

Compartilhar:

De olho nas eleições de outubro, ao desembarcar em Salvador, na Bahia, neste sábado (2/7), o presidente Jair Bolsonaro (PL) prometeu “um dos combustíveis mais baratos do mundo”. Em discurso no Farol da Barra, acompanhado do pré-candidato ao governo da Bahia e ex-ministro João Roma (PL), o chefe do Executivo repetiu críticas a governadores do Nordeste que ingressaram na Justiça contra a lei que limita o teto de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis e energia. Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul também protocolaram a ação. Ainda ontem, Bolsonaro ameaçou que a redução dos valores “se fará de uma forma ou de outra”.

“Lamento que os nove governadores do Nordeste tenham entrado na Justiça contra a redução de impostos na gasolina. Isso é inadmissível. Vamos acreditar que a Justiça não dará ganho de causa a essas pessoas. E nós teremos, brevemente, assim como já baixei ou zerei a maioria dos impostos federais, teremos um dos combustíveis mais baratos do mundo”, disse hoje.

Bolsonaro ainda comentou sobre as eleições e falou em “liberdade”. “O que está em jogo neste ano é o bem-estar e a liberdade de cada um de nós. Tenho certeza que, se preciso, tudo faremos para que a nossa Constituição, nossa democracia, e nossa liberdade venham a ser preservadas.”, continuou.

Na tentativa de cativar eleitores nordestinos, onde seu opositor Lula predomina, Bolsonaro disse que o Nordeste é “uma parte importantíssima do nosso Brasil”. “Dizer que o Nordeste é uma parte importantíssima do nosso Brasil. Somos um só povo, uma só raça. Cada um tem o seu credo, mas mais de 90% acreditam em Deus”.

Fonte: Correio Braziliense

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.